EIT FOOD, MAIOR COMUNIDADE ALIMENTAR DO MUNDO, EXPANDE PROGRAMA DE ACELERAÇÃO PARA STARTUPS BRASILEIRAS

 

De forma inédita, o EIT Food, maior comunidade de inovação alimentar do mundo, expande seu programa voltado a startups de tecnologia agroalimentar para além dos países-membros da União Europeia. O novo FAN Hub tem como destino o Brasil, e será operado pelo FoodTech HUB Latam, ecossistema de inovação sediado em Campinas (SP) com atuação em toda a América Latina. Bioprocessamento de alimentos, próxima geração de soluções de origem vegetal e embalagens sustentáveis são os focos principais desta parceria, que tem inscrições abertas até dezembro para startups dedicadas à criação de sistemas alimentares mais saudáveis e sustentáveis.

O EIT Food é apoiado pelo Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (EIT), órgão independente da União Europeia, e investe em projetos, organizações e profissionais empenhados em construir sistemas alimentares adequados ao futuro.

O programa Eit Food Accelerator Network, que chega ao Brasil para ser operado pelo FoodTech HUB Latam, contribui para que startups de tecnologia agroalimentar aprimorem soluções, acelerem seu desenvolvimento e alcancem uma reputação de excelência no mercado. Atualmente, o programa é ministrado em centros de inovação localizados em Helsinque (Finlândia), Munique (Alemanha), Paris (França), Bilbao (Espanha) e Haifa (Israel). “O EIT Food está empenhado em alcançar um impacto global com a criação de um sistema alimentar mais saudável e sustentável para todos”, afirma Benoit Buntinx, diretor de Criação de Negócios da EIT Food. “O Brasil desempenha um papel fundamental e único no abastecimento alimentar mundial, e é por isso que temos o prazer de anunciar nossa primeira expansão na região LATAM por meio do Brazil FAN Hub, que nos permitirá trazer startups de tecnologia agroalimentar mais inovadoras para a rede EIT Food e fornecer a orientação e as conexões necessárias para ajudá-las a acelerar. Estamos entusiasmados em colaborar com o FoodTech HUB Latam para nos auxiliar nestes propósitos”, completa.

As startups selecionadas para participar do programa devem desenvolver soluções inovadoras alinhadas às três missões do EIT Food: “Vidas mais saudáveis através dos alimentos”, “Um sistema alimentar Net-Zero” e “Um sistema alimentar totalmente transparente, resiliente e justo”. Também as startups europeias que atuam junto ao EIT Food serão beneficiadas pelas operações do FoodTech HUB Latam. “Estou emocionado com o anúncio da colaboração com Brazil FAN Hub do EIT Food”, destaca Paulo Silveira, fundador e CEO do FoodTech HUB Latam. “O acordo entre EIT Food e FoodTech HUB Latam favorece o acesso às micro, pequenas e médias empresas europeias para que cheguem ao mercado latino-americano, e às empresas latino-americanas para se conectarem com o mercado europeu. É uma parceria ganha-ganha”, ressalta.

As startups de tecnologia agroalimentar interessadas em participar do Brazil FAN Hub têm até dezembro deste ano para se inscrever. Informações em: eitfood.eu/entrepreneurship.

O EIT Food é a maior e mais dinâmica comunidade de inovação alimentar do mundo. Aceleramos a inovação para construir um sistema alimentar adequado ao futuro, com o propósito de produzir alimentos saudáveis e sustentáveis para todos.

Com o apoio do European Institute of Innovation and Technology (EIT), órgão da União Europeia (UE), investe em projetos, organizações e indivíduos que compartilham metas e visão para um sistema alimentar saudável e sustentável.

Criado em 2019, o FoodTech HUB Latam é o maior ecossistema de inovação na América Latina, com foco em inovação aberta e foodtechs. Por sua conexão com os maiores ecossistemas globais, o FTH Latam ajuda as empresas a identificar fontes relevantes de conhecimento, apoio, parcerias e a conectar os atores da comunidade do sistema alimentar. O FoodTech HUB Latam tem uma visão panorâmica do desenvolvimento da indústria alimentícia, graças à experiência de seus líderes na cadeia alimentar e no fomento a comunidades de inovação.

O Tropical Food Innovation Lab, ecossistema de inovação para o desenvolvimento de alimentos e bebidas sustentáveis, com foco na biodiversidade brasileira, foi inaugurado em outubro na cidade de Campinas (SP). O investimento nessa primeira etapa foi de US$ 3 milhões. Com infraestrutura de última geração, o centro de inovação está instalado em uma área de 1,3 mil m2 dentro do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital) e é fruto de uma parceria público-privada pioneira no Brasil. O projeto foi desenvolvido por empresas de peso, como as suíças Bühler e Givaudan e a norte-americana Cargill, além do FoodTech Hub Latam e do Ital.

O Tropical Food Innovation Lab é o local de excelência na América Latina, onde ciência e negócios se conectam para formular novos alimentos, ingredientes, texturas e sabores que encantem o consumidor. Este novo hub vai conectar institutos de pesquisa, universidades, empresas, investidores, startups e outras instituições e promoverá a inovação na alimentação, garantindo boas práticas que preservem a biodiversidade e a sustentabilidade, além do desenvolvimento de alimentos que permitam uma nutrição acessível.

O Tropical possui uma planta piloto com linhas de processamento de pequena escala, com a última geração de sistemas de extrusão úmida e seca para proteínas à base de plantas, laboratórios de aplicações e análises e uma demokitchen, cozinha experimental de ponta, onde empresas, engenheiros de alimentos, nutricionistas, chefs, mixologistas, entre outros profissionais, poderão trabalhar juntos na criação de novos produtos. Também haverá um espaço de interação e coworking para oficinas criativas e pitching. Em uma segunda fase, será incorporada uma unidade de processamento de bebidas que adicionará recursos complementares às instalações já existentes no Ital.

Com mais de 20% da biodiversidade vegetal do Planeta, distribuída em seis grandes biomas, e uma indústria de alimentos que historicamente responde por 10% do PIB, o Brasil figura entre os maiores produtores e exportadores globais de grãos e proteína. “Este ecossistema de inovação, não por acaso instalado em Campinas, cidade referência em tecnologia no Brasil, reúne a potência intelectual, tecnológica, científica e criativa para estabelecer as melhores conexões e soluções para a cadeia de alimentos e contribuir com o protagonismo do Brasil, que já é expoente mundial”, destaca Paulo Silveira, idealizador e gestor do Tropical,também fundador e CEO do FoodTech Hub Latam.

 

Foto 1 – Evento do EIT Food.

Foto 2 – Tropical Food Innovation Lab.

Foto 3 – Paulo Silveira, idealizador e gestor do Tropical,também fundador e CEO do FoodTech Hub Latam.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

AWARE INVESTMENTS INICIA PLANO DE EXPANSÃO REGIONAL E PREVÊ CHEGAR A R$ 20 BI SOB GESTÃO

O ano de 2024 tem tudo para ser bastante promissor para a Aware Investments. O …

Facebook
Twitter
LinkedIn