PREFEITURA DE PAULÍNIA E UNICAMP ASSINAM CONVÊNIO DE APOIO À CRIAÇÃO DE PARQUE TECNOLÓGICO E INCUBADORA DE EMPRESAS

A Prefeitura de Paulínia (SP) e a Unicamp assinam nesta segunda feira (31/07), às 17h30, no salão nobre do Paço Municipal, um convênio para concretizar a criação do Galileo, primeiro Parque Tecnológico e Empresarial da cidade. O ato de assinatura do convênio contará com a presença do reitor da Unicamp, Marcelo Knobel e de autoridades da região. O convênio tem por objetivo fomentar a economia tendo o conhecimento como base propulsora. área do parque tecnológico GALILEO

O Galileo Parque Tecnológico e Empresarial será instalado em uma área de 663 mil m2, entre a Estrada da Rhodia e a Rodovia Professor Zeferino Vaz. O Galileo Parque Tecnológico e Empresarial conta com 177 mil m2 de área verde e com uma localização estratégica, pois fica a 7 minutos da Unicamp, 30 minutos do Aeroporto de Viracopos e com fácil acesso às rodovias Anhanguera, Dom Pedro I e Bandeirantes.

O prefeito de Paulínia, Dixon Carvalho, ressalta que a meta do Governo é diversificar a matriz econômica do município e transformá-lo, também, em um importante polo de inovação e tecnologia. “Queremos fortalecer o polo petroquímico e logístico e, através da concretização do projeto de criação do Parque Tecnológico de Paulínia, criar o terceiro eixo econômico do município. Este é apenas o primeiro passo para que possamos dar início a um novo momento da história de nossa cidade”, afirma o prefeito.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Paulínia, Rui Rabelo, disse que o Parque Tecnológico Galileo já está aprovado. “Nós estamos trabalhando com a iniciativa privada dando mais segurança aos investidores, O Parque Tecnológico Galileo já está aprovado e em fase de homologação junto ao Governo do Estado. Para você ser creditado nos parques tecnológicos do Estado de São Paulo tem que cumprir algumas exigências e são exigências sérias e fortes. A prefeitura de Paulínia está acompanhando e alinhada com o Governo do Estado. Nós somos os indutores e estamos criando uma lei de incentivo à inovação e tecnologia para apoiar as empresas criando incentivos fiscais, mas também que a iniciativa privada tenha condições de fazer esses investimentos que nós esperamos aqui”, diz.

O prefeito Dixon Carvalho destacou que o Parque Tecnológico atende todas as exigências da Rede Estadual e tem toda a infraestrutura necessária para receber as empresas que queiram se instalar em Paulínia e destaca a importância da parceria com a Unicamp. “A Unicamp, por meio da INOVA – Agência de Inovação, será responsável pela capacitação e transferência de conhecimento de boas práticas em gestão da incubadora criada pelo Parque Tecnológico e Empresarial Galileo”, explica.

Inserida no Galileo, funcionará também a primeira Incubadora de Empresas de base tecnológica de Paulínia, que vai oferecer estrutura física para a instalação de empresas nascentes, dando apoio estrutural e respaldo intelectual para a consolidação de projetos com alto potencial de crescimento. O edital para seleção das empresas que serão incubadas estará disponível dentro de aproximadamente 90 dias.

O diretor geral do Galileo, o empresário Gilberto Zancanner Brito, ressalta que inicialmente, as empresas serão instaladas em um prédio que fica nas dependências da Unicamp. “Estamos investindo R$ 250 mil na adaptação do espaço e teremos capacidade para incubar, neste primeiro momento, cerca de 10 empresas”, afirma.

Para o diretor do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, Eduardo Gurgel do Amaral, a cidade de Paulínia preenche todos os pré-requisitos necessários para se tornar, futuramente, a cidade do conhecimento. “Trata-se de um município com localização estratégica, elevado índice de qualidade de vida, excelente infraestrutura e, principalmente, gestores com visão estratégica para explorar a latente vocação da cidade e transformá-la em um grande centro de inovação, pesquisa e tecnologia”, ressalta.

O diretor destaca ainda os grandes benefícios da união entre a Unicamp, o Poder Público e a iniciativa privada. “Esta é, sem dúvida, a melhor forma de desenvolvermos um projeto deste porte. O empreendimento particular associado ao empenho do Poder Público facilita a atração de novas empresas, garantindo altos investimentos e consequente melhoria para a cidade e qualidade de vida dos cidadãos”, finaliza Eduardo Gurgel.

Foto: Local do futuro Galileo Parque Tecnológico e Empresarial.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

GUIABOLSO CONNECT APRESENTA NOVAS FUNCIONALIDADES

Lançado em janeiro deste ano, o Guiabolso Connect, serviço B2B do Guiabolso, vai oferecer novas …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn