HORTOLÂNDIA VAI RECEBER RODADA DE NEGÓCIOS DO CIESP CAMPINAS

Com a
estimativa de gerar R$ 2,5 milhões em negócios para as empresas participantes,
a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Centro das
Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) – Regional Campinas (SP) realizam no dia
13 de maio, das 13h30 às 18h uma Rodada de Negócios em Hortolândia. O evento
acontece no Hotel Druds, que fica na Avenida Fermino Maltarollo (antiga rua
Dois), 275, no Parque Gabriel, em Hortolândia (SP). O Ciesp-Campinas anuncia a
confirmação de onze empresas âncoras de diversos segmentos de mercado na Rodada
de Hortolândia.

O diretor
titular de produtos, serviços e negócios do Ciesp estadual e vice-diretor do
Ciesp Campinas, José Henrique Toledo Corrêa, disse que o modelo de rodada de
negócios é um sucesso em todo o estado. Desde 2009 até hoje já foram realizadas
61 rodas em todo o Estado de São Paulo. Para José Henrique a rodada é
importante para que o pequeno e médio empresário tenha acesso às grandes
empresas e vislumbre a oportunidade de fechar negócios importantes. “A gente está
descentralizando as rodadas de negócios nas cidades sedes do Estado. A primeira
do ano, que foi na regional de Jundiaí, nós fizemos em Vinhedo. Nós vamos fazer
uma em Cajamar. Nós fizemos uma em Jaguariúna. Estamos fazendo essa em
Hortolândia. Fizemos em Itu que é regional de Indaiatuba, ou seja, a gente está
descentralizando. A gente sabe que existe um mercado, que você pode capilarizar
e rede de negócios e Hortolândia é uma cidade que tem um parque industrial
muito forte e muito grande”, diz.

O vice-diretor do Ciesp-Campinas, José Henrique Toledo Corrêa, disse ainda
que Campinas é uma cidade que tem muita empresa prestadora de serviço e a
rodada está buscando indústrias nas cidades da região. “Um estudo do Seade mostra
que o eixo Sorocaba-Campinas passou a ser um dos maiores polos de investimento
dos asiáticos. Campinas, infelizmente não tem mais área industrial disponível
para receber esse tipo de investimento, mas a região tem”, contou.

A
participação é aberta às empresas associadas e não associadas ao
Ciesp-Campinas. Essa modalidade de geração de negócios é a oportunidade mais
barata e eficiente, uma vez que em uma única tarde, o representante da empresa
pode ter contato com dezenas de outros futuros parceiros. A inscrição para essa
Rodada de empresas associadas ao Ciesp é de R$ 200,00 e para não associadas R$
350,00. Para a inscrição para a Rodada
de Hortolândia, basta acessar o site http://rodadas.ciesp.com.br.
Informações pelos fones (19) 3743-2200 e (11) 35493288/3202.

De acordo
com o Ciesp Campinas já estão confirmadas 11 empresas âncoras: ArcelorMittal Gonvarri Brasil – Produtos
Siderúrgicos, Bercosul, Dell Computadores do Brasil, Giovanni Passarella Ind.
Metalúrgica, Konno Incorporadora e Administradora, Mabe Brasil
Eletrodomésticos, Mogiana Alimentos, Moinho Hortolândia, Sensor do Brasil
Equipamentos Industriais, TA Logística e Wickbold & Nosso Pão Indústria
Alimentícia.

O diretor
titular de produtos, serviços e negócios do Ciesp estadual e vice-diretor do
Ciesp Campinas, José Henrique Toledo Corrêa, disse que a expectativa é de que
220 empresas se inscrevam para participar da Rodada, o que geraria cerca de
2.500 reuniões no período. O público alvo da Rodada são empresários e
executivos, funcionários das áreas de compras, vendas e de desenvolvimento de
novos projetos e negócios, entre outros. Pertencente a diversos segmentos, o
público presente é de micro, pequenas, médias e grandes empresas.

José
Henrique Toledo Corrêa anunciou também que no mês de agosto acontece a 2ª
edição do Paulínia Petróleo & Gás – Congresso e Rodada de Negócios que foi
um sucesso no ano passado. A data e o local ainda não estão definidos. No dia
12 de novembro acontece uma rodada de negócios em Campinas organizado pelo
Ciesp Campinas dentro de um evento  de
tecnologia que vai ser promovido pela Secretaria de Desenvolvimento de Campinas

O
Ciesp-Campinas realiza durante as rodadas de negócios, pesquisas de avaliação
com as empresas participantes. Como exemplo dos resultados obtidos, na Rodada
de Negócios, realizada em 29 de novembro de 2011, na cidade de Jaguariúna,
68,89% das empresas participantes afirmaram que as suas expectativas foram
atendidas. Para 95,96% dessas participantes as reuniões de negócios foram
produtivas e 68,8% delas consideraram o nível técnico do evento como bom.

Na Rodada
de Jaguariúna, cerca de 51,1% das empresas participantes realizaram até 10
reuniões de negócios, enquanto que 26,67% delas realizaram de 11 a 15 reuniões,
13,33% de 15 a 20 reuniões e 8,89% , 21 ou mais reuniões.

Quando
perguntadas sobre a realização de algum contato com grandes possibilidades de
negócios, 77,78% das empresas participantes responderam afirmativamente. Com
relação a estimativa de negócios gerados, 55,55% das empresas presentes na
Rodada de Jaguariúna estimaram valores entre R$ 10 mil e R$ 100 mil (42,22 %
entre R$ 10.001,00 a R$ 50 mil e 13,33 % entre R$ 50.0001,00 a R$ 100 mil).

O Ciesp e
a Fiesp realizaram em 22 de maio de 2012, o Paulínia Petróleo & Gás – Congresso e
Rodada de Negócios, no Theatro Municipal de Paulínia, com a presença de
150 empresas. Foi uma rodada de negócios direcionada para a cadeia produtiva de
petróleo e gás, com projeções de R$ 20 milhões em negócios.
Foto: José HenriqueToledo Corrêa
Crédito: Roncon & Graça Comunicações

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

HÁ DIFERENÇA ENTRE PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO PRECOCE DE DOENÇAS?

Inúmeras enfermidades importantes podem ser evitadas com prevenção. E o antecipar-se a problemas de saúde …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn