ESPECIALISTA ORIENTA COMO CUIDAR E MANTER OS PETZ FELIZES E SAUDÁVEIS NO INVERNO

Com a chegada do inverno é essencial redobrar a atenção em relação à saúde dos nossos pets. As mudanças bruscas de temperatura e a baixa umidade do ar nesse período podem aumentar as chances de problemas respiratórios e oculares nos pets.

Segundo o médico-veterinário e diretor da Faculdade Qualittas, Francis Flosi, nos dias frios, os problemas respiratórios são uma preocupação comum. “A gripe canina, também conhecida como “Tosse dos Canis”, é uma enfermidade frequente no inverno. Além disso, a Cinomose é uma doença grave que pode afetar a saúde respiratória, gastrointestinal e neurológica dos cães. Certifique-se de que seu cão está com as vacinas em dia para prevenir essas doenças”, alerta o especialista.

Nesta estação, observe os sinais de desconforto térmico nos pets, como tremores, encolhimento e tentativas constantes de se aquecer. “Se estiver frio demais para você, provavelmente está frio demais para eles também”, destaca.

Problemas de pele

A baixa temperatura pode desencadear problemas de pele nos cães. “A pele fica ressecada e favorece as dermatites de inverno. Evite banhos frequentes com água quente e secador em altas temperaturas, pois isso pode causar dermatites e alergias”, diz Flosi. A escolha de roupinhas adequadas e a escovação correta também são essenciais para evitar doenças de pele.

Independentemente da idade, os cuidados com os pets devem ser constantes. “Realize visitas regulares ao médico-veterinário, mantenha as vacinações em dia e observe atentamente qualquer mudança de comportamento, garantindo o conforto térmico adequado”, pontua.

Nutrição

Embora sintamos mais fome no inverno, o mesmo não se aplica aos pets. “Não é necessário aumentar a quantidade de comida. Respeite sempre a orientação do médico-veterinário em relação à alimentação do seu pet”, diz o especialista.

Atividades físicas

Mesmo que seu pet pareça mais preguiçoso no inverno, não deixe de realizar atividades físicas com ele. “Além de ser um momento de diversão, os exercícios ajudam a controlar o peso e a saúde do animal. Evite petiscos e alimentos humanos para manter a dieta equilibrada. Procure orientação com os médicos veterinários fisiatras para saber quais os exercícios mais adequados para este período”, completa.

Hidratação

Mesmo com o clima mais frio, é fundamental incentivar seu pet a beber água regularmente para garantir a hidratação adequada. Podemos saber através da seguinte medida: “um cachorro deve ingerir 30 ml de água para cada meio quilo do próprio peso. Ou seja, se um cãozinho pesa cerca de dez quilos, deverá ingerir 600 ml de água por dia”.

Cuidados com os gatos

Assim como os cães, os gatos também necessitam de cuidados especiais durante o inverno. Segundo Flosi, o tutor deve oferecer  alternativas de higiene, como escovações regulares e uso de lenços umedecidos específicos para pets. Mantenha a caixa de areia limpa e em um local tranquilo. Além disso, monitore de perto a alimentação e hidratação dos gatos para garantir sua saúde e bem-estar.

Roupinhas

Para cães que são sensíveis ao frio, especialmente as raças de pelo curto, o uso de roupinhas pode ajudar a mantê-los aquecidos. “No entanto, evite o uso contínuo e verifique se as peças não estão causando desconforto”, recomenda.

Permita que seu pet escolha o ambiente em que se sente mais confortável. “Mantenha sua caminha habitual e adicione uma coberta ou mantinha para garantir um ambiente aquecido e acolhedor durante o inverno. Mas não esqueça de manter cama e coberta desinfetadas”, diz.

Visita ao médico-veterinário

Agende uma visita ao veterinário no início da estação para uma avaliação geral do seu pet. Os exames de rotina são essenciais, principalmente devido à sensibilidade imunológica dos animais às mudanças de temperatura.

Certifique-se de que todas as vacinas do seu pet estão atualizadas, especialmente contra a gripe canina e outras doenças sazonais. “Verificar a validade da vermifugação é um item tão importante quanto a vacinação. A prevenção é a melhor forma de manter a saúde dos animais em dia”, alerta. “Os cuidados adequados durante o inverno são cruciais para garantir a saúde e o bem-estar dos nossos pets. Prevenção e atenção são fundamentais para evitar problemas de saúde nessa estação,” finaliza Flosi.

 

Foto: médico-veterinário e diretor da Faculdade Qualittas, Francis Flosi.

Crédito: Divulgação.

 

 

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

BRASIL REGISTRA CRESCIMENTO DE TRABALHADORES COM ENSINO SUPERIOR COMPLETO NO MERCADO DE TRABALHO

Concluir uma faculdade nunca foi tão importante e essencial para se ter sucesso e estabilidade …

Facebook
Twitter
LinkedIn