LEROY MERLIN ECONOMIZA 23% AO ANO EM ENERGIA COM PROJETO DA GREENYELLOW

Presente no mercado brasileiro de comercialização de materiais para construção e bricolagem há mais de 20 anos, a rede Leroy Merlin, empresa de origem francesa, identificou a oportunidade de baixar os gastos relacionados ao consumo de energia de forma inteligente, otimizando, ainda, o sistema de iluminação em suas lojas com a adoção da solução de eficiência energética da GreenYellow, companhia especializada nesse serviço, bem como em energia solar, comercialização e serviços em energia.

Em 2017, as duas empresas firmaram o acordo que, a princípio, incluiria apenas três unidades da rede.  Ao longo do tempo, com a obtenção de resultados positivos, o contrato foi ampliado para mais 17 lojas, localizadas em 12 estados do país, permitindo uma redução de 0,5 GWh no consumo de energia, o que representa uma economia por loja de R$ 285 mil no período de um ano. Em comparação com os índices anteriores, foi registrada uma diminuição de 23% no uso do recurso. Tendo em vista a expertise técnica da equipe da GreenYellow, que trabalhou em várias frentes, como a remodelação da iluminação na área de vendas, a revisão do funcionamento do ar-condicionado e automação dos sistemas, as obras duraram até 30 dias, sem interferir no dia a dia da operação das lojas.

Entre as ações colocadas em prática pela GreenYellow, estão: personalização do projeto luminotécnico na área de vendas, substituindo as luminárias anteriores pelos modelos em LED; troca das lâmpadas que funcionavam nas áreas externas e internas por outras com a tecnologia LED; além de ajustes na automação do ar-condicionado e da iluminação, com sistema de funcionamento por horário. Por se tratar de um Contrato de Performance Energética, a economia de energia é garantida durante todo o contrato pela GreenYellow, assim como a dos equipamentos instalados, reduzindo assim os custos de manutenção da loja. Segundo Letícia Mansur, gerente de arquitetura da Leroy Merlin, uma das principais vantagens dessa parceria é o fato da rede varejista, de acordo com o modelo do contrato, não precisar injetar capital para a realização das melhorias, uma vez que esses custos, inicialmente, ficam por conta da GreenYellow. “Dessa forma, podemos investir em outras prioridades da empresa o dinheiro que seria utilizado para fazer as mudanças e, além disso, contamos com o suporte e monitoramento de um parceiro que realmente entende do assunto”, afirma Letícia.

Em um primeiro momento, a necessidade da Leroy Merlin era reduzir o consumo de energia. No entanto, outras iniciativas que faziam parte do projeto influenciaram muito na satisfação do cliente. Como descreve Pierre-Yves Mourgue, diretor-presidente da GreenYellow, a companhia efetuou a adequação do projeto luminotécnico ao nível médio de 700 lux e padronização das temperaturas por área de vendas, a troca do parque instalado de iluminação, que já estava no final de sua vida útil, por um novo, bem como o upgrade no sistema de monitoramento da energia e do on/off de iluminação. “Podemos considerar que o principal desafio do projeto tem sido adequar o nível de iluminância, que normalmente é de 350 a 400 lux, para 700 lux, e, ainda assim, obter redução de consumo de energia. Com os 23% de economia anuais alcançados, termos perspectivas de ampliar o contrato para mais seis lojas em 2020”, destaca o executivo.

A GreenYellow é especializada em Eficiência Energética e em Energia Solar. De origem francesa, a empresa tem operações em oito países e possui um portfólio de Eficiência Energética com mais de 2 mil projetos implementados em todo o mundo, sendo mais de 1000 deles no Brasil, onde opera desde 2013. A economia de energia com os projetos da GreenYellow até dezembro de 2019, em todo o país, totalizou 680 GWh, o suficiente para abastecer mais de 360 mil casas em um ano. A companhia viabiliza seus projetos por meio de investimentos próprios e garante a seus clientes uma economia líquida durante a vigência do contrato. Entre seus clientes atualmente estão Extra Supermercado, Lopes Supermercado, Minuto Pão de Açúcar, Pão de Açúcar, Assaí Atacadista, Via Varejo, Leroy Merlin, entre outros.

 

Foto: Unidade da Leroy Merlin em Campinas.

Crédito: Divulgação

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

MP DO GOVERNO NÃO GARANTE SALÁRIO INTEGRAL E ESTABILIDADE PARA TODOS OS TRABALHADORES

ARTIGO DO ADVOGADO DANIEL MORENO O governo federal publicou nesta quinta-feira (02/04) a Medida Provisória …

Facebook
Twitter
LinkedIn