CPqD LANÇA HIPERESPAÇO

Uma iniciativa voltada à inovação aberta e à comunidade empreendedora da região metropolitana de Campinas, importante polo de desenvolvimento tecnológico do país, que abriga renomadas universidades e ins2016-0902-cpqd-40anostituições de ciência e tecnologia, além de empresas, incubadoras e diversas startups.

Essa é a novidade que o CPqD lançou recentemente em comemoração aos seus 40 anos, e que contou com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações Gilberto Kassab. “Como organização focada na inovação baseada nas Tecnologias da Informação e Comunicação, o CPqD acumulou, ao longo dos anos, um vasto conhecimento e um conjunto de competências, além de uma avançada infraestrutura laboratorial, utilizados no desenvolvimento de projetos”, afirma o presidente Sebastião Sahão Junior. “E é isso que, com esta iniciativa, estamos colocando à disposição da comunidade empreendedora da região de Campinas”, acrescenta.

Batizada de Hiperespaço, a iniciativa inclui a construção de um ambiente que poderá ser compartilhado por
empreendedores e por colaboradores do próprio CPqD, de outras empresas instaladas em seu Parque Tecnológico e na região. “Esse espaço funcionará integrado ao ecossistema de inovação de Campinas, constituído de universidades, aceleradoras, incubadoras, etc., com o objetivo de dar suporte às startups envolvidas na jornada de transformação digital”, explica Flávio de Andrade Silva, coordenador das ações em IoT (Internet das Coisas) do CPqD e responsável pela implantação do Hiperespaço. “A base da iniciativa é o Makerspace, um conceito destinado à validação e concretização de ideias criativas”, acrescenta.

E, para acelerar a transformação de ideias em produtos de escala, prontos para o mercado, o CPqD está colocando à disposição dos empreendedores um amplo leque de competências, atualmente reunidas em nove plataformas tecnológicas – Computação cognitiva, Computação avançada, Comunicações ópticas, Comunicações sem fio, Redes de dados, Sensoriamento, Segurança da informação e comunicação, Sistemas de energia e Sistemas eletrônicos embarcados. Oferece, ainda, a possibilidade de acesso a recursos de sua infraestrutura de laboratórios, mentoria tecnológica, além de sua experiência e capacidade em desenvolver projetos com financiamento de diferentes fundos de fomento disponíveis no país.

Para Raul Mariano Cardoso, presidente da Associação Campinas Startups, esse apoio de uma instituição do porte do CPqD será essencial para ajudar pequenas empresas que estão começando e têm ideias inovadoras a enfrentar um dos seus principais desafios: colocar os produtos no mercado. “É muito importante contar com esse conhecimento técnico, essa expertise e com uma infraestrutura de laboratórios, maquinário, etc. que permita cruzar o abismo entre testar a ideia e ter o produto em escala para colocar no mercado”, enfatiza Cardoso, que também é diretor executivo da MagiKey, empresa que desenvolve soluções de controle de acesso por smartphone – e primeiro parceiro empreendedor do novo Hiperespaço. “Essa iniciativa será uma contribuição importante para o amadurecimento do sistema de inovação de Campinas como um todo”, conclui o executivo.

A iniciativa conta, ainda, com a adesão de outros parceiros apoiadores capazes de aumentar o leque de ferramentas à disposição dos empreendedores – estejam eles nas empresas ou em startups. Mais informações sobre o Hiperespaço estão disponíveis no site da iniciativa, no endereço hiperespaco.network.

 

Foto: Ministro Gilberto Kassab participa do lançamento do hiperespaço do CPqD.

Crédito: Divulgação.

 

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

BRASIL REGISTRA CRESCIMENTO DE TRABALHADORES COM ENSINO SUPERIOR COMPLETO NO MERCADO DE TRABALHO

Concluir uma faculdade nunca foi tão importante e essencial para se ter sucesso e estabilidade …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn