PROCURA POR PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS NÃO CIRÚRGICOS AUMENTA 50%

O número de procedimentos estéticos não cirúrgicos realizados no Brasil cresceu 49,9% em 2018, segundo dados do último censo da cirurgia plástica realizado pela SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica). Aplicação de toxina botulínica, popularmente conhecido como botox, preenchimento e peeling estão entre os mais procurados.

A facilidade de acesso aos recursos da medicina estética é uma das razões que explicam este aumento, segundo o cirurgião plástico Samir Eberlin, membro especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. “A exposição cada vez maior nas redes sociais também leva as pessoas a se cuidarem mais e os procedimentos não cirúrgicos, que são menos invasivos, estão entre os mais procurados nas clínicas”, comenta.

A aplicação de toxina botulínica lidera o ranking dos procedimentos estéticos não cirúrgicos mais realizados em 2019, com um aumento de 95,7%, comparado com o censo anterior, realizado em 2016. O número de preenchimentos feitos ano passado aumentou 89,6% e é o segundo tipo mais realizado. O número de peeling teve um crescimento de 21,8% e aparece na terceira posição. Outros procedimentos como suspensão com fios, aplicação de ácido polilático e microagulhamento também registraram crescimento.

Eberlin afirma também que as festas de final de ano e o período de férias costumam elevar o movimento nos consultórios.  Para repaginar o visual, os pacientes buscam procedimentos minimamente invasivos e que garantem resultado rápido, como preenchimento e a aplicação de toxina botulínica. “São procedimentos que não exigem muita recuperação têm resultados mais imediatos” comenta o cirurgião plástico. O médico observa, porém, que para evitar riscos é importante escolher um profissional habilitado para estes tipos de procedimentos.

 

Foto 1 – Cirurgião plástico Samir Eberlin.

Foto 2 – Procedimento estético.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

BEG GIN DOA MIL LITROS DE ÁLCOOL 70% PARA O HC DA UNICAMP E OUTROS HOSPITAIS DA REGIÃO

A BEG Distillery Co., destilaria com sede em Campinas (SP) e responsável pela produção do …

Facebook
Twitter
LinkedIn