COCA COLA ANUNCIA NOVO CENTRO LOGÍSTICO

A
Coca-Cola FEMSA Brasil anunciou nesta quinta-feira (20.09) a construção de um
novo centro logístico na cidade de Sumaré (SP). Esse empreendimento faz parte
de uma série de investimentos da companhia visando o redesenho de seu mapa logístico
e produtivo. A empresa além da fábrica de Jundiaí, que é a maior do mundo em
volume de produção conta com outras três unidades fabris, em Belo Horizonte,
Campo Grande e Mogi das Cruzes e 28 centros de distribuição. “Tendo em vista
que o Brasil será sede da Copa do Mundo 2014 e dos Jogos Olímpicos, em 2016,
temos que estar preparados para o crescimento da demanda por nossos produtos.
Por isso, estudamos esse redesenho do nosso mapa logístico. Além disso, também
estamos investindo na construção de uma nova fábrica em Itabirito (MG), que até
2015 deve operarcom todo seu potencial, superando em 47% o atual volume de
produção da unidade fabril de Belo Horizonte”, explica o vice-presidente de
Assuntos Corporativos e Jurídico da Coca-Cola FEMSA Brasil, Eduardo Lacerda.

A
companhia vai investir R$82 milhões no novo centro logístico que será
construído na Área Cura. “O principal motivo pela escolha é que o local oferece
fácil acesso à malha rodoviária, formada pelas rodovias Anhanguera, Dom Pedro e Bandeirantes e
a mão de obra qualificada da região. Com um terreno de 113 mil m², o novo
centro trabalhará com 180 rotas fixas, que vão atender Sumaré e municípios
vizinhos, como por exemplo, Campinas, Mogi Mirim, Limeira, Piracicaba, Rio
Claro, entre outros”, explica Luiz Fernando Sardinha, diretor de Operações
Regional da Coca-Cola FEMSA Brasil.

A
partir da aprovação do projeto de construção civil, a previsão é de que a
unidade comece a operar no 2º semestre de 2013, e quando concluída a última
etapa do empreendimento totalizará aproximadamente900 empregos diretos. O centro contará
ainda com paleteiras elétricas, racks dinâmicos e empilhadeiras de garfo duplo.

Além
dos postos de trabalho, o município será beneficiado com maior geração de
renda, capacitação de mão de obra e melhorias no entorno do centro logístico.
No protocolo de intenções assinado durante o evento,ficou estabelecido que
parte do lucro gerado pela operação será revertido à cidade em forma de
incentivos a projetos via Lei Rouanet, Lei Federal dos Desportos, Criança e
Adolescente, Lei do Idoso e Programa de Estadual de Ação Cultural (SP) no
município.

Ainda
de acordo com Eduardo Lacerda, a cidade receberá uma série de programas de Responsabilidade
Social promovidos pela companhia. “Assim como já fazemos em outras comunidades
onde temos operações, queremos promover na região iniciativas que causem
impacto positivo nas pessoas, ações que mais se encaixam ao perfil da população
entre projetos como Praça da Cidadania, Cartilhas Consciência Empresarial,
Caravana Social de Natal e Coletivo Coca-Cola, além de sistemas e operações
sustentáveis, que reafirmam o compromisso da empresa no desenvolvimento
econômico, creditado ao crescimento do país e reforça sua plataforma de
sustentabilidade”, detalha Eduardo Lacerda.

Assinatura do contrato

O evento, realizado no Centro
Administrativo de Nova Veneza, reuniu diversas autoridades locais, como o Prefeito
de Sumaré, José Antonio Bacchim e o Secretário do Trabalho, Emprego, Geração de
renda e Desenvolvimento Econômico, Sebastião Silvestre Martin Gonçalez. Entre
os representantes da Coca-Cola FEMSA Brasil participam o vice-presidente de
Assuntos Corporativos e Jurídico e o Diretor de Operações Regional, Luiz
Fernando Sardinha.

Para o prefeito José
Antonio Bacchim, Sumaré é uma cidade estratégica para investimento na região. “Recebemos
mais uma multinacional que vai trazer divisas para nossa cidade e gerar muitos
empregos. Sumaré tem vocação para receber empresas do ramo de logística por sua
localização estratégica. Nossa cidade se sente honrada em receber o
investimento da Coca-Cola e todos os seus colaboradores e temos certeza de que
quem investe em Sumaré não se arrepende”, destacou.

Outros investimentos

Nos
últimos seis anos, a Coca-Cola FEMSA Brasil realizou investimentos na fábrica
de Jundiaí, que totalizaram R$ 350 milhões. Destes, a inauguração de uma nova
linha de PET, com capacidade para produzir 72 mil garrafas PET por hora e na
maior linha de produção de REF PET do mundo, com capacidade para produzir 27
mil garrafas por hora.

Equipamentos
de alta tecnologia permitem a máxima utilização dos vasilhames e, por
consequência, uma adequação no ciclo de utilização e reciclagem destas
embalagens. Além da praticidade e leveza da PET convencional, a REF PET permite
maior contribuição ao meio ambiente.

Com
estes investimentos, a companhia se consolidou como a maior no mundo em volume
de produção, tendo a capacidade produtiva de mais de 40 milhões de caixas
unitárias por ano, aumentando em 12% seu volume.

No final de 2011, a Coca-Cola FEMSA Brasil anunciou
a construção de uma nova planta fabril em Itabirito (MG), que vai criar cerca
de 500 postos de trabalho. O empreendimento é considerado um dos maiores
investimentos do Grupo FEMSA no Brasil. As obras de construção e implantação da
unidade estão orçadas em R$250 milhões. Além de ser a primeira fábrica verde de
Coca-Cola, a unidade terá capacidade anual para produção de 2,1 bilhões de
litros, até 2015, equivalente a um incremento de aproximadamente 47% em relação
a produção atual.

 
Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PILZ DO BRASIL PROMOVE WORKSHOP GRATUITO SOBRE SEGURANÇA EM ROBÔ COLABORATIVO EM SÃO PAULO

A multinacional alemã fabricante de produtos para as áreas de segurança e automação industrial, Pilz …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn