INDAIATUBA SE DESTACA NA GERAÇÃO DE POSTOS DE TRABALHO

A cidade de Indaiatuba (SP) foi a primeira colocada no
ranking das cidades da Região Metropolitana de Campinas na geração de postos de
trabalho no mês de outubro. A Secretaria de Desenvolvimento da Prefeitura de
Indaiatuba avaliou os dados referentes à evolução do emprego formal no
município. De acordo com o relatório o setor industrial teve um saldo positivo
de 176 vagas, resultado de 992 admissões e 816 desligamentos.

No mesmo período de 2011 este setor teve um saldo
negativo de 50 vagas o qual foi resultado de 757 admissões e 807 desligamentos.
Atualmente existem 25.611 pessoas trabalhando formalmente no setor industrial
de Indaiatuba.

O saldo geral do mês de outubro foi de 101 vagas,
resultado de 2.954 admissões e 2.853 desligamentos. O setor que mais contribuiu
para este resultado foi a Indústria de transformação, destacado anteriormente,
com saldo de 176 vagas, também o setor de utilidade pública com saldo de 17
vagas e o setor de serviços que teve um saldo de 4 vagas. Os setores que
tiveram saldo negativo foram os de construção civil (-51), comércio (-40),
extrativa mineral (-4) e agropecuária (- 1).

Para o secretário de Desenvolvimento, Edmundo
Duarte, o aumento no saldo de vagas e a colocação de2º lugar da RMC em
exportações mostram a força do setor industrial do município. “Em Indaiatuba,
assim como em todo o Brasil, a indústria não teve um bom desempenho, o
crescimento industrial não está atingindo o esperado, mas conseguimos reagir
nos meses de agosto a outubro com novas contratações e negociações”, analisa
Duarte.

Os membros da Comissão Municipal de Emprego de
Indaiatuba (COM-Emprego) realizam, hoje às 9h no Posto de Atendimento ao
Trabalhador (PAT), localizado na rua Jacob Lyra, 344, Parque das Nações, a
última reunião do ano.

Na pauta da reunião está prevista aprovação da Ata
da reunião realizada no dia 31 de maio; informações sobre o Curso Via Rápida e
Banco do Povo Paulista Itinerante; os agendamentos das reuniões de 2013 e os
dados do PAT e BPP. Estará presente o presidente da Comissão, Jacó dos Santos
Bastos, com os 24 representantes, sendo oito do governo, oito dos trabalhadores
e oito de empregadores.

A Comissão Municipal de Emprego é um órgão
colegiado, de caráter permanente e deliberativo constituído por representantes
dos governos, trabalhadores e empregadores, de forma tripartite, paritária e
deliberativa e tem como finalidade consubstanciar a participação da sociedade
organizada na administração de um Sistema Público de Emprego em Indaiatuba.

No ranking da RMC no setor Industrial a classificação
ficou assim:

1º Indaiatuba 176 saldo positivo;

2º Santa Barbara D´Oeste 168 saldo positivo;

3º Vinhedo 142 saldo positivo;

4° Santo Antonio de Posse 127 saldo positivo;

5º Jaguariúna 106 saldo positivo;

6º Pedreira 97 saldo positivo;

7º Nova Odessa 60 saldo positivo;

8º Sumaré 56 saldo positivo;

9º Paulínia 38 saldo positivo;

10º Engenheiro Coelho 29 saldo positivo;

11º Valinhos 22 saldo positivo;

12º Hortolândia 17 saldo positivo;

13º Cosmópolis 12 saldo positivo;

14º Monte Mor 3 saldo positivo;

15º Americana (-13) saldo negativo;

16° Artur Nogueira (-22) saldo negativo;

17° Itatiba (-44) saldo negativo;

18º Campinas (-192) saldo negativo;

Holambra não apresentou dados.
Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PILZ DO BRASIL PROMOVE WORKSHOP GRATUITO SOBRE SEGURANÇA EM ROBÔ COLABORATIVO EM SÃO PAULO

A multinacional alemã fabricante de produtos para as áreas de segurança e automação industrial, Pilz …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn