GOL DE PLACA: COMO A COPA DO MUNDO PODE CONTRIBUIR PARA O SUCESSO DO SEU NEGÓCIO

ARTIGO DE MANUELLA LIMA

Não é de hoje que a Copa do Mundo muda a rotina e o cotidiano do brasileiro. De quatro em quatro anos, calendários de empresas são alterados, os meios de comunicação preparam comunicados especiais e o mercado, principalmente o de varejo, desenvolve estratégias especiais para o período. Dentro desse contexto, o e-commerce também sofre o impacto desta data sazonal e pode ser afetado de maneira positiva, ou negativa, dependendo de fatores como o segmento das lojas, as promoções idealizadas para o período e o interesse gerado no cliente com campanhas criativas.MANUELLA LIMA image001 (2)

Em datas especiais, como a Copa do Mundo, o mercado fica mais sensível ao consumo de produtos temáticos e itens relacionados ao entretenimento. E-commerces que conseguem explorar a temática da copa do mundo na decoração de seu site, na personalização de produtos e nas promoções exclusivas para o período, conseguem tirar um bom proveito da data para incrementar suas vendas. Outro ponto positivo da mobilização nacional, que toma conta do país a cada quatro anos, é o clima otimista que se instala e pode favorecer o consumo, se utilizado da forma adequada. Quanto mais a seleção brasileira avança nas etapas do campeonato, mais os lojistas podem contar com o entusiasmo dos clientes para as compras de produtos relacionados ao tema.

Em um dos países onde as pessoas mais amam e acompanham futebol, a Copa do Mundo é um dos eventos que mais gera mobilização das pessoas. O lado ruim desse fenômeno é a queda na produtividade da economia, que pode vir a impactar negativamente os setores pouco relacionados com a temática e suas ramificações.

Segundo a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, as vendas devem crescer cerca de 30% neste mês de junho, com destaque para os artigos esportivos. No entanto, existem outros segmentos beneficiados neste período. O sentimento de bem estar e confraternização gerado pela Copa do Mundo é muito positivo para lojas que atendam a este segmento de alguma maneira, como brindes, artigos esportivos, colecionáveis, fantasias, bebidas e decoração para festas. Para estes nichos, a tendência é que o maior evento futebolístico do mundo não só seja só uma grande oportunidade de inovar e incrementar vendas, mas também um dos melhores momentos do ano para prosperar o negócio.

É preciso entender o público-alvo. Se gostam do esporte, se têm uma mentalidade competitiva, se estão realmente interessados neste momento, ou mais envolvidos em outras causas durante a copa. Esse tipo de percepção ajuda a medir o tamanho do esforço que se deve fazer nessa ocasião.

Caso o público da loja adeque-se ao propósito da copa, é possível criar campanhas que conversem diretamente com o cliente, aguçando os sentidos de bem-estar, competitividade, senso de vitória e pertencimento. Promoções e eventos direcionados ao tema também podem chamar atenção para novas vendas. É importante ter em mente que a queda nas vendas em alguns setores é um efeito comum de datas especiais com grande impacto na economia, como é o caso da Copa do Mundo. Então, mesmo com as tentativas de reverter a atenção dos consumidores, as baixas nas vendas devem ser previstas como uma contingência do negócio e não interpretadas, necessariamente, como uma falha na operação.

Estratégias omnichannel são uma abordagem interessante para envolver o cliente com promoções, descontos especiais, produtos personalizados, em um período onde os consumidores estão ligados nas redes sociais, acompanhando placares e resultados dos jogos, participando de bolões, postando conteúdo e selfies, enquanto se divertem assistindo aos jogos. Por isso, explorar as redes sociais, por meio de campanhas que chamem a atenção do cliente nesses momentos e levá-lo a um ambiente de loja temático, atrativo e com promoções pode ser um bom caminho para otimizar vendas nesse período.

Um outro caminho interessante para captar leads e fomentar futuras vendas é produzir conteúdo relacionado ao tema, envolvendo atividades interativas, concursos culturais e demais abordagens que levem os futuros clientes a se cadastrar na base de dados do negócio, com o objetivo de produzir comunicações imediatas e futuras. Dependendo do segmento, ainda que os principais canais sejam o site e as campanhas online, participar de feiras, eventos e fazer campanhas inseridas em ambientes onde é possível assistir aos jogos, ou se fala do assunto com frequência, também pode chamar a atenção do cliente e otimizar as vendas.

O segredo do sucesso de um negócio é acreditar que existe oportunidade onde as pessoas nem sempre estão acostumadas a enxergar. Uma época como essa pode gerar novas abordagens capazes de conquistar mais clientes e, consequentemente, mais vendas.

Manuella Lima é Especialista em Branding na Nuvem Shop, plataforma de serviços de e-commerce líder na América Latina com mais de 18 mil lojas ativas.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

ACIAS RECEBE COM ALÍVIO ANÚNCIO DA REABERTURA DAS ATIVIDADES COMERCIAIS

A Acias (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré) recebeu com alívio o anúncio da …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn