MEMED RECEBE APORTE DE R$ 20 MILHÕES DOS FUNDOS DNA CAPITAL E REDPOINT EVENTURES

A Memed, líder no mercado em prescrição médica digital, acaba de receber uma nova rodada de investimentos (Série B), conduzida pela DNA Capital, em conjunto com a Redpoint eventures, fundo de investimento em venture capital focado em startups de tecnologia. O aporte de R$ 20 milhões vem para impulsionar a transformação do tradicional cenário de receitas médicas manuscritas em receitas 100% digitais e inteligentes, garantindo segurança e modernidade para médicos, pacientes e farmácias.

A empresa, uma das primeiras healthtechs do Brasil, já contava com investimentos de alguns dos principais fundos de venture capital da região, como a própria Redpoint eventures, Qualcomm Ventures e Monashees Capital. O novo aporte reforça o posicionamento da Memed como uma das principais companhias no mercado de tecnologia para o setor de saúde.

De acordo com Ricardo Moraes, CEO da Memed, o novo investimento vai contribuir para a transformação da receita médica da forma como é conhecida hoje. A visão da Memed é de criar um ecossistema através das prescrições digitais, permitindo que os pacientes saiam dos consultórios apenas com a versão digital das receitas e que possam comprar seus medicamentos online ou presencialmente, sem a necessidade de apresentar uma receita médica em papel e preocupar-se com possíveis erros ou dores de cabeça nesta jornada. Este processo traz mais segurança, inteligência, acesso a outras informações e até indicações de onde encontrar os melhores preços. “O caminho que estamos trilhando é longo e só é possível chegar ao nosso objetivo com a ajuda dos melhores parceiros do mercado. Enxergamos na DNA Capital, juntamente com os sócios atuais, a oportunidade de somar um parceiro com grande experiência na área da saúde, abrindo novas portas e acelerando nosso plano de crescimento no mercado”, enfatiza Moraes.

Na visão da DNA Capital, esta captação representa um importante passo na consolidação da Memed com principal plataforma para a transformação da experiência de prescrição médica. “Analisamos profundamente o mercado de prescrições digitais e ficamos impressionados com a qualidade e a visão dos empreendedores da Memed. Sua trajetória de inovação com certeza contribuirá muito para a sustentabilidade do setor”, afirma Pedro Bueno, sócio da DNA Capital.

Manoel Lemos, Managing Partner da Redpoint eventures, destaca que o seu fundo acompanha a Memed desde seu surgimento e participa de todas as rodadas de investimentos até hoje. “Acreditamos muito na visão dos fundadores e na empresa que eles criaram. Estamos felizes em apoiar mais esta etapa desse ambicioso plano de eliminar o uso de papel na prescrição médica, acelerando a transformação do mercado de saúde, apoiando os médicos e melhorando a experiência de milhões de brasileiros”, complementa Lemos.

Assim como nas rodadas anteriores, a Memed segue independente na implementação de sua estratégia e passa a contar com mais um importante parceiro em sua base de investidores. “A DNA Capital tem atuado globalmente em sua prática de venture capital e vê, neste investimento, uma grande oportunidade de transformar o mercado de saúde. Resolver os problemas relacionados à prescrição eletrônica de medicamentos e garantir que pacientes possam ter segurança em seus tratamentos é uma missão desafiadora e uma grande oportunidade. A Memed está impulsionando o setor de saúde para o futuro e queremos ajudá-la neste processo”, ressalta Luiz Henrique Noronha, sócio da DNA Capital.

Nascida em Avaré, interior de São Paulo, em 2012, a Memed construiu a plataforma líder em prescrição médica digital do Brasil. Dispõe da maior e mais atualizada base de dados de medicamentos e exames, aliado com inteligências clínicas que auxiliam os médicos quando um medicamento interage com outro, ou até quando o paciente tem alergia a algum princípio ativo do medicamento receitado – tudo em tempo real. Com mais de 80 mil médicos cadastrados, mais de 10 milhões de receitas geradas e R$1.2 bilhões em medicamentos receitados apenas em 2019, a Memed hoje atua tanto através de seu produto standalone, como também integrada aos maiores e mais importantes prontuários eletrônicos do país, clínicas, hospitais e planos de saúde.

Focada no setor de saúde, a DNA Capital é uma gestora de investimentos com atuação nos segmentos de venture capital e private equity. Com expertise global e liderança no mercado brasileiro, a gestora conta com investimentos em outras grandes empresas do setor, como a DASA, maior empresa de diagnósticos da América Latina, a Ímpar, rede de hospitais, e a Mafra, maior distribuidor de medicamentos e materiais hospitalares da América Latina, além de diversas companhias em outras geografias, como Alto Pharmacy e Clover Health, nos Estados Unidos. A DNA Capital investe globalmente a partir de seus escritórios em São Paulo e São Francisco (EUA).

Redpoint eventures é uma gestora de venture capital que investe em startups da América Latina. A empresa trabalha com empreendedores visionários que usam tecnologia para criar novos mercados e resolver problemas em mercados já existentes. Com uma equipe experiente no mercado local e em parceria com dois fundos do Vale do Silício, nos EUA (e.ventures e Redpoint), a gestora ajuda seus empreendedores a garantir capital, talento e crescimento para que seu negócio tenha mais sucesso, mais rápido.

Fundada em 2012, a Redpoint eventures investe nas primeiras rodadas de financiamento das startups (estágios seed, early e growth), gere mais de R$ 1,2 bilhão e tem mais de 40 empresas em seu portfólio, incluindo Creditas, Gympass, Minuto Seguros, Olist, Pipefy, Rappi e Resultados Digitais. Como parte de sua missão de apoiar o ecossistema empreendedor local, são também co-fundadores do Cubo (www.cubo.network), o segundo maior hub de inovação do mundo, baseado em São Paulo, onde fica a sede da gestora.

 

Foto:  Ricardo Moraes, CEO da Memed.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

MESMO SEM FUNCIONAR, LOJISTAS DE SHOPPINGS DE CAMPINAS RECEBEM COBRANÇA

Com as atividades suspensas inicialmente até o final de abril, como medida de segurança para …

Facebook
Twitter
LinkedIn