CAGED DE JUNHO APONTA QUEDA DE EMPREGO EM CAMPINAS E REGIÃO

Avaliação do Departamento de Economia da Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC), feira com base no Caged do Ministério da Economia,  mostra que em Campinas, em junho de 2019 foram eliminados 264 postos, cerca de 70,74% acima dos 896 postos eliminados no mesmo mês de 2018. No acumulado do ano, 1º semestre de 2019, foram criados 1.539 postos, cerca de (-55,52%) abaixo dos 3.460 postos gerados no 1º semestre de 2018.

Na Região Metropolitana de Campinas (RMC), no entanto, em junho de 2019 foram eliminados 439 postos de trabalho, cerca de 83,19% acima dos 2.612 postos eliminados no mesmo período do ano passado.  No acumulado do ano, 1º semestre de 2019, foram criados 10.505 postos, cerca de 22,00% acima dos 8.611 postos gerados em 2018.

Os números na RMC estão mostrando que o emprego formal está demitindo mais que admitindo trabalhadores, apesar de, que no acumulado do ano, foram gerados mais 1.894 postos acima do acumulado de 2018.

Avaliando o quadro de junho de 2019, observa-se que na Indústria, Serviços e Administração Pública, demitiram 1.322 trabalhadores, e o Comércio, a Construção Civil e a Agropecuária, admitiram 890 trabalhadores, o que resultou no final os (-439) postos eliminados em junho deste ano. “A perspectiva é que a Economia ainda não fornece dados positivos para sair da atual crise, o que demonstra que o desemprego continua elevado e sua recuperação está condicionada às Reformas, juntamente com a expansão dos principais segmentos macroeconômicos, para a elevação do Poder de Compra, Investimentos, Renda e Emprego”, avalia o economista da ACIC, Laerte Martins.

Brasil

A nível Brasil foram gerados 48.436 postos de trabalho, representando uma elevação de 0,1380% em relação ao estoque do mês anterior. No acumulado do semestre de 2019 foram criados 408.500 novas vagas, superior as 392.461 geradas no 1º semestre de 2018.

 

Foto: Economista da ACIC, Laerte Martins.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

HÁ DIFERENÇA ENTRE PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO PRECOCE DE DOENÇAS?

Inúmeras enfermidades importantes podem ser evitadas com prevenção. E o antecipar-se a problemas de saúde …

Facebook
Twitter
LinkedIn