INDAIATUBA GANHA 3 º PRÊMIO FECOMERCIO

Indaiatuba
(SP) foi o município vencedor do 3° Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade, na
categoria Órgão Público, com o projeto Coleta Seletiva, da Secretaria de
Urbanismo e do Meio Ambiente. Os vencedores em oito categorias foram divulgados
na noite da última quinta-feira (11/04), durante solenidade realizada na sede
da entidade, em São Paulo. O vice-prefeito, Dr. Antonio Carlos Pinheiro (PTB),
recebeu a premiação no valor de R$ 15 mil, que será revertida a projetos
ambientais desenvolvidos pelo município.

O Prêmio
é realizado pela Fecomercio SP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e
Turismo do Estado de São Paulo) em conjunto com a  FDC (Fundação Dom
Cabral) e visa identificar e disseminar práticas que melhorem a qualidade de
vida das pessoas, das empresas e do planeta, dentro dos princípios de
sustentabilidade e respeito socioambiental.

Ao
receber a premiação, Dr. Pinheiro destacou que além da questão ambiental, o
projeto de Lixo Reciclável em Indaiatuba visa também a questão social,
considerando que hoje emprega 26 pessoas, sendo a maioria formada por
ex-catadores de lixo e por pessoas oriundas do projeto Bolsa Família, do
Governo Federal. “É importante ressaltarmos também, que toda a renda gerada
pelo Centro de Triagem é repassada aos projetos do Funssol (Fundo Social de
Solidariedade) de Indaiatuba. Em média, repassamos cerca de R$ 23 mil ao
Funssol”, completa o vice prefeito.

A edição
deste ano teve como objetivo destacar iniciativas com foco em inovação e
mobilizou mais de mil pessoas, tendo recebido 247 projetos, vindos de todas as
regiões do País. Três projetos chegaram a final na categoria Órgão Público,
sendo dois de Indaiatuba, o vencedor “Coleta Seletiva” e o projeto “Destinação
de Pneus”. O terceiro projeto selecionado para a final era do município de Mogi
das Cruzes.   

A
avaliação dos projetos foi realizada por especialistas no segmento e baseada
nos critérios de inovação, relevância para o negócio, amplitude, resultado e
nível de atendimento de um ou mais itens que compõem os 16 Princípios do Varejo
Responsável, estabelecidos pela Fundação Dom Cabral. Os oito vencedores
receberam um título de capitalização ou previdência no valor de R$ 15 mil.

O
secretário de Governo, Odair Gonçalves, o assessor Gilmar Brito Pessuti que
representou o secretário de Urbanismo e do Meio Ambiente, José Carlos Selone, o
diretor de Meio Ambiente, Adriano Mayoral, e o coordenador da Coleta Seletiva
da Secretaria de Urbanismo, Valdir Carvalho dos Santos, também participaram do
evento de premiação.

A
Secretaria de Urbanismo e do Meio Ambiente implantou o projeto Reciclagem do
Lixo em Indaiatuba em 2009 com a construção dos primeiros ecopontos e a
inauguração do Centro de Triagem, que funciona no Aterro Sanitário de
Indaiatuba, onde é feito o processo de separação e preparação para a
reciclagem.

Hoje, a
cidade soma 34 ecopontos, sendo a maioria em escolas municipais, além de 204
pontos de coleta seletiva e dez PEVs (Postos de Coleta Voluntária). Em 2012, a
média mensal da coleta de recicláveis foi de 110 toneladas, o que registrou uma
evolução de mais de 400% no volume de recicláveis se comparado a 2009, primeiro
ano do projeto, quando a coleta mensal girava em torno de 21 toneladas.

Nos ecopontos
podem ser depositados todo tipo de material reciclável como papel, vidro,
alumínio e plástico, além de óleo de cozinha usado em frituras. O lixo
coletado, com exceção do óleo, é enviado para o Centro de Triagem para a
separação e comercialização, e a renda obtida com a venda do material é
revertida ao Funssol (Fundo Social de Solidariedade) de Indaiatuba.

O óleo é
levado para a Usina de Biodiesel que funciona em parceria com o Serviço
Autônomo de Água e Esgotos (Saae). Desde maio de 2010, quando foi inaugurada
pela administração municipal, a nova Usina de Biodiesel produziu mais de 150
mil litros de biocombustível. Com essa produção é possível abastecer
mensalmente 150 veículos, entre caminhões e máquinas da frota da Prefeitura e
do Saae.

Os vencedores

Categoria
Micro
: Bio
Green – Indústria de Produtos Biodegradáveis Ltda., com o projeto Produção de
tubetes biodegradáveis de germinação e plantio a partir de resíduos industriais
e urbanos de fontes renováveis.

Categoria
Pequena/Média
: BHS
Brasil Health Service, com o projeto Programa descarte consciente de
medicamentos fora de uso.

Categoria
Grande
:
TerraCycle do Brasil Pontal Engenharia, com o projeto Um projeto para eliminar
a ideia de lixo.

Categoria
Indústria
: Ondatec
Tecnologia Industrial em Microondas Ltda., com o projeto Construindo um mundo
melhor.

Categoria
Entidade
:
Associação Brasileira do Varejo Têxtil, com o projeto Uma proposta de
sustentabilidade à cadeia produtiva do carvão Upec 250.

Categoria
Órgão Público
:
Prefeitura Municipal de Indaiatuba, com o projeto Programa de Qualificação de
Fornecedores para o Varejo Têxtil Coleta seletiva no município de Indaiatuba.

Categoria
Professor
: Tereza
Cristina Melo de B. Carvalho, com o projeto Projeto Eco-Eletro: Capacitação de
Cooperativas de Reciclagem na Triagem Segura do Lixo Eletrônico.

Categoria
Estudante
: Gabriel
Estevam Domingos, com o projeto Ração Susten.
 
Foto: Indaiatuba recebe prêmio Fecomércio.
Crédito – Odair Gonçalves
Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

BENNER EXPANDE SUAS SOLUÇÕES PARA O MERCADO JURÍDICO COM SERVIÇOS INTEGRADOS

Com o objetivo de contribuir para a eficiência jurídica das organizações, a Benner, companhia brasileira …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn