MERCADO LIVRE VENCE BATALHA DO E-COMMERCE NOS PREÇOS DE MATERIAIS ESCOLARES.

Em meio aos preparativos para o início do novo ano letivo, que começou em fevereiro na maioria dos estados brasileiros, o Mercado Livre se destacou como o vencedor na hora de fornecer os materiais escolares pelos preços mais competitivos. Enquanto um estudo do IBGE constatou que o preço dos materiais escolares aumentou 8,7% ao longo do último ano, e que os impostos cobrados sobre os itens atingiram 50%, um novo levantamento da Sellesta mostrou que o marketplace mais popular da América Latina conseguiu oferecer preços mais baixos do que as papelarias online entre os dez itens mais vendidos na plataforma. Essa vantagem do Mercado Livre sobre os sites independentes mostra um bom indicativo para os vendedores que buscam sucesso num cenário de e-commerce cada vez mais competitivo. “O desempenho dominante do Mercado Livre demonstra como a agilidade na precificação e a adaptação rápida dos produtos podem impulsionar as vendas, especialmente em períodos-chave, como a volta às aulas”, comenta Marcelo Costa, Country Manager da Sellesta no Brasil. “Ao listar seus produtos em um site próprio ou marketplace, os vendedores que têm sucesso monitoram ativamente as tendências do mercado e ajustam suas estratégias de venda, muitas vezes com o auxílio de ferramentas de IA, machine learning e análise de dados”, completa.

Embora a inflação esteja diminuindo no Brasil como um todo, os valores dos itens de papelaria aumentaram consideravelmente ao longo do último ano, com preços de ítens básicos como cadernos, subindo 14%. Isso levou mais famílias a optarem por fazer suas compras de material escolar online, em vez de em lojas físicas. Os impostos também aumentaram nos itens mais desejados, com o imposto sendo responsável por 49,9% do valor final de uma caneta, 44,6% de uma régua e 43,1% de borracha, apontador ou agenda. “Nossa pesquisa mostra que, embora os preços dos itens essenciais estejam subindo, os vendedores do Mercado Livre conseguiram vender muito mais unidades, com descontos de até 10 a 20% em comparação com lojas especializadas fora da plataforma”, destaca.

A Sellesta analisou os itens escolares mais vendidos no Mercado Livre em Janeiro e revelou tendências claras para o período de volta às aulas. Estojos organizadores ocuparam as primeiras posições, seguidos de mochilas e canetas coloridas. “Com essas informações de mercado, os vendedores podem adaptar seus estoques e capitalizar as tendências emergentes,” explica Marcelo. “É nesse tipo de abordagem granular e bem ajustada que estão as vitórias futuras do e-commerce”, acrescenta.

É importante destacar que, apesar do avanço da tecnologia, os itens escolares tradicionais continuam em alta demanda, como indicado pelo Top-10 de itens mais vendidos, que incluem estojos, canetas coloridas, lápis de cor, mochilas e cadernos. Isso sugere que, embora as plataformas de comércio eletrônico como o Mercado Livre estejam aproveitando a tecnologia para otimizar preços e listagens de produtos, a demanda básica por materiais escolares permanece forte.

Marcelo Costa cita a crescente demanda pela plataforma da Sellesta, o Market Research, como parte de uma tendência significativa em 2024, onde grandes vendedores online estão utilizando ferramentas de análise de mercado cada vez mais acessíveis e impulsionadas por IA para obter vantagem competitiva. “Com o uso da tecnologia de IA aplicada ao comércio eletrônico, é possível ajudar os vendedores a definir uma estratégia vencedora usando dados de mercado sobre concorrência – vendas, receita, preços, participação de mercado – quase instantaneamente, permitindo-lhes encontrar os nichos de produtos de crescimento mais rápido, aproveitar as lacunas no mercado e listar seus produtos aos preços mais competitivos em comparação com a concorrência, tudo isso aumentando significativamente as vendas e o ROI”, conclui.

 

Foto: Marcelo Costa, Country Manager da Sellesta no Brasil.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

CPFL SE MOBILIZA PARA MIGRAR CLIENTES INTERESSADOS NO MERCADO LIVRE DE ENERGIA

O Mercado Livre de Energia é um ambiente competitivo de negociação de energia elétrica. Nele, …

Facebook
Twitter
LinkedIn