COMO A REALIDADE AUMENTADA IMPACTA A JORNADA DO CONSUMIDOR?

ARTIGO DE MARCOS TRINCA

Ao longo dos últimos anos, podemos observar que a realidade aumentada (AR) vem sendo utilizada em diversos segmentos para gerar um engajamento e uma experiência diferenciada com quem consome um determinado produto. Para se ter uma ideia do potencial desse mercado, uma pesquisa da Goldman Sachs, grupo financeiro multinacional, estima que o uso da AR na experiência do cliente irá crescer a ponto de atingir o valor de US﹩ 80 bilhões até 2025.

Tudo isso está relacionado a mudança do comportamento do consumidor. Se pararmos para fazer uma análise, o jeito de comprar mudou muito nos últimos anos. Desde a chegada e consolidação do e-commerce nos anos 2000 e da popularização dos smartphones em 2010, comprar pela internet ficou muito mais fácil, seguro e prático.

Um levantamento feito em 2019 pela Isobar, agência global de transformação digital e criatividade do Grupo DAN, mostra que o conceito de realidade aumentada já é a chave para a transformação digital das empresas. Essa tecnologia está modificando a experiência de compra e aumentando sua autonomia durante esse processo. Seja por meio de um game, de uma ação promocional ou mesmo de um conteúdo detalhado sobre determinado produto, qualquer “sacada” é válida para que a marca esteja próxima do seu público oferecendo mais interatividade.

Uma das vantagens da tecnologia imersiva está ligada diretamente à inserção de objetos virtuais projetados no ambiente físico real. De forma instantânea e por meio do smartphone, é possível fazer simulações como um carro na garagem do consumidor, uma maquiagem aplicada no rosto, um objeto em algum cômodo da casa, uma cor de tinta aplicada na parede da casa e mesmo “brincar” com embalagens interativas que destravam filtros exclusivos nas redes sociais. Tudo isso estabelece uma ligação pessoal e estratégica com o público, proporcionando engajamento e proximidade.

Um exemplo disso é o projeto de filtro no Instagram lançado pela Eudora, marca do Grupo Boticário, que permite testar em tempo real cinco tons envolvendo o lançamento de batom matte. Por meio do filtro de AR foi possível salvar fotos e vídeos com a cor de preferência, postar e compartilhar na própria rede social ou em outras mídias. Esse é o tipo de jornada que gera interatividade e tem um alto impacto na hora de decidir o que comprar.

Em tempos de recursos digitais criativos e onde o consumidor é a palavra chave para o sucesso, o público precisa ser encantado e essa estratégia tem sido usada cada vez mais pelas marcas para performar melhor em vendas e criar um vínculo com seus consumidores cada vez mais assertivo.

 

Marcos Trinca é Head de XR da More Than Real, empresa brasileira referência global no desenvolvimento de experiências e soluções de Realidade Aumentada. Há 20 anos empreendendo no mercado de tech, é desenvolvedor, matemático, músico e estudioso do impacto da tecnologia no comportamento da sociedade

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

MESMO SEM FUNCIONAR, LOJISTAS DE SHOPPINGS DE CAMPINAS RECEBEM COBRANÇA

Com as atividades suspensas inicialmente até o final de abril, como medida de segurança para …

Facebook
Twitter
LinkedIn