ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DIVULGA RESULTADOS DE CAMPINAS

As vendas
em Campinas (SP) no mês de novembro ficaram abaixo da expectativa, considerando
que o mês sempre apresentou uma série histórica altamente positiva. O número de
dias úteis menores foi o fator determinante para a redução nas vendas desse
mês, que apresentou três feriados interligados com pontes de compensação. Mesmo
assim, dados do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) apontaram um
acréscimo nas vendas de 2,79% sobre outubro e de 1,48% sobre o mês de novembro
de 2011. O economista da Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC),
Laerte Martins, disse que no acumulado de janeiro a novembro de 2012 a expansão
ficou em 3,3%. “O faturamento de novembro de 2012 chegou a R$ 901,2 milhões e,
no acumulado, ficou em R$ 8,4 bilhões, o que representa um crescimento de 4,71%
sobre 2011”, destacou.

A inadimplência, no acumulado do ano de 2012, aponta 161.393 carnês vencidos a
mais de 30 dias e não pagos contra os 155.967 de 2011, indicando uma taxa de
inadimplência de 3,48%, a menor do ano até aqui, onde para cada 100 vendas a
prazo, 3,5 não são pagas. O total da inadimplência atinge, atualmente, cerca de
R$ 209,8 milhões que deixam de circular no comércio de Campinas.

A perspectiva para o final do ano é de vendas acima de dois dígitos na casa de 11%
por força do Natal e pela injeção do 13º salário prevista em mais de R$ 820
milhões para Campinas. “Deve-se considerar que 50% desse montante já devem ter
sido liberados no final de novembro e, o restante, até o dia 20 de dezembro”,
diz.

As vendas de novembro de 2012 na Região Metropolitana de Campinas (RMC) também
demonstraram esse impacto dos feriados acumulados no mês e tiveram crescimentos
reduzidos. “A expansão foi de 1,95% sobre outubro passado e de 1,38% sobre
novembro de 2011. No acumulado do ano, de janeiro a novembro deste ano, a
expansão chegou a 3,29%”,  falou.

O
faturamento de novembro de 2012 na RMC atingiu R$ 2.020,6 bilhões e, no
acumulado (janeiro a novembro), ficou cerca de R$ 19.169,0 bi, 4,37% acima do
mesmo período de 2011.

A inadimplência caiu para o nível 4,84%, apresentando 398.501 carnês vencidos a
mais de 30 dias e não pagos neste ano, contra os 380.103 do ano passado. Esse
índice significa que, para cada 100 vendas a prazo cerca de cinco não são pagas
na RMC.

Cheques devolvidos

A devolução de cheques sem fundos no período de janeiro a outubro de 2012
mostra que, na RMC, em quantidades nominais, houve uma redução de (-3,36%). No
entanto, no índice relacionado ao total de cheques sem fundos sobre o total de
cheques compensados (falta de fundos/compensados), houve uma elevação de 0,15
pontos percentuais, passando de 1,69 (2011) para 1,84 (2012). Isso significa
que, para cada 100 cheques emitidos 1,84 cheques são devolvidos por falta de
fundos.

Taxa de
juros em queda em Campinas e região, mas os spreads continuam altos, fazendo
com que os juros na ponta se distanciem da taxa básica determinada pelo Banco
Central (Bacen) que, com a meta de reduzir a inflação, está levando as taxas de
juros real a nível de 2%, compatível com os juros internacionais.

Funcionamento do comércio

Para o
funcionamento do comércio neste final de ano, a sugestão das entidades
representativas do comércio é que as lojas abram de segunda-feira a sábado, das
8h às 22h; aos domingos, das 9h às 20h, e, na véspera de Natal, dia 24, o
comércio deve abrir das 9h às 19h. No dia 25 de dezembro as lojas estarão
fechadas. No período de 26 a 28 a sugestão é que o comércio abra das 8h às 19h.
Dia 29 o horário deverá ser das 8h às 18h. Para o dia 30 não há recomendação de
horário e, no dia 31, Reveillon, a sugestão é que abra das 9h às 15h.

Missão
Internacional

A ACIC
convida os empresários e comerciantes da região a participarem da 2ª Missão
Empresarial Internacional para o NRF – Retail´s Big Show, considerado o maior e
mais tradicional evento de varejo do mundo.

O evento,
que chega a sua 102ª edição, será realizado em Nova York no período de 10 a 20
de janeiro de 2013. As inscrições terminam na próxima sexta-feira, dia 14 de
dezembro.

A
comitiva da região de Campinas integrará a delegação da Federação das
Associações Comerciais do Estado de São Paulo/ Associação Comercial de São Paulo
(FACESP/ACSP), que já conta com 70 empresas confirmadas. Haverá uma rica
programação de trabalho, atividades exclusivas de networking e total apoio da
equipe que acompanhará o grupo em todas as ações, desde a saída até o retorno
ao Aeroporto Internacional de Guarulhos. Informações pelo telefone (19)
2104-9202.

O Serviço
Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) participa do evento e
subsidia a participação micro e pequenas empresas paulistas.

Esta é a
segunda vez que a ACIC oferece esse pacote de turismo de negócios com o
objetivo de proporcionar aos empresários e dirigentes de entidades
representativas da região a oportunidade de conhecer as tendências, inovações e
tecnologias que pautarão o segmento varejista nas próximas décadas.

Em
janeiro desse ano, quando da 1ª Missão Empresarial Internacional, o grupo de
Campinas foi formado por 150 empresários, executivos e representantes do varejo
de todo o Estado de São Paulo. A presidente da ACIC/CDL, Adriana Flosi, reforça
a importância da inclusão de representantes da região de Campinas no Retail´s
Big Show. “Trata-se de uma excelente oportunidade para realizar contatos com
profissionais proeminentes do varejo do Brasil e do exterior, compartilhar
ideias e conhecer as novas ferramentas tecnológicas a fim de impulsionar o
segmento varejista rumo ao futuro”, diz.

 

 
Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

CLIENTES DO GALLERIA SHOPPING GANHAM NOITE MUSICAL COM SEMIFINALISTA DO THE VOICE KIDS

Na sexta-feira, 25 de outubro, o Kilimanjaro Restaurante leva para os clientes do Galleria Shopping …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn