POLICIA FEDERAL MULTA 12 BANCOS

A Polícia Federal multou 12 bancos em R$ 1,573
milhão por descumprimento da lei federal nº 7.102/83 e normas de segurança,
durante a 95ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos de Segurança Privada
(CCASP), em Brasília. A agência Vespasiano, da Caixa Econômica Federal, em Belo
Horizonte, foi interditada. Os bancos foram punidos em processos abertos pelas
delegacias estaduais de segurança privada (Delesp).

O Bradesco foi o banco mais multado, com R$ 682,8 mil, seguido do Banco do Brasil,
Santander, Itaú Unibanco, HSBC e Caixa Econômica. As principais falhas
apontadas foram agências e postos de atendimento com número insuficiente de
vigilantes, planos de segurança não renovados, alarmes inoperantes, inauguração
de agências sem aprovação de plano de segurança e cerceamento da fiscalização
de policiais federais, dentre outras.

Veja o montante de multas por banco:

Bradesco – R$ 682.818,07
Banco do Brasil – R$ 282.361,06
Santander – R$ 154.659,48
Itaú Unibanco – R$ 122.376,82
HSBC – R$ 117.058,45
Caixa Econômica Federal – R$ 101.093,76
Banestes – R$ 37.245,63
Mercantil do Brasil – R$ 21.282,00
Safra – R$ 15.961,50
BNB – R$ 14.188,70
Sofisa – R$ 14.188,70
Banco da Amazônia – R$ 10.642,06

Total de multas: R$ 1.573.876,23

Houve ainda aplicação de penalidades contra
empresas de segurança, vigilância e transporte de valores e cursos de formação
de vigilantes. Foi a terceira e última reunião da CCASP em 2012.

A CCASP é integrada por representantes do governo, trabalhadores e empresários.
A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT)
representa os bancários. Já a Febraban é a porta-voz dos bancos. A reunião foi
presidida pelo coordenador-geral de Controle de Segurança Privada (CGCSP) da
Polícia Federal, delegado Clyton Eustáquio Xavier.

 
Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PILZ DO BRASIL PROMOVE WORKSHOP GRATUITO SOBRE SEGURANÇA EM ROBÔ COLABORATIVO EM SÃO PAULO

A multinacional alemã fabricante de produtos para as áreas de segurança e automação industrial, Pilz …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn