CIESP-CAMPINAS SOLUÇÃO PARA CONFLITOS

Em razão da pandemia de Covid-19 e do aumento significativo no número de conflitos entre empresas, que impactou de forma negativa nos negócios e na economia do País, a Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem Ciesp-Fiesp (CCMA) acaba de lançar o projeto Mediação Social. É um serviço que será gratuito até o fim do ano, para conflitos de até R$ 100 mil, voltado para empresas associadas ao Ciesp e aos Sindicatos filiados à Fiesp. Empresas não associadas também poderão contratar os serviços de mediação e a tabela consta no site https://www.camaradearbitragemsp.com.br/pt/index.html.

A mediação se destaca por ser uma alternativa mais rápida e barata para solucionar disputas. Pesquisa realizada pela Câmara com 275 indústrias do estado de São Paulo revela que 47,6% delas estão envolvidas com algum processo judicial e pelo menos 28,7%, têm ações de até R$ 100 mil. Entre as disputas ainda não judicializadas, 38,5% podem ser resolvidas por intermédio da mediação. Do universo pesquisado, 67,7% são micro e pequenas indústrias, 28% médias e 4,4% grandes.

O Polo de Mediação de Campinas é uma antena da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem Ciesp-Fiesp. O Polo facilita e promove o uso da mediação e de outros dos Métodos Adequados de Solução de Conflitos (MASCs) pelos empresários locais. Esses métodos ajudam as empresas a reduzirem os custos na gestão de disputas com seus parceiros, contribuem para a manutenção de relações de negócios mais sadias e promovem a paz na comunidade.

O Ciesp-Campinas está preparado para receber os requerimentos de mediação e a realizar localmente as sessões de mediação. Os procedimentos de mediação serão administrados pela CCMA Ciesp-Fiesp em conformidade com seu regulamento, de modo que o Polo de Mediação de Campinas beneficia desde sua criação da expertise acumulada pela CCMA Ciesp-Fiesp em seus 23 anos de funcionamento.

Quando um requerimento de mediação é recebido pelo Ciesp-Campinas, ele é transmitido à Secretaria da CCMA Ciesp-Fiesp em São Paulo, que supervisiona o procedimento, ainda que todos os atos e reuniões ocorram no Ciesp-Campinas. Há um quadro de mediadores próprio para o Polo de Mediação de Campinas, oferecendo profissionais mais próximos dos usuários e conhecedores da realidade econômica da região. O Polo também está apto a conduzir audiências e reuniões em sua sede campineira, sem necessidade de deslocamento à capital. Além de prestar serviços de resolução de disputas, o Polo de Mediação de Campinas organiza encontros, palestras e seminários com o objetivo de promover a cultura da mediação de conflitos.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PILZ DO BRASIL OFERECE CHAVES MAGNÉTICAS DE ALTA ROBUSTEZ PARA APLICAÇÕES EM CONDIÇÕES EXTREMAS

Marca de referência mundial em segurança de máquinas e automação industrial, a multinacional alemã, Pilz …

Facebook
Twitter
LinkedIn