CCR AUTOBAN E INSTITUTO CCR ENTREGAM MÁSCARAS DE TECIDO DESENVOLVIDAS ESPECIALMENTE PARA ATEAL

Cerca de 500 máscaras de tecido que permitem a leitura labial por deficientes auditivos foram entregues pela CCR AutoBAn e Instituto CCR para a ATEAL (Associação Terapêutica de Estimulação Auditiva e Linguagem) nesta quinta-feira (25/06) na sede da entidade, que fica na av. Antônio Frederico Ozanan, 6561, em Jundiaí (SP).

As máscaras são feitas de tecido 100% algodão e, na região dos lábios, foram aplicadas camadas de material plástico transparente, o que permite que deficientes auditivos possam enxergar o movimento da boca enquanto se comunicam. As máscaras tradicionais de tecido cobrem a região da boca, o que dificulta a leitura labial pelos deficientes auditivos.

Segundo Elaine Esteves, responsável pela área de responsabilidade social da CCR AutoBAn, concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, as máscaras foram produzidas especialmente para a ATEAL pelo Grupo Primavera – organização social de Campinas que trabalha com programas de geração de renda e inclusão social e mantém oficinas de corte e costura para atender a comunidade. “Identificamos que o uso das máscaras de tecido tradicionais dificulta a comunicação entre os deficientes auditivos, por cobrirem a região da boca. Por isso, pedimos às costureiras do Grupo Primavera que desenvolvessem estas máscaras com transparência em conjunto com as áreas técnicas da ATEAL e da Concessionária, em atendimento às normas de saúde vigentes”, explica.

ATEAL e CCR AutoBAn possuem um longo histórico de parcerias. Neste ano, por exemplo, concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes e Instituto CCR viabilizaram cerca de 630 aparelhos de amplificação sonora individual (AASI), por meio do Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas/PCD), do Ministério da Saúde – para pacientes atendidos pela Associação.

Entrega de máscaras

Cerca de 30 mil unidades estão sendo disponibilizadas pelo Instituto CCR e CCR AutoBAn para entidades que atendam prioritariamente idosos, pessoas em situação de rua, hospitais, caminhoneiros e comunidades carentes. Parte das máscaras oferecidas está sendo produzida por entidades sociais que atuam com projetos de geração de renda, como o próprio Grupo Primavera, de Campinas, que confeccionou as unidades destinadas para a ATEAL.

Em Jundiaí, além da ATEAL, que recebeu as máscaras nesta quinta-feira, o SOS Jundiaí já foi beneficiado com doações de máscaras da CCR AutoBAn e do Instituto CCR.

A CCR AutoBAn é responsável, desde 1º de maio de 1998, pela administração do Sistema Anhanguera-Bandeirantes. A concessionária gerencia 316,8 quilômetros de rodovias, compreendendo a SP-330 (Via Anhanguera), de São Paulo a Cordeirópolis, com extensão de 147,04 quilômetros; a SP 348 (Rodovia dos Bandeirantes), de São Paulo a Cordeirópolis, com 159,67 quilômetros de extensão; a SP-300 (Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto), com extensão de 2,6 quilômetros e a interligação SPI-102/330 (Rodovia Adalberto Panzan), com extensão de 7,44 quilômetros. Foi a quinta concessionária a integrar o Grupo CCR.

Com 5 anos de existência, o Instituto CCR é uma entidade privada sem fins lucrativos que nasceu com o objetivo de estruturar a gestão de projetos de Responsabilidade Social apoiados há mais de 15 anos pelo Grupo CCR. Por meio do Instituto CCR são viabilizados projetos com recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo, com foco prioritário em quatro áreas: Cultura e Esporte; Educação e Cidadania; Meio Ambiente e Segurança Viária; Saúde e Qualidade de Vida. Comprometido com o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, o Instituto CCR se orgulha de ter gerenciado em seus 5 anos de existência, um investimento de R$ 151 milhões em projetos estruturados.

Fundado em 1999, o Grupo CCR é atualmente uma das cinco maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina e considerada a líder do segmento no Brasil, com a gestão de 18,4% do total de rodovias sob controle da iniciativa privada. Tendo o pioneirismo e a inovação como marcas, a CCR criou em 2018 quatro empresas independentes, que agrupam as unidades de negócios por temas afins, e são as responsáveis pela gestão da companhia e por desenvolver e pesquisar novas oportunidades no mercado primário e secundário, dentro e fora do Brasil. São elas: CCR Lam Vias, CCR Infra SP, CCR Aeroportos e CCR Mobilidade. Nessa reestruturação, como forma de atualizar e melhorar a estrutura de Governança, processos decisórios e os mecanismos de controle, foram criadas as vice-presidências de Gestão Corporativa e de Governança, Compliance e Auditoria Interna, em linha direta de reporte ao Conselho de Administração. O Grupo conta com as práticas de Governança Corporativa reconhecidas no mercado, atendendo regras do Novo Mercado da B3 (a CCR foi a primeira empresa ingressar nesta categoria). Além do Brasil, a CCR está presente, por meio de suas unidades, nos EUA, Curaçao, Equador e Costa Rica. Com mais de 15 mil colaboradores, a CCR se orgulha em contribuir, diariamente, para uma sociedade com mais infraestrutura, segurança, conforto e qualidade de vida para milhões de cidadãos mundo afora.

 

Foto: Máscaras produzidas pelo Grupo Primavera para deficientes auditivos.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

TOLEDO DO BRASIL LANÇA NOVO SITE

Antecipando-se às necessidades de seus clientes e sempre atenta a disponibilizar modernas ferramentas, a Toledo …

Facebook
Twitter
LinkedIn