REFERÊNCIA NA PROMOÇÃO DO ALEITAMENTO MATERNO DOUTORA MIRIAM SANTOS RECEBE O TROFÉU WALTER SCHMIDT 2017

Em sua 16ª edição, o Troféu Walter Schmidt, que visa reconhecer a contribuição de personalidades que trabalham para o desenvolvimento do setor de saúde brasileiro, homenageou nesta quarta feira (17/05), durante o Jantar da Hospitalar 2017, a Doutora Miriam Santos. A pediatra, que coordena Rede BLH (Bancos de Leite Humano) do Distrito Federal, é uma referência na defesa do aleitamento materno como questão de saúde pública, em âmbito mundial.Doutora Miriam Santosimage002 (2)

Os programas e iniciativas que a Doutora Miriam Santos integra têm contribuído não só para elevar o patamar de qualidade dos bancos de leite no Brasil, como também para ajudar outros países a implementarem seus BLHs. Atualmente, todos os bancos da Rede do Distrito Federal são credenciados e certificados como Padrão Ouro tanto pela Rede Global de Bancos de Leite Humano, coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo Ministério da Saúde, como também pelo Programa Internacional Ibero-Americano de Bancos de Leite Humano.  Resultado esse que pode ser atribuído ao trabalho de doutora Miriam e demais profissionais envolvidos nessa causa.  “É gratificante poder representar a Rede Global de Bancos de Leite Humano e evidenciar a bandeira que carrego. Temos um trabalho, do qual me orgulho muito, em rede e uma construção coletiva dessa história. Em vários lugares do mundo, profissionais lutam em prol da sobrevida de bebês prematuros e baixo peso, acreditando sempre que a amamentação pode sim fazer a diferença. E o Brasil tem sido referência nessa causa”, ressalta Miriam.

O Congresso Nacional brasileiro acabou de sancionar uma lei que instituiu agosto como o Mês do Aleitamento Materno, para intensificar as ações de conscientização e esclarecimento público sobre a importância desta prática para a saúde dos bebês. De acordo com o secretário do Ministério da Saúde, Francisco de Assis Figueiredo, o Brasil dispõe hoje do maior banco de leite do mundo, com o qual pelo menos 60% das crianças recém-nascidas em UTIs neonatais podem contar. Em 2016, segundo o secretário, os bancos de leite atenderam 2,3 milhões de mulheres.

O Troféu recebe o nome do empresário Walter Schmidt, pioneiro da neonatologia que dirigiu por mais de 50 anos a Fanem, hoje a indústria brasileira de equipamentos para a saúde com maior expressão no mercado neonatal. Desde o início, Schmidt conduziu a Fanem com elevado grau de pioneirismo, inovação e empreendedorismo, desenvolvendo produtos avançados para a área de neonatologia que contribuíram para o impulso do mercado hospitalar brasileiro e para salvar milhões de vidas.

Desde 2002 o prêmio Walter Schmidt já foi entregue a nomes com atuação destacada na área da saúde do Brasil, entre eles Adriana Melo –  médica da Paraíba alertou as autoridades brasileiras acerca da relação entre o vírus Zika e os casos de microcefalia no Brasil;  Mayana Zatz, Uenis Tannuri, Gonzalo Vecina Neto, Waleska Santos, Saíde Jorge Kalil, Benjamin Israel Kolpeman, José Alberto Ferreira Filho, Evanisa Maria Arone e Conceição Aparecida de Mattos Segre.

A Fanem é uma multinacional brasileira que fabrica produtos inovadores nas áreas de neonatologia e de laboratórios, aliando pioneirismo e tradição. Atuando neste segmento desde 1924, é uma das mais importantes indústrias nacionais de equipamentos médicos, líder de mercado em produtos neonatais e com know-how em equipamentos para laboratórios desde a sua fundação.  Várias vezes premiada por sua atuação como exportadora, comercializa hoje para mais de 100 países. Anualmente, em média, 8% de seu faturamento são investidos em P&D. Com sede em São Paulo, dispõe de três unidades industriais – uma no Brasil, em Guarulhos (SP); e duas no exterior, em Bangalore, Índia; e Guadalajara, México.  Conta também com um escritório na Jordânia, em Amã e uma rede organizada de representantes em todos países em que atua.

Foto: Pediatra Miriam Santos, que coordena Rede BLH (Bancos de Leite Humano) do Distrito Federal.

Crédito: Divulgação.

Veja também

Julio Fujikawa - cnpem-447

PARCERIA BUSCA NOVOS FÁRMACOS NA BIODIVERSIDADE BRASILEIRA

Um programa inédito no Brasil para identificar substâncias bioativas em extratos vegetais da biodiversidade brasileira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *