CARNE DEVE FICAR MAIS CARA A PARTIR DE ABRIL

patricia nobre IMG_8925

Ainda se recuperando do escândalo trazido à tona pela Operação Carne Fraca da Polícia Federal, o consumidor paulista terá um motivo adicional para variar o cardápio a partir do dia 1º de abril.

Isso porque o fisco estadual de São Paulo decidiu revogar a partir desta data, por meio do Decreto 62.401 de 30/12/2016, a Isenção do ICMS das carnes concedida desde 2009.  Com isso, as saídas internas de carnes destinadas ao consumidor final passarão a sofrer incidência do imposto, cuja carga tributária será de 11% para o comércio varejista e de 7% para os frigoríficos. “A tendência é que a carne fique mais cara, justamente num momento em que o brasileiro está desconfiado em relação à qualidade deste alimento. Resta saber em que medida este custo será repassado ao consumidor final”, afirma Patrícia Nobre, gerente fiscal da King Contabilidade.

Foto: Gerente fiscal da King Contabilidade, Patrícia Nobre.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PILZ DO BRASIL FORNECE AO MERCADO NACIONAL O PSSUNIVERSAL E O PSSUNIVERSAL 2 – MÓDULOS DE COMUNICAÇÃO PARA SISTEMAS

A multinacional alemã, Pilz do Brasil, líder em sistemas de automação e em soluções de …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn