HORTOLÂNDIA COMEMORA DIA DA INDÚSTRIA COM CRESCIMENTO DE 75% DO PARQUE INDUSTRIAL

Além de seus 28 anos de emancipação recém-completados, Hortolândia também tem motivos para comemorar o Dia da Indústria, data celebrada no sábado (25/05). O setor é um dos grandes responsáveis em alavancar o desenvolvimento do município e gerar empregos para a população. De acordo com o levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, o parque industrial instalado na cidade cresceu 75% na última década. Em 2007, a cidade tinha 202 indústrias instaladas. Já em 2017, o município contava com 355 indústrias. O levantamento foi feito com base nos dados do período da RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), do Ministério da Economia.  

Este crescimento também representou aumento no número de empregos formais criados para a cidade. Ainda de acordo com o levantamento, a quantidade de empregos gerados pelo setor industrial cresceu em torno de 24%, passando de 11.124, em 2007, para 13.808, em 2017.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação ainda destaca que, de acordo com dados mais recentes divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), a indústria é um dos setores que mais contribui para a geração de empregos em Hortolândia.

No primeiro quadrimestre deste ano, levando em conta os setores da indústria, do comércio e de serviços, o saldo de contratações na cidade foi o dobro do que em 2018 no mesmo período. De janeiro a abril deste ano, a cidade teve saldo positivo de 903 postos de trabalho, sendo que a indústria gerou 379 postos de trabalho. Já em 2018 o saldo positivo foi de 409 postos de trabalho, sendo que a indústria respondeu por 217 postos. “Com 28 anos de emancipação, Hortolândia teve crescimento de 75% de seu parque industrial nos últimos 10 anos. O aumento no número de postos de trabalho na indústria, consequência objetiva deste crescimento, fundamenta a posição vantajosa da cidade em relação às demais da RMC (Região Metropolitana de Campinas), segundo os dados mais recentes de média salarial e renda per capita”, salienta a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, Monique Freschet.

A Prefeitura tem trabalhado para atrair mais indústrias para o município. Nos últimos três anos, instalaram-se na cidade indústrias importantes, tais como Mopar, Odata e Embalixo, dentre outras.

Para estimular a vinda de mais indústrias para a cidade, Monique ressalta que a Prefeitura tem realizado diversas ações. Uma delas é o lançamento de um plano de desburocratização tributária e regulatória. A Prefeitura apresentará, no dia 10 de junho, o plano para a classe contábil da cidade. “A indústria teve e continua a ter um peso decisivo na evolução da cidade. Por isso, a melhoria do ambiente de negócios e a desburocratização dos processos de aprovação e licenciamento são tão importantes para o prefeito Angelo Perugini”, destaca Monique.

Estas ações integram o PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento) da Prefeitura, que prevê investimentos em mais de 100 obras e serviços, em todos os setores do serviço público municipal. O objetivo é promover o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. Os recursos financeiros do PIC são fruto de parcerias da Prefeitura com os governos estadual, federal e a iniciativa privada. “O PIC é a tradução de uma visão de longo prazo voltada para a sustentabilidade e a manutenção do parque industrial instalado na cidade. A modernização administrativa, de infraestrutura urbana e de logística local é uma prioridade para o setor produtivo e, por isso, também é para a Administração”, salienta Monique.

 

Foto: Vista aérea de Hortolândia.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

RAPIDÃOAPP DEVE FECHAR PRIMEIRO ANO DE ATIVIDADES COM 250 OPERAÇÕES

Criada para atender a pequenas e médias cidades, entre 25 mil e 600 mil habitantes, …

Facebook
Twitter
LinkedIn