APOIO DA TECNOLOGIA NO COMBATE À PANDEMIA

ARTIGO DO EMPREENDEDOR RODRIGO GRANJA

Mesmo em meio a um cenário caótico ocasionado pela pandemia do novo coronavírus, muitas empresas têm encontrado na inovação e em novas tecnologias um aliado crucial no combate ao vírus. Cada vez mais, startups de diferentes segmentos têm apostado em soluções funcionais e relevantes. Além disso, companhias de todos os portes e setores passaram a utilizar a TI para desenvolver soluções e estratégias que minimizem os impactos da Covid-19 nos negócios e na sociedade como um todo.

No meio de toda essa mudança, uma medida essencial para que as organizações continuassem operando foi a adaptação das equipes ao modelo de home office. Deste modo, seguindo as medidas de prevenção estabelecidas pelo Governo e por órgãos de saúde de todos os países, para evitar a disseminação do novo coronavírus, os profissionais utilizaram a tecnologia e a aplicação de novas ferramentas para realizar suas atividades direto de suas casas.

Para se ter uma ideia, esse modelo de teletrabalho deve crescer ainda mais após a pandemia. De acordo com o estudo “Tendências de Marketing e Tecnologia 2020: Humanidade redefinida e os novos negócios”, o home office pode aumentar em 30% nos próximos anos.

Soluções e plataformas de apoio à Covid-19

Temos visto a utilização da Inteligência Artificial e de outros conceitos tecnológicos apoiando diretamente no combate ao vírus. Tais estratégias variam desde sistemas de detecção da epidemia em determinadas regiões e de novos casos de Covid-19 até o transporte de objetos por drones, por exemplo. Nesse cenário, com a utilização da IA e da Ciência de Dados, existem empresas globais que desenvolveram um sistema inteligente, antecipando quando um país ou região será afetado pelo surto de uma doença, como o novo coronavírus, e emitindo alertas para instituições governamentais e organismos oficiais de saúde.

Outro ponto importante nesse processo tecnológico é a utilização de aparelhos que detectam a infecção do coronavírus em poucos segundos por meio de análises de tomografias computadorizadas. Além disso, fácil encontrar plataformas de blockchain que apoiam hospitais, que estão na linha de frente no combate à Covid-19, acelerando o processo de triagem e reduzindo as interações face a face entre os profissionais e possíveis infectados. Deste modo, é possível ajudar as pessoas a descobrirem se existe chances reais de terem contraído a doença em apenas um clique.

Quando pensamos na reabertura gradual do comércio, já estão disponíveis aplicativos móveis que monitoram a frequência de pessoas dentro de um estabelecimento, apontando o limite máximo e, evitando assim, a superlotação e aglomeração de pessoas em ambientes fechados.

Futuro

Por fim, acredito que a tecnologia ainda tem um terreno amplo a ser explorado e, com seu desenvolvimento cada vez mais efetivo, novas ferramentas e estratégias tecnológicas serão fundamentais para o combate e o pós-pandemia. Quanto ao futuro, podemos esperar por interações e desenvolvimentos cada vez mais digitais e por soluções e tendências indispensáveis que transformarão o nosso cotidiano.

É preciso, no entanto, acreditar no potencial tecnológico e trabalhar no seu desenvolvimento. Afinal, toda ideia grandiosa começou apenas como uma ideia.

 

Rodrigo Granja é proprietário das empresas logithink, Organize-Here, Doctor-Plan, Callisto Paulista, Exx Tecnologia, AppsPlix LLC, Tech4Needy e Kombi4Fun, que somam mais de 100 colaboradores e mais de 300 clientes.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

CALOR PROVOCA AUMENTO DOS PROBLEMAS VASCULARES

Apesar de estarmos em uma estação intermediária entre o inverno e o verão, a primavera …

Facebook
Twitter
LinkedIn