CAMPINAS VAI GANHAR NÚCLEO DE ONCOLOGIA E SAÚDE EXTREMAMENTE MODERNO E DE ÚLTIMA GERAÇÃO

Com um investimento de R$ 200 milhões, a Unimed Campinas fez o lançamento oficial, na última quarta-feira (19/06), da pedra fundamental para construção do empreendimento que vai abrigar o Núcleo de Oncologia  e Saúde (NOS). O prédio de seis andares será construído em uma área de 5,6 mil metros quadrados, adquirido pela Unimed Campinas em 2022, na Rua Antônio Pavin, 627, no Jardim Conceição. O período previsto para conclusão da obra é de 18 meses e o empreendimento vai totalizar 17,8 mil metros quadrados, incluindo a área coberta e o estacionamento, além de contar com fácil acesso à Rodovia D. Pedro, o local fica nas imediações do Galleria Shopping. As obras já começaram.

O presidente da Unimed Campinas, Dr. Gerson Muraro Laurito, disse que é uma obra muito importante e sem dúvida é o maior investimento já realizado na história da Unimed Campinas. “Nós estamos preparados para dar o apoio e o acolhimento de um contingente muito grande. Nós já temos hoje cerca de 2.300 pacientes em atendimento fazendo infusões de quimioterapia e imunoterapia. Temos o acolhimento  de cerca de 6 mil pacientes que fazem seu acompanhamento pelas patologias, especialmente, o câncer de mama, então a nossa importância hoje já é muito grande, tanto que o nosso serviço se tornou insuficiente”, declarou.

Dr. Gerson Muraro, compartilhou a intenção da Unimed de  quando o NOS estiver em pleno funcionamento. “Pretendemos depois ofertar a outros eventuais interessados de planos de saúde e se possível também ofertar para o serviço público, pois teríamos capacidade para isso seja do ponto de vista da quimioterapia, seja do ponto de vista  da radioterapia. A radioterapia é um serviço extremamente específico com uma estrutura física muito bem específica e bastante complexa. Nós teremos três bankers equipados com os melhores equipamentos de radioterapia”, disse.

Infelizmente, os casos de câncer têm aumentado. Estudo recente feito pela Unimed Campinas mostrou que a demanda de pacientes acometidos de câncer aumentou exatos 149% entre 2017 e 2023, em função do crescimento da carteira de beneficiários e do envelhecimento da população. Em igual período, muito em função da inclusão de mais coberturas no rol pela Agência Nacional de Saúde (ANS), novas tecnologias em saúde e medicamentos, os custos dos tratamentos oncológicos evoluíram 299%. Outros estudos realizados pela Unimed do Brasil indicaram, ainda, que os custos ligados à Oncologia em unidades de serviços próprios são 43% menores que os praticados pelo mercado, uma vez que permitem melhores negociações pelo volume de insumos e medicamentos, maior centralização e mais balizamento de preços, além de permitirem que protocolos próprios sejam continuamente monitorados e ajustados. “Nós temos hoje um aumento aproximadamente de 7% a 8% ao mês do número de diagnósticos de câncer. Isso é extremamente significativo”, apontou o presidente da Unimed Campinas.

A estrutura assistencial do empreendimento vai absorver toda a demanda de quimioterapia, imunobiológicos, imunoglobulina e outras infusões atualmente realizadas pelo Centro de Quimioterapia Ambulatorial (CQA) e Centro de Infusão de Sumaré (CIS), além de consultas oncológicas e serviços de radioterapia. Integram o empreendimento também um centro de imagens para realização de tomografia, ressonância nuclear magnética, mamografia, ultrassonografia e radiografia, duas unidades cirúrgicas ambulatoriais para procedimentos de pequeno porte e um ambulatório especializado e dedicado a cuidados paliativos.

Anexo à estrutura assistencial e aos serviços de apoio, o NOS vai dispor, por meio de um ambiente totalmente integrado, de um centro de especialidades médicas para todos os beneficiários da Unimed Campinas, que contará com unidade ambulatorial composta de 40 consultórios para realização de consultas em outras especialidades. Nessa área, haverá ala especializada e dedicada à infusão de terapias para Reumatologia, Pneumologia, doenças inflamatórias intestinais, Alergologia e doenças neurodegenerativas, e até um espaço especial dedicado à pesquisa clínica de câncer, que poderá atender tanto a Unimed Campinas e demais singulares do sistema Unimed como outros convênios. “É uma área extremamente importante com recursos financeiros extremamente significativos, então essa questão do centro de pesquisa para nós é fundamental no ponto de vista da vanguarda dos tratamentos, ele é fundamental do ponto de vista , inclusive, de trazer isso como um adjuvante na questão das receitas e também o acolhimento do paciente paliativo, que nesta área é muito significativo”, declarou.

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, considera a criação do NOS um importante avanço no atendimento a pacientes oncológicos na cidade. “No setor de saúde suplementar, das operadoras de saúde é um avanço importante. Não é só o SUS (Sistema Único de Saúde) que enfrenta uma demanda alta de enfrentamento de oncologia. As operadoras de saúde e a Unimed é uma operadora de saúde também enfrentam , então, sem dúvida, é um avanço importante para os pacientes. Os usuários da Unimed que vão ter uma estrutura e um atendimento de qualidade”, enfatizou.

 

Foto 1 – Presidente da Unimed Campinas, Dr. Gerson Muraro Laurito; prefeito de Campinas, Dário Saadi e o Coordenador do Conselho de Administração, Dr. João Lian Junior.

Foto 2 – Pedra fundamental do Núcleo de Oncologia  e Saúde (NOS).

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

BRASIL REGISTRA CRESCIMENTO DE TRABALHADORES COM ENSINO SUPERIOR COMPLETO NO MERCADO DE TRABALHO

Concluir uma faculdade nunca foi tão importante e essencial para se ter sucesso e estabilidade …

Facebook
Twitter
LinkedIn