ACIC PROMOVE SEMANA DE NEGÓCIOS E EMPREENDEDORISMO

Seja por vocação, necessidade ou oportunidade, ter o próprio negócio é um dos principais sonhos dos brasileiros. Pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), realizada no País em parceria com o Sebrae e o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBQP) em 2017, aponta que três a cada dez adultos, entre 18 e 64 anos, estão empreendendo ou batalham para a criação de um negócio próprio. Neste universo estão muitos trabalhadores que perderam seus empregos formais e enxergam no empreendedorismo um caminho não apenas para concretizar a independência financeira, mas para atingir uma realização profissional e pessoal. 

De acordo com o levantamento da GEM, cerca de 31% dos brasileiros querem ter uma empresa, enquanto somente 16% desejam construir uma carreira dentro do mercado formal de trabalho. Ter um negócio só perde para o sonho da casa própria e o de viajar pelo mundo.O volume de microempreendedores individuais (MEIs) que se formalizaram no País no primeiro semestre deste ano é 38% maior comparado ao mesmo período de 2015, segundo análise feita pelo Serasa Empreendedor. Esse resultado revela uma crescente busca pelo empreendedorismo de pequeno porte regularizado, diante da forte crise econômica pela qual passa o Brasil. No entanto, empreender no Brasil não é tarefa fácil e os desafios são muitos.

O relatório ‘Burocracia no Ciclo de Vida das Empresas’, elaborado pela Endeavor Brasil, mostra que a maioria das empresas brasileiras (86%) não consegue cumprir todas as normas existentes. Quando comparado a outras nações, evidências apontam que a progressão para melhorar o ambiente de negócios no território nacional é lenta. O estudo ‘Doing Business’, do Banco Mundial, aponta que o País figura entre os 15 piores países do mundo no item ‘facilidade em abrir novos negócios’, ocupando a 176ª posição do ranking.

Campinas está entre as 10 primeiras cidades empreendedoras no ranking nacional (na 7ª posição) do ‘Índice de Cidades Empreendedoras Endeavor Brasil 2017’, um estudo analítico abrangente do ecossistema local de empreendedorismo no País, que leva em consideração diversos pilares como acesso ao capital, inovação, recursos humano, potencial de mercado, infraestrutura e ambiente regulatório, entre outros.

Se por um lado o município aparece bem posicionado em infraestrutura, ocupando o 4º lugar, em mercado e inovação (7ª colocação) e em capital humano (10º), por outro, precisa caminhar muito nos quesitos ambiente regulatório (18º), acesso a capital (20º) e em cultura empreendedora (24º).

O perfil traçado pelo estudo da Endeavor 2017 revela que 69,5% dos entrevistados de Campinas acredita que o desenvolvimento do País depende dos empreendedores. E ainda que 53,9% incentivariam membros da família e parentes a empreender.

A Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC) atua, por meio de diversos serviços e eventos, no sentido de ajudar a melhorar a performance do empreendedorismo em Campinas e região. Em 2016, por exemplo, uma parceria da Associação com a Jucesp e a Prefeitura, ajudou a melhorar o quesito Ambiente Regulatório, que envolve o tempo de abertura da empresa, a burocracia e os custos para obtenção de CNPJ, Inscrição Municipal, Inscrição Estadual, alvarás e outros e,de 2015 para 2016, a cidade subiu de 24º para 9º lugar. Naquele ano Campinas apareceu como a 3ª colocada no ranking nacional.

No escopo da vocação da ACIC, a Semana de Negócios e Empreendedorismo (SNE) vem para apresentar soluções, inovações, exemplos viáveis e trocas de experiências no segmento. Em sua 6ª edição, o evento já considerado uma das mais importantes iniciativas aceleradoras do empreendedorismo do interior paulista.

A Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic), em parceria com a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex) – Núcleo Campinas, realiza entre os dias 15 e 19 de outubro a 6ª edição da Semana de Negócios de Empreendedorismo (SNE). A SNE marca o Mês do Empreendedor em Campinas, e traz à cidade grandes cases de sucesso e de inovação do Brasil. As atividades ocorrerão no Vitória Hotel Concept Campinas, das 8h às 12h e das 18h às 22h. As inscrições devem ser feitas pelo site: www.semanane.com, pelo telefone: (19) 2104-9200, por e-mail: [email protected], ou pelo link do whatsApp.

Para a presidente da Associação Comercial de Campinas, Adriana Flosi, a SNE já é considerada uma das mais importantes iniciativas aceleradoras do empreendedorismo do interior paulista. “Crescemos exponencialmente a cada ano. Além de fortalecer a cultura empreendedora de campinas e região, nosso objetivo é promover soluções para que pessoas com potencial empreendedor enfrentem os desafios do mercado e alavanquem seu negócio”, explica.

 

Foto: Presidente da Acic, Adriana Flosi.

Foto 2 – Semana de Negócios e Empreendedorismo (SNE) edição 2017.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

NA CONTRAMÃO DA CRISE, PRINCIPAL DIVISÃO DA CASIO GANHA FORÇA E CRESCE NO BRASIL

A G-Shock, principal divisão da fabricante de relógios Casio, tem tido bons motivos para comemorar. …

Facebook
Twitter
LinkedIn