JOHN DEERE INAUGURA ESCRITÓRIO REGIONAL DA AMÉRICA LATINA EM INDAIATUBA

A John
Deere inaugurou nesta semana o Escritório Regional da América Latina na cidade
de Indaiatuba (SP). Antes localizada em Porto Alegre (RS), a unidade agora está
situada no prédio onde funcionava a Ericsson, no bairro Tombadouro, em
Indaiatuba. A estrutura de 5.800m² receberá cerca de 350 funcionários diretos,
incluindo as lideranças da empresa.

Participaram
do evento o prefeito de Indaiatuba Reinaldo Nogueira (PMDB), o CEO da John
Deere & Company, Sam Allen; o presidente da empresa no Brasil e
vice-presidente de marketing e vendas da América Latina, Aaron Wetzel, o
presidente mundial da divisão agrícola, Mark Von Pentz, e o assessor especial do governador do estado, Frederico
D’Ávila.

Segundo Reinaldo
Nogueira a agilidade do município para viabilizar novos empreendimentos e o
empenho e dedicação de todos os envolvidos foram determinantes para a
instalação da empresa em Indaiatuba. “”É uma grande satisfação ter a nossa
cidade atrelada a uma empresa com a importância da John Deere, segunda maior
fabricante de equipamentos agrícolas no mundo”, declarou.

O CEO da
John Deere & Company, Sam Allen, lembrou que a empresa está comemorando 175
anos de existência aproveitando a oportunidade para planejar o futuro. “A
América do Sul tem o desafio de dobrar a produção de alimentos para suprir a
demanda da população mundial, que tende aumentar muito nas próximas décadas. Em
virtude desse aumento de produtividade vemos como muito promissor o mercado
latino americano”, avaliou.

O
presidente da indústria no Brasil abordou o plano de expansão da John Deere na
região, iniciado em 2008 com a inauguração do Centro de Distribuição de Peças
para a América do Sul, situado em Campinas. Para ele a construção da nova
unidade em Indaiatuba significará grande força de trabalho e geração de
empregos para a cidade, além de representar garantia de inovação tecnológica
constante para o grupo.

Já o
representante do governador do Estado lembrou que a administração estadual está
investindo em infra-estrutura, como o Rodoanel, que deverá ser concluído em 30
meses, e o projeto do Ferroanel, para atender portos e aeroportos do país. “Estamos
trabalhando em uma série de medidas para oferecer um modal viário de qualidade
objetivando impulsionar ainda mais a vinda de empresas para nosso estado, que
tem o maior PIB (produto interno bruto) agrícola do Brasil”, ressaltou.

A John
Deere iniciou neste ano a construção de duas unidades fabris na cidade com
investimento de US$ 180 milhões dos quais US$ 124 milhões são investidos
somente pela indústria que é líder mundial na fabricação de equipamentos
agrícolas. Na unidade de propriedade exclusiva da John Deere serão fabricadas
retroescavadeiras e pás-carregadeiras de quatro rodas. Na outra, onde 50%
pertence a Hitachi Construction Machinery Ltda, serão produzidas escavadeiras.
As fábricas estão sendo instaladas no bairro Caldeira, próximo à pista de
provas da General Motors em uma área adquirida de 500 mil m². A previsão é que
as duas unidades sejam inauguradas até o início de 2014.
Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PILZ DO BRASIL FORNECE AO MERCADO NACIONAL O PSSUNIVERSAL E O PSSUNIVERSAL 2 – MÓDULOS DE COMUNICAÇÃO PARA SISTEMAS

A multinacional alemã, Pilz do Brasil, líder em sistemas de automação e em soluções de …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn