GRUPO PRIMAVERA PRODUZ E DISTRIBUI MÁSCARAS PARA FAMÍLIAS DOS AMARAIS

Para auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade social na região dos Amarais, em Campinas (SP), o Grupo Primavera está produzindo 300 máscaras em tecido, com forro de TNT. A expectativa é que cerca de 60 famílias possam utilizá-las quando necessário, em especial, aquelas pessoas com sintomas como tosse e febre e/ou que cuidam de alguém em casa. “Sabemos que o uso da máscara só é justificado se a pessoa apresentar algum sintoma respiratório, evitando que as gotículas que venham de tosse ou do espirro sejam espalhadas no ambiente.  Mas decidimos fazer esta ação para beneficiar a população do entorno do Grupo Primavera que não tem condições de adquirir máscaras em farmácias”, explica Ruth Maria de Oliveira, gestora da instituição.

Cada máscara vem acompanhada de orientações de uso, como lavá-la com água e sabão neutro e passar à ferro quente antes de colocá-la no rosto e após o uso; lavar as mãos com água e sabão ou higienizá-las com álcool gel antes de pegar na máscara e não manipulá-la.

O tecido foi doado pelo Grupo R1, parceiro da instituição que atua com cenografia e soluções audiovisuais usando tecido tensionado em grandes formatos em estandes de feiras e eventos. As máscaras estão sendo confeccionadas de forma voluntária pelas alunas da oficina de costura do Grupo Primavera, coordenadas pela professora Vanilda Corrêa Avelino, e por três funcionárias da Oficina de Artesanato da entidade. Até sexta-feira, estarão prontas 150 máscaras que serão distribuídas exclusivamente para idosos, cuidadores e pessoas com resfriado ou gripe.

As máscaras serão distribuídas, a partir desta sexta-feira, dia 27, pela Drogaria São Marcos, que fica na rua Orlando de Oliveira, 500, e no Centro de Saúde do Jardim São Marcos, Avenida Maria Luíza Pompeo de Camargo, 199, ambos no Jardim São Marcos. Apenas idosos, cuidadores e pessoas com gripe ou resfriadas receberão as máscaras.

O Grupo Primavera é uma Organização da Sociedade Civil (OSC) que recebe crianças, adolescentes e jovens de 6 a 18 anos do entorno do Jardim São Marcos, Campinas, para atendê-los em programas de educação complementar, cultural e profissional. Classificada como Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, a entidade – fundada em 1981 –, atende hoje cerca de 500 meninas e meninos, além de seus familiares, de segunda-feira a sábado.

 

Fotos 1 e 2 – Produção de máscaras pelo Grupo Primavera.

Crédito: Divulgação.

 

 

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

COOPERAÇÃO É ALIADA NA RETOMADA ECONÔMICA PÓS-PANDEMIA

ARTIGO DE LOTÁRIO LUIZ DIERINGS O novo coronavírus trouxe mudanças no modo de vida e …

Facebook
Twitter
LinkedIn