EMPRESA DE SANEAMENTO DE CAMPINAS ADERE AP PACTO GLOBAL

A Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento
S.A. (Sanasa Campinas), empresa municipal de capital misto, acaba de completar
38 anos dando um grande salto em relação ao desenvolvimento sustentável. A
empresa, considerada um orgulho para os campineiros, elabora o seu primeiro
Relatório de Sustentabilidade para ser lançado no final de novembro ao mesmo
tempo em que anuncia adesão aos princípios do Pacto Global. A Sanasa também
anunciou a criação do seu departamento de Ouvidoria. Recentemente a empresa foi
apontada como a sexta melhor empresa do país em saneamento. A primeira colocada
é a Sabesp. Em rentabilidade e giro ativo a empresa campineira de saneamento é
a terceira melhor e ocupa a quarta posição em liquidez corrente. No ranking
nacional de grandeza, a Sanasa aparece na posição de número 644 entre as mil
maiores do país.

O Relatório de Sustentabilidade será uma importante
ferramenta para a prestação de contas à toda a sociedade sobre o desempenho
social, ambiental e econômico da empresa de saneamento de Campinas, bem como a
sua contínua melhoria. Ele segue as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI)
padrão mundial mais completo e utilizado para elaboração de relatórios.

Na questão ambiental, o documento da Sanasa é dividido em
quatro temas como Água, Esgoto, Planos e Compensação Ambiental, enquanto a área
de responsabilidade social é segmentada em educação e cidadania. As questões
sociais são subdivididas em produtividade, diversidade, capacitação
profissional, segurança e saúde do trabalho.

Entre os indicadores relevantes de desempenho que integram
o relatório estão lucros, investimentos, gastos e programas sociais e
ambientais desenvolvidos junto à comunidade e internamente, bem como impactos
ambientais e ações de combate à corrupção. Dessa forma, a Sanasa passa a tornar
públicos todos os resultados e ações.

De acordo com o presidente da Sanasa, Marco Antonio dos
Santos, por meio desse documento a empresa firma um importante compromisso não
apenas com funcionários, investidores, fornecedores e prestadores de serviços,
mas com a sociedade como um todo, que poderá acompanhar o desempenho e cobrar o
cumprimento das metas estabelecidas. “A sustentabilidade já foi incorporada ao
dia a dia da Sanasa. As ações desenvolvidas por todos os setores da empresa
passarão agora a se tornar públicas com ética e transparência”, acrescenta.

A produção do Relatório de Sustentabilidade foi um
importante passo para a Sanasa ser a primeira empresa pública da Região
Metropolitana de Campinas (RMC) a aderir ao Pacto Global da Organização das
Nações Unidas (ONU), no mês de julho. A iniciativa do Pacto Global conta hoje
com a participação de 8.700 signatários, entre fundações, empresas públicas e
privadas e organizações não governamentais, sendo 460 delas no Brasil.

O Pacto Global tem a função de mobilizar os empresários do
mundo todo a adotarem em suas organizações os dez princípios internacionalmente
estabelecidos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio
ambiente e combate à corrupção. O objetivo é estimular o desenvolvimento
sustentável e da cidadania a partir de lideranças corporativas inovadoras e
comprometidas com a sustentabilidade.

Na Sanasa alguns princípios já são aplicados, como a
exigência aos fornecedores para que sigam as cláusulas de direitos humanos nos
contratos assinados. A empresa também vem atuando efetivamente no combate à
corrupção por meio da adoção dos pregões eletrônicos e da revisão de contratos.
“Aderindo ao Pacto Global passamos a nos responsabilizar pela melhoria
continuada de ações sustentáveis. Teremos a oportunidade de divulgar as nossas
ações e também de trocar experiências com empresas do mundo todo”, destaca o
diretor presidente da Sanasa.

 

 
Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

HÁ DIFERENÇA ENTRE PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO PRECOCE DE DOENÇAS?

Inúmeras enfermidades importantes podem ser evitadas com prevenção. E o antecipar-se a problemas de saúde …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn