FRUTTY REFRIGERANTES COMPLETA 70 ANOS

A indústria Frutty Refrigerantes, em São Gonçalo do Sapucaí, a 335 quilômetros de Belo Horizonte, completou 70 anos na última quinta-feira (23/01), e prepara comemoração para colaboradores, clientes e familiares. O diretor da empresa, Rogério Vilela Silva, destacou em entrevista ao Portal de Bebidas Brasileiras, que o respeito, qualidade e compromisso com os consumidores foram os ingredientes mais importantes para o crescimento e continuidade do negócio.

Filho de Frutoso Mariano, o fundador da Frutty Refrigerantes, Rogério Vilela Silva conta que os laços sentimentais com a indústria vão muito além do lado profissional do negócio. “A vida inteira fui muito próximo da Frutty por conta do meu pai. Várias vezes, costumava trazer meus amigos para brincarmos e tomarmos refrigerantes. Essas lembranças se tornaram muito especiais em minha memória”, lembra o diretor.

Com 64 anos, formado em engenharia elétrica, ele conta que foi professor e que chegou a trabalhar em uma das siderúrgicas mais importantes do Brasil, a Gerdau Sul Minas. Silva afirma que passou a dedicar-se às atividades administrativas da empresa mineira de refrigerantes em 1986, com 35, para ajudar o pai, Frutuoso, que viria a morrer em janeiro de 1994, aos 72 anos. “Eu quis sair da zona de conforto e ir para um novo desafio, que era gerenciar uma indústria de refrigerantes. Meu pai já estava cansado e propus a ele que elaborássemos um projeto para revolucionar o cenário da empresa”, assevera. “Desde então, estou há 35 anos trabalhando neste negócio. Posso dizer que tenho uma vida aqui dentro”, ressalta Rogério.

O diretor da Frutty se emociona ao lembrar dos antigos colaboradores da empresa que o ajudaram na adaptação à indústria. “Quando cheguei para trabalhar com o setor de refrigerantes, não sabia quase nada da área. Então, os funcionários que trabalhavam há décadas com meu pai se dispuseram a me ajudar”, lembra. “A atitude deles foi muito importante para que eu logo criasse um laço de amizade. Tenho muita gratidão por isso”, completa Silva.

Produtos e investimentos

A Frutty possui uma linha de refrigerantes em sabores guaraná, guaraná zero, laranja, limão, tubaína, cola, uva e abacaxi. Após receber uma série de investimentos, a indústria passou a produzir, por hora, 12 mil garrafas de 2 litros, 15 mil garrafas de 500 ml e 15 mil garrafas de 250 ml. Todo esse potencial ganha ainda mais força com o engajamento de 130 colaboradores.

A empresa, que é associada da Afrebras (Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil), tornou-se a primeira fábrica do país a receber o certificado do Programa de Qualidade Afrebras, que fomenta o desenvolvimento da indústria de refrigerantes no atendimento aos requisitos técnicos relacionados à segurança de alimentos e bebidas.

A oportunidade pode estar na crise

Para ele, os momentos de crise que a indústria de refrigerantes enfrentou durante os 70 anos, se tornaram importantes para o aprendizado dos colaboradores. Segundo ele, sempre que a empresa teve dificuldades financeiras, souberam se reerguer com muito trabalho. “Costumamos dizer que, na crise, temos a oportunidade. Em 1986, quando estivemos beirando a falência, ‘arregaçamos as mangas’ e fomos trabalhar. Em 1994 fizemos novos investimentos em nosso maquinário. Recentemente, em 2017, quando todo o setor de refrigerantes e o Brasil estava em baixa, ousamos em investir e renovar toda a linha de produção pet”, destacou o diretor.

Relação de carinho e respeito com consumidores

Rogério afirma que o compromisso e a conexão da Frutty Refrigerantes com o público sempre foi a maior motivação para tentar ignorar os períodos de crise e continuar insistindo no negócio. “O reconhecimento e carinho que os consumidores têm com a marca é impressionante. A relação que temos com eles é algo quase familiar. Estamos há 70 anos produzindo para vários municípios. Então, temos muita gente que passou o respeito com nossos produtos para as outras gerações e a admiração deles conosco continua”, comemora.

O diretor administrativo conta que, inúmeras vezes, os colaboradores da indústria são parados nas ruas de Minas Gerais e até de outras regiões, por consumidores que elogiam a qualidade dos produtos da marca. “Eles nos abordam dizendo que consomem, que é gostoso, que lembram do meu pai, que a empresa é um orgulho para o Estado”, descreve. “Lembro de tudo que passamos para manter a indústria no mercado e, quando recebemos esse reconhecimento, percebo que conseguimos construir uma história que transformou a marca em algo especial para quem a consome. Esse carinho é sinal de que o trabalho está sendo bem feito. Com certeza nossa responsabilidade de agradá-los aumenta”, ressalta Silva.

Ele afirma que para a indústria Frutty Refrigerantes, a maior riqueza são seus colaboradores. De acordo com ele, a equipe de trabalho da empresa tem como prioridade o bom relacionamento e o respeito com o comprador, consumidor e com o setor de bebidas.

Comemoração de 70 anos e museu da indústria

Para a comemoração do aniversário de 70 anos da empresa, Rogério revelou que será organizado um jantar para familiares, colaboradores, consumidores e familiares. “Realizaremos uma festa com muita alegria, em comemoração aos 70 anos da empresa e exclusiva aos funcionários e colaboradores. Nossa tradição foi feita por eles. São as pessoas que fazem toda a engrenagem funcionar”, destacou.

O diretor também lembra que foi montado, em 2019, um museu com várias máquinas, rótulos e produtos marcantes para a história de 70 anos do negócio. Segundo Rogério Silva, será inaugurado neste mês de janeiro.

 

Foto 1: Diretor da Frutty Refrigerantes, Rogério Vilela Silva.

Crédito: Divulgação.

Foto 2 – Frutoso Mariano, o fundador da Frutty Refrigerantes.

Crédito: Arquivo empresa.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

CALOR PROVOCA AUMENTO DOS PROBLEMAS VASCULARES

Apesar de estarmos em uma estação intermediária entre o inverno e o verão, a primavera …

Facebook
Twitter
LinkedIn