MERCADO GLOBAL DE BIOMETRIA CHEGARÁ A US$ 52 BILHÕES ATÉ 2023

De acordo com um novo relatório da ResearchAndMarkets.com, o mercado global de autenticação e identificação biométrica será de, aproximadamente, US$ 52 bilhões, que corresponde a um crescimento de quase 23% até 2023.

Diante desse cenário, empresas que atuam nesse setor têm investido no desenvolvimento de novas tecnologias, como a Natosafe, que está lançando no mercado nacional a solução biométrica única de identificação para crianças, de zero à cinco anos de idade. “Acreditamos que essa solução inovadora contribui para um mundo mais seguro para as crianças, pois possibilita estabelecer um documento de identificação entre o bebê e a sua mãe, por  meio de impressão digital totalmente única”, afirma Ismael  Akiyama Cruz, fundador da Natosafe.

Segundo o executivo, diferentemente dos processos atuais que coletam apenas as impressões plantares e palmares em tinta ou scanners do neonatal, a solução da Natosafe é composta por dispositivos e ferramentas capazes de coletar impressões digitais desde as primeiras horas de vida, gerando uma identificação biométrica única. “Essa solução foi desenvolvida de modo que irá acompanhar o indivíduo ao longo de toda a sua vida, desde o nascimento”, destaca Cruz.

Ressalta-se ainda que a solução também atende os requisitos de compatibilidade, rastreabilidade, unicidade e segurança da informação, capturando os dados automaticamente através de algoritmos inteligentes, destinada a maternidades, hospitais, postos de vacinação, clínicas médicas, centros e institutos de identificação, cartórios de registro civil e até no controle de fronteiras, entre outros. “Até 2023, pretendemos ser uma plataforma referência global em soluções para identificação biométrica de crianças”, assegura Cruz.

A novidade da Natosafe será apresentada pela primeira vez durante a realização do Biometrics HITech® Summit 2019, único evento especializado em biometria e identificação humana no País, nesta terça (20/08) e quarta feira (21/08), no Centro Fecomercio de Eventos, em São Paulo. Essa tecnologia nasce diante dos números alarmantes que envolvem o tráfico de crianças: são mais de 1.2 milhão anualmente. Este volume só fica atrás do tráfico de drogas e de armas. Ao todo, o número registrado de crianças desaparecidas no mundo supera 8 milhões, atingindo 32 mil/ano  só no Brasil.  Sem contar, as crianças trocadas em maternidades, sendo cerca de 800/ano no Brasil.

 

Foto: Ismael  Akiyama Cruz, fundador da Natosafe.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

EMPREENDEDOR TRANSFORMA PERSONAGEM ROBÓTICO EM FERRAMENTA DE ATIVAÇÃO DE MARCAS

Empreender é transformar um sonho em realidade e impactar positivamente na vida das pessoas. E …

Facebook
Twitter
LinkedIn