COCA-COLA FEMSA BRASIL SELECIONA 15 ONGs PARA A EDIÇÃO 2020 DO EDITAL “IDEIAS PARA UM MUNDO MELHOR”

Direcionada para apoiar projetos voltados para amenizar os impactos da pandemia na vida de comunidades em situação de vulnerabilidade, a edição 2020 do edital “Ideias Para um Mundo Melhor” selecionou as 15 ONGs que receberão aporte da Coca-Cola FEMSA Brasil para impulsionar iniciativas como apoio a micro e pequenos empreendedores, geração de renda, reforço escolar e assistência psicológica, entre outras.

As ONGs contempladas estão distribuídas em cidades e regiões do entorno onde a companhia atua – Bauru, Jundiaí, Marilia, Mogi das Cruzes (SP), Antônio Carlos (SC), Porto Alegre (RS), Maringá e Curitiba (PR), Itabirito (MG) e Campo Grande (MS), além de Sumaré (SP), São José (SC), Pinhais (PR) e Nova Lima (MG).  O aporte será revertido em projetos com potencial para impactar positivamente a vida de cerca de mil pessoas. “Neste ano de muitos desafios, buscamos atuar em diversas frentes para apoiar o combate à pandemia. Por isso optamos por direcionar o Edital para projetos que estivessem contribuindo de alguma forma para amenizar os impactos que a Covid-19 causou na vida das pessoas e das comunidades. A iniciativa é mais uma ferramenta que temos para disseminar a nossa missão de gerar bem-estar social nos lugares em que estamos presente”, afirma Camila Amaral, diretora Jurídica e Assuntos Corporativos da Coca-Cola FEMSA Brasil.

Mercadinho Solidário

O projeto Mercadinho Solidário do Grupo de Apoio Nisfram, de Sumaré, foi o selecionado na Região Metropolitana de Campinas (RMC). O aporte de R$ 25 mil disponibilizado pelo edital permitirá estender o atendimento proporcionado pelo Mercadinho Solidário por mais cinco meses a 60 famílias em situação de extrema vulnerabilidade assistidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da entidade.

O advento da Covid-19 fez com que muitas famílias, em especial aquelas em situação de vulnerabilidade social, fossem atingidas drasticamente pela paralisação das atividades econômicas. O projeto em Sumaré busca minimizar os impactos socioeconômicos decorrentes da pandemia nas famílias em situação de extrema vulnerabilidade social através da oferta de gêneros alimentícios e sanitários, fornecidos respeitando o direito de escolha da família no que contemple suas reais necessidades.

Cada família beneficiada deve receber um crédito de R$ 70,00 por mês para adquirir os produtos presentes no “mercadinho”, podendo escolher entre gêneros alimentícios (como laticínios, proteínas, perecíveis e hortifrútis) e sanitários (ou de higiene pessoal), de maneira diferenciada da tradicional distribuição de cestas básicas “fechadas”.

A Nisfram atua desde 2001 em sintonia com as necessidades emergentes de sua região, aplicando projetos socioeducativos elaborados para promover uma melhor qualidade de vida, desenvolvimento pessoal e cidadania, por meio de atividades educacionais, culturais, artísticas, esportivas, de lazer e de formação profissional. O nome da ONG é uma referência aos bairros de Sumaré localizados em sua área de abrangência (Nações, Ipiranga, São Francisco e Maracanã).

Mãos em Ação

Outro projeto contemplado foi o Mãos em Ação. Apresentado pela CESPROM – Associação Educadora e Beneficente, que atua em Jundiaí, destacou-se por propor a oferta de cursos de capacitação em panificação/confeitaria e auxiliar de cozinha.

O aporte de R$ 25 mil disponibilizado pelo edital permitirá ampliar as atividades de formação profissional e aumentar as oportunidades dos beneficiados em alcançar a autonomia necessária para superar a situação de vulnerabilidade que se agravou com a pandemia.

Tendo em vista que a cidade de Jundiaí é bem-servida por confeitarias, indústrias alimentícias, chácaras e hortas familiares, a ONG busca com essa ação auxiliar as pessoas atendidas a melhorar suas chances no mercado de trabalho e contribuir para a mitigação do impacto causado pela Covid-19.

A CESPROM é uma unidade de serviços que integra ao conjunto de unidades mantidas pela Associação Educadora e Beneficente – AEB, cujo foco principal é o atendimento e acolhimento a migrantes recém-chegados, com acompanhamento qualificado nas dimensões humana, social, profissional, psicológica e espiritual.

A ONG oferece cursos de qualificação e requalificação profissional, como parte de um serviço que busca formar trabalhadores em diversas ocupações, aperfeiçoando suas habilidades profissionais ou facilitando o aprendizado de novas atividades, voltados a adolescentes e adultos, homens e mulheres.

O edital ‘Ideias para um Mundo Melhor’ é uma iniciativa da Coca-Cola FEMSA Brasil que já impactou 7.600 pessoas por intermédio de 25 ONGs. Os projetos escolhidos deverão ser desenvolvidos em um prazo de 12 meses e serão acompanhados pela Coca-Cola FEMSA Brasil.

A lista com todos os projetos vencedores está disponível no site: http://ideiasmundomelhorposcovid.com.br/

 

Fotos 1 a 3 – Mercadinho Solidário do Grupo de Apoio Nisfram, de Sumaré.

Foto 4 – CESPROM – Associação Educadora e Beneficente, que atua em Jundiaí.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

ZURICH NO BRASIL ANUNCIA NOVO DIRETOR DE PERSONAL LINES

O executivo Rafael Ramalho é o novo diretor de Personal Lines da Zurich no Brasil, …

Facebook
Twitter
LinkedIn