PESQUISA REVELA QUE SÓ 15% DAS EMPRESAS DA RMC TÊM MULHERES COMO PRESIDENTES

Pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-SP) Regional Campinas aponta que apenas 15,38% das empresas da Região Metropolitana de Campinas (RMC) têm mulheres em cargo de presidência. Para 28,95% das entrevistadas, ainda é preciso hoje em dia comprovar capacidades técnicas para exercer funções. O fato, segundo as profissionais, é a principal barreira para evoluir na carreira.

A RMC, segunda maior do Estado de São Paulo, congrega 20 municípios, onde vivem 3,2 milhões de habitantes (IBGE, 2018). Uma das mais dinâmicas no cenário econômico, a região representa 8,75% do Produto Interno Bruto (PIB) paulista. “Quando realizamos uma pesquisa em torno do número de mulheres que ocupam cargos decisórios, constatamos que apenas 51,28% das empresas aderem ao perfil de liderança feminino e apoiam a gestão dessas profissionais para a linha estratégica”, diz Fabiola Lencastre, presidente da Regional Campinas da ABRH-SP. “O percentual, além de muito tímido, é preocupante, frente à gama de empresas de todos os setores que temos na RMC”, completa.

Na pesquisa, outro número chama a atenção é o índice de 28,95% de mulheres que sentem que precisam comprovar que têm capacidade técnica para exercer suas funções. “Como mulheres, nos sentimos nos primórdios da história, tentando mostrar que somos competentes e capazes de gerar resultados diante dos desafios, tanto de especificidade técnica quanto de gestão”, afirma Fabiola.

A pesquisa da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH SP) Regional Campinas foi apresentada no fórum “Liderança Feminina: mulheres reais fortaleza sensível”, que foi realizado para convidados neste mês de outubro, em Campinas. “Realizar um evento de liderança feminina na RMC significa conscientizar as empresas sobre as dificuldades para empoderar mulheres em cargos estratégicos”, diz Fabiola Lencastre.

 

Foto: Fabiola Lencastre, presidente da Regional Campinas da ABRH-SP.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PRESIDENTE DA EPSON DO BRASIL VÊ POSSIBILIDADE DE CRESCIMENTO MESMO COM PANDEMIA

“Claro que temos que considerar que é uma questão de saúde pública. Mas olhando pelo …

Facebook
Twitter
LinkedIn