GOVERNADOR DE SÃO PAULO PARTICIPA DE ALMOÇO-DEBATE LIDE 2019

O balanço das atividades ao longo deste ano e as perspectivas para 2020 pautaram a última edição do Almoço-Debate LIDE de 2019, que reuniu CEOS, presidentes e demais lideranças corporativas na última sexta-feira (06/12), no Hotel Grand Hyatt, na capital paulista. Comandado pelo chairman do LIDE, Luiz Fernando Furlan, o encontro promovido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais teve como expositor o governador do estado de São Paulo, João Doria. Rodrigo Garcia, vice-governador, e secretários estaduais do Executivo paulista também estiveram presentes.

O governador destacou a convicção liberal de sua administração e a importância do diálogo. “Integramos o centro-democrático e a democracia exige respeito entre diferentes partidos e também entre os Poderes. Os extremos não constroem um país, os extremos trazem somente discórdia e conflito”, afirmou. Doria ressaltou que o estado de São Paulo lidera o crescimento econômico brasileiro, com um incremento esperado de 1,9%, segundo o Seade, “o dobro do registrado no PIB nacional”, pontuou. “Fizemos sete missões comerciais, incluindo China, Estados Unidos e Europa, incluindo o Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça. Nossos investidores não estão no Brasil, mas fora dele. Todas as missões produziram resultados positivos”, comemorou Doria, que também abordou o acordo com a General Motors que manterá as fábricas da empresa no Estado e receberão R﹩ 10 bilhões de investimento até 2022.

Doria celebrou os aportes de R﹩ 7 bilhões apresentados pela Bracell ao governo estadual, em abril passado, cujo “Projeto Star” elevará a produção da fábrica de celulose solúvel de 250 mil toneladas para 1,5 milhão de toneladas por ano, gerando até 7.500 empregos no pico da implantação do projeto. Com previsão para entrar em operação no segundo semestre de 2021, o maior investimento privado no Estado em 20 anos está concentrado entre os municípios de Macatuba e Lençóis Paulista.

O governador destacou que sua administração empreendeu esforços ao longo de 2019 para transformar São Paulo em um estado totalmente digital e que, a partir de 2 de janeiro, não haverá mais papel na gestão pública. Outra área citada no balanço feito por Doria foi a do turismo, que apresentou um incremento de 7% nas suas atividades, com a geração de 160 mil empregos neste setor em 2019.

Durante o evento, empresários e lideranças responderam a 143ª edição do Índice LIDE-FGV de Clima Empresarial. O índice, calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com o LIDE, é uma nota de 0 a 10, resultante de três componentes com o mesmo peso: governo, negócios e empregos. O índice de 7,1 desta edição do levantamento teve um leve aumento de 0,3 pontos percentuais comparado ao mês anterior, de 6,8%.

Ante à pesquisa de novembro, a preocupação com o cenário político teve uma queda relevante, de 87% para 66%, seguido por um aumento na crise internacional (de 10% para 17%) e câmbio (de 3% para 16%). Para 44% dos entrevistados, a carga tributária é o principal fator que impende o crescimento das empresas; cenário político em segundo, com 37%; nível de procura, 19%; e taxas de juros, 1%.

Inquiridos sobre qual área o Brasil precisa melhorar, educação e infraestrutura registraram 44% e 25%, respectivamente, seguidas por política (17%), segurança (9%) e saúde (7%). Finalmente, 60% acreditam que o Brasil deverá ter um crescimento do PIB de até 2% em 2020; para 22%, será 3% de elevação; 6% apontam em 4% de evolução; 12%, um incremento de 1% – a média geral, de acordo com os participantes da pesquisa, é de 2,2%.

O LIDE – Grupo de Líderes Empresariais é uma organização de caráter privado, que reúne empresários em diversos países. O LIDE debate o fortalecimento da livre iniciativa do desenvolvimento econômico e social, assim como a defesa dos princípios éticos de governança corporativa no setor público e privado. Fundado no Brasil, em 2003, o LIDE é formado por líderes empresariais de corporações nacionais e internacionais, que se preocupam em sensibilizar o empresariado brasileiro para a importância de seu papel na construção de uma sociedade ética, desenvolvida e consciente. Atualmente, o Grupo conta com unidades regionais, internacionais e setoriais, totalizando 25 frentes de atuação.

 

Foto: João Doria, governador de São Paulo, em Almoço-Debate LIDE.

Crédito: Fredy Uehara.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

ACIC APOIA PROGRAMA VOLTA RESPONSÁVEL

A Associação Comercial e Industrial de Campinas (ACIC) manifesta apoio ao programa “Volta Responsável”, conforme …

Facebook
Twitter
LinkedIn