MOSTRA DE CINEMA ITALIANO DEVE MOVIMENTAR R$ 500 MIL EM CAMPINAS

A realização da 1ª Mostra de Cinema Italiano de Campinas (SP) deve movimentar R$ 500 mil na economia. A projeção é da Prefeitura de Campinas. Com expectativa de receber 30 mil visitantes, o evento tem programação que vai desta quinta feira (06/04) a 13 de abril e inclui exibições gratuitas de filmes contemporâneos e clássicos, além de debates sobre as obras, encontroscena do filme caso mattei, uma das fotos da exposição 7a43e4d8a2cf2f706db3a1a470d3b271 com diretores e um evento gastronômico.

O projeto é realizado em parceria com o Ministério da Cultura da Itália e, segundo a administração municipal, o fluxo financeiro deve ser concentrado em bares, restaurantes, hotéis e shoppings.

Uma das apostas da mostra é o Cine Gourmet, com moldes do tradicional Chefs na Praça, evento de gastronomia na Praça Carlos Gomes que oferece pratos a preços acessíveis. O objetivo é “agregar um sabor diferente”, conta a diretora de Turismo em Campinas, Alexandra Caprioli.

Para a diretora de turismo de Campinas um evento como esse agita a vida cultural da cidade e traz um retorno financeiro. “A gente tem hotéis que já se interessaram e já colocaram tarifas especiais de final de semana para as pessoas virem assistir a mostra e participarem do cine gourmet”, diz.

Alexandra Caprioli destacou o empenho em áreas importantes como o turismo esportivo e o turismo cultural. “A gente está investindo em duas áreas bem importantes que é o turismo esportivo, então eventos que sejam esportivos aos finais de semana e os hotéis jogam as diárias lá embaixo para poder captar esse público e o turismo cultural. Essa questão toda de fomentar mostras quer seja de cinema ou de teatro porque Campinas sempre foi uma cidade muito cultural e tradicionalmente muito inovadora e a gente tem muitos grupos significativos que podem fomentar isso”, destacou.

A diretora de turismo disse ainda que muita gente não arrisca ir a um restaurante pela primeira vez, até mesmo pelos preços elevados. O Cine Gourmet irá oferecer pratos inspirados no cinema italiano, com preços que variam de R$ 5,00 a R$ 20,00.  “Esses eventos abertos nas praças servem como uma grande divulgação para os restaurantes locais, onde o visitante pode experimentar a culinária por um preço acessível. A gente deve ter de 20 a 30 operações de alimentação na praça entre bebidas e restaurantes”, explica Alexandra.

Um desafio foi lançado aos chefs: apresentar pratos que, de alguma forma, tenham ligação com o cinema italiano. Entre as possibilidades estão as de reproduzir receitas dos filmes, uso de ingredientes típicos da Terra da Bota ou pratos em homenagem a diretores e atores do país.

A expectativa é de que o evento gastronômico tenha o maior público durante a mostra e concentre quase metade dos espectadores. A diretora de Turismo destaca, ainda, que, por ele ser realizado no sábado, vai gerar benefícios para a rede hoteleira do município, a maior quantidade de hóspedes é registrada durante a semana, por causa da realização de eventos corporativos.

Segundo a Prefeitura, 20% do público esperado para a mostra deve ser de outras cidades da região e, com isso, haverá alta no fluxo de pessoas que buscam por acomodações. Para isso, os estabelecimentos devem oferecer tarifas diferenciadas para os visitantes do evento.

Com a exibição do filme “Scialla” (expressão popular utilizada pelos jovens italianos de Roma, que significa “fique tranquilo”), de Francesco Bruni, no Teatro Castro Mendes, tem início, nesta quinta-feira (06/04) a primeira edição da Mostra de Cinema Italiano em Campinas.

Até o dia 13 deste mês, o público poderá conferir, gratuitamente, uma seleção de 15 filmes da nova safra de cineastas italianos, além de três clássicos do diretor Elio Petri  (1929-1982). A Mostra contará com a presença dos cineastas Giuseppe Alessio Nuzzo, diretor de “A Verdade” (que terá sua estreia em Campinas), do documentarista Gianfranco Pannone (duas vezes premiado no Festival de Torino, em 1998 e 2001) e do ator e produtor Francesco Siciliano.

Além das exibições no Teatro Castro Mendes e no Top Cineplex do Shopping Prado Bulevard, a maratona cinematográfica terá recortes com um conjunto de atividades paralelas.

Projeções e debates sobre a realidade italiana e o pensamento dos jovens cineastas serão realizados em 23 eventos acadêmicos com estudantes e professores de cinco universidades: Unicamp, PUC-Campinas, Universidade Presbiteriana Mackenzie, Esamc e Unisal.

A Orquestra Sinfônica de Campinas participa com dois concertos no Teatro Castro Mendes, no sábado (08/04), às 20h, e no domingo (09/04), às 11h. No repertório, compositores de trilhas de filmes antológicas compostas por Nino Rota, E. Morricone e N. Piovani. No mesmo local, o público poderá conferir uma exposição de fotos do período clássico do cinema italiano.

Foto: Cena do Filme Caso Mattei, uma das fotos da exposição.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

CROWDFUNDING IMPULSIONA MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR DE SÃO PAULO

O setor imobiliário colhe bons resultados com o crowdfunding. Tendência no mercado, esta forma de …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn