COMIDA LIBANESA É REDUTO PARA VEGETARIANOS E VEGANOS

Conhecer alguém vegetariano ou vegano não é mais algo estranho. Esse público que só aumenta promove uma readequação no mercado alimentício. Para restaurantes como o Saj, no Parque D. Pedro Shopping, em Campinas, é importante ter um cardápio para quem deseja comer bem e se manter fiel a algum estilo restritivo escolhido. 

No Brasil, o vegetarianismo atinge 14% da população, ou seja, 30 milhões de pessoas, enquanto há cinco anos correspondia apenas a 9% – dados do Ibope Inteligência de 2017. Enquanto os vegetarianos evitam a carne, os veganos vão além e banem qualquer produto de origem animal. Por se preocuparem com a saúde, o bem-estar dos animais e com o meio ambiente é que esse comportamento tem ganhado cada vez mais adeptos.

O Saj tem a mais autêntica culinária libanesa, pensada para quem deseja comida fresca, caseira com temperos próprios, ingredientes fresquinhos e vegetais orgânicos. Os pratos atendem os que comem carne e inclui opções para dietas ainda restritivas. “Atualmente, 10% do nosso público é formado por veganos e vegetarianos. Eles comentam que ainda bem que conheceram o Saj, porque têm muitas opções para comer bem e de forma saudável”, conta a gerente da unidade Campinas, Laura Vieira, que exemplifica citando os benefícios do Homus à base de grão de bico rico em ácido fólico, vitaminas, cálcio e fósforo.

Vegetarianos podem se fartar no Saj. Para entrada, as pastas são ideais: Homus (feita com grão de bico, tahine e pitadas generosas do tempero do Saj) e Babaganouch (pasta de berinjela assada, tahine e limão) e também as de Coalhada e Mahamara, todas acompanhadas de pão.

O Chancliche também agrada bastante (ricota leve e saborosa, temperada, com tomates picados e salsinha). Os Charutos vegetarianos não podem faltar, enrolados na folha de couve e recheados com arroz, grão de bico e tomates. As tradicionais Esfihas para os vegetarianos podem ser de coalhada seca, queijo de cabra, mozarela, ricota, zaatar ou escarola. Outra delícia é o Falafel, que são bolinhos fritos feitos de grão de bico e especiarias, acompanhado de salada de alface, tomate e rabanete com molho de tahine temperado.

Os vegetarianos também podem aproveitar as especialidades da casa, como o Kibe de abóbora, que é crocante por fora e molhadinho por dentro. O recheio é de ervilha torta, alho porró, cenoura e queijo cottage, acompanhado do espaguete de pupunha e amêndoas.

As saladas são um destaque a parte, frescas e saborosas. Algumas que se enquadram são Tabule, a Salada Jiddo (com folhas verdes, figo fresco, nozes torradas e chancliche, temperado com molho de mel e balsâmico) e a Salada Fatouch (folhas verdes, tomate, cebola e rabanete, temperada com molho de melaço de romã, sumac e pão torrado).

O sanduíche libanês com o pão saj enrolado é o Aarouss de falafel, que vem alface, tomate, rabanete e muito molho tahine temperado, com a salada de rúcula ou fritas. Tem também o Burger de falafel que surpreende.

Ainda para quem não come carne, o restaurante tem também Cuscuz marroquino, Batata libanesa, Arroz com lentilhas e o famoso Arroz Cherrie (com macarrão cabelinho de anjo e manteiga).

Para o público vegano, das opções anteriores vale destacar as pastas de Homus e Babaganouch com o pão Saj, um primor feito na hora, na chapa libanesa com um sabor incrível e de acordo com essa dieta, pois leva somente água, farinha, fubá e temperos. O Cuscuz marroquino, os bolinhos Falafel e a salada de tabule também são ótimas delícias veganas. E quando junta o arroz com lentilha coberto de cebolas crocantes fica perfeito!

 

Foto 1 – Restaurante Saj em Campinas.

Crédito: Divulgação.

Foto 2 – Quibe de abobora do Saj.

Foto 3 – Quadra de pastas do Saj.

Crédito: Leo Feltran.

 

 

Compartilhe:
Facebook
Google+
https://www.panoramadenegocios.com.br/comida-libanesa-e-reduto-para-vegetarianos-e-veganos/
Twitter
LinkedIn

Veja também

GALLERIA SHOPPING RECEBE SETE NOVAS LOJAS

Sete novas marcas chegarão ao Galleria Shopping nos próximos meses, tornando o mix de operações …

Facebook
Google+
https://www.panoramadenegocios.com.br/comida-libanesa-e-reduto-para-vegetarianos-e-veganos
Twitter
LinkedIn