EM CONFERÊNCIA ONLINE, BELVO REÚNE PROTAGONISTAS DA TRANSFORMAÇÃO DO SETOR FINANCEIRO NA AMÉRICA LATINA

Nesta quarta-feira (18/05) e quinta-feira (19/05) acontece o Open Views 22, conferência organizada pela Belvo – plataforma de APIs de Open Finance líder na América Latina – que está reunindor os protagonistas da transformação do setor financeiro na América Latina.

O evento é gratuito e nele, as vozes mais relevantes de fintechs, instituições financeiras e organizações da comunidade do Open Finance estão compartilhando suas histórias e pontos de vista sobre o setor e suas mudanças.

Os convidados também estão debatendo desafios e instigando a inovação. O evento foi aberto nesta quarta-feira às 11h. Nesta tarde ocorre várias palestras. neste momento o tema em destaque é: Como os bancos da América Latina podem começar a se beneficiar do Open Banking?

Com Carmela Gómez, Head of Global Open Banking at BBVA; Romina Seltzer, Senior Vice President at Visa – Products & Innovation; Esteban Domínguez, Head of Digital Business Development at Citibanamex; e Erick Rincón Cardenas, President of Fintech Colombia

Ás 16h – Caso de sucesso da Ualá: a revolução fintech na América Latina

Com Mariana Franza, Chief Operating Officer at Ualá; e Pablo Viguera, Belvo cofounder and co-CEO

Às 17h – Como o PIX e o Open Banking coexistirão?

Com Felipe Cunha, Head of Google Pay Partnerships in Latin America; Glauber Mota, CEO of Revolut Brazil; Leandro Franco, Head of Payments Acceptance an Experience at Amazon BR; e Mariana Cunha e Melo, Payments Strategy at Belvo

Às 18h – Como construir confiança em soluções baseadas no Open Finance

Com Dileep Thazhmon, Cofounder and CEO of Jeeves; Jesse Dhillon, Co-founder at Basis; Juan Guerra, CEO of Revolut Mexico; e Uri Tintoré, Belvo cofounder and co-CEO

Na quinta-feira dia 19 de maio

11h – Construindo uma infraestrutura para bancarizar mais milhões de pessoas na América Latina

Com Ray Shan, VP of Product at Belvo

12h – (Re)construindo o crédito com dados alternativos

Com Leonardo Enrique Silva, Head of Open Banking at Serasa Experian; Giovanna Sutto, Reporter at Infomoney; e Henrique Seije Nogueira, Chief Data & Analytics Officer at Afinz

13h – O estado da regulação do Open Banking no México

Com Diana Zamora Bonnet, Head of Public Policy, Mexico & Central America at Mastercard; Fernando Gutiérrez, Journalist at El Economista; Ernesto Calero, General director at Fintech Mexico; e Rocío Robles, Partner at Tenet Consultores

15h – Case de sucesso Neon: Bancos digitais e open finance, uma história de amor

Com Paula Martinelli, VP Product & Marketing at Neon; e Albert Morales, General Manager for Brazil at Belvo

16h – Como o Open Finance está transformando o ecossistema de investimentos?

Com André Vilar, Founder & CEO at Monis; Antonio Rocha, CEO and co-founder at Onze; e Leandro Pupe Nobrega, Operations Lead at Belvo

17h – A oportunidade da “gig economy” para fintechs na América Latina

Com Edwin Zácipa, Founder at Latam Fintech Hub; Fernando González, Chief Data and Analytics Officer at Rappi; e Arnoldo Reyes, Vice President Digital Partnerships at Visa

18h – Como construir experiências seguras a partir do Open Finance

Com Matt Spitz, Head of Engineering at Vanta; Giuseppe Ciotta, VP of Engineering at Belvo; e Claudia Bellido, Financial Services Compliance Specialist at AWS.

A Belvo é a plataforma líder em APIs de Open Finance na América Latina, fundada em maio de 2019 por Pablo Viguera e Oriol Tintoré. Ela permite que fintechs e instituições financeiras inovadoras acessem e interpretem dados financeiros de seus usuários para criar produtos mais modernos, acessíveis e inclusivos.

A Belvo opera atualmente no Brasil, no México e na Colômbia, e agora trabalha com mais de 150 clientes, incluindo algumas das principais empresas financeiras da região em todos as verticais, incluindo neobancos, provedores de crédito e ferramentas de gestão financeira pessoal.

Com escritório em São Paulo, a empresa emprega atualmente 150 pessoas. A empresa é apoiada por alguns dos principais fundos de capital de risco do mundo, incluindo MAYA Capital, David Vélez, Kaszek, Founders Fund, Future Positive, e Kibo Ventures, e levantou um total de cerca de US$56 milhões em financiamento até o momento.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

IBEF CAMPINAS REALIZA A CERIMÔNIA DE ENTREGA DO PRÊMIO EQUILIBRISTA COM JANTAR DANÇANTE

Depois de dois anos por conta da pandemia de covid-19, o IBEF (Instituto Brasileiro de …

Facebook
Twitter
LinkedIn