PROCURA POR SERVIÇOS AUTOMOTIVOS CRESCE 174% NO ANO

Os congestionamentos são componentes diários da vida de quem vive nas cidades. Porém, por conta da pandemia, o trânsito caiu 50% no país, de acordo com dados do Waze. Nos meses de reclusão as pessoas passaram a trabalhar e estudar em casa e quando precisavam sair, preferiam circular pelo bairro. Sendo assim, o carro ficou encostado e o tempo livre permitiu que os motoristas pudessem reparar alguns problemas do veículo. Segundo uma pesquisa do GetNinjas, maior app de contratação de serviços da América Latina, o aumento na demanda de serviços automotivos foi de 64% na primeira quinzena de dezembro em comparação com o mesmo período de 2019.

Já considerando o período de janeiro até a primeira quinzena de dezembro, o aumento na demanda foi de 174%, em comparação com 2019. Durante o ano, os serviços automotivos mais demandados foram: reparos auto-elétricos; higienização e polimento; mecânica geral; conserto de ar-condicionado e aplicação de insulfilm. Porém, apesar do crescimento, os profissionais do ramo também foram impactados pela pandemia. Em março, a busca por tais prestadores de serviços caiu 19% em comparação com fevereiro. A semana mais crítica em relação à queda na procura foram os dias 22 a 28 de março, quando o déficit foi de -38,3% em comparação com os dias 8 a 14 de março, período em que a COVID-19 não havia impactado diretamente o setor.

A situação mudou a partir de maio, mês no qual houve o maior pico de demanda. No mês, o aplicativo teve mais de 8 mil pedidos para reparos de veículos. Além disso, foi em maio que começaram as iniciativas de flexibilização de reclusão e de reabertura do comércio em vários estados do país. Para Eduardo L’Hotellier, fundador e CEO do GetNinjas, o aumento na busca mostra como a crise impulsionou a digitalização dos brasileiros. “O setor automotivo é um mercado baseado na recomendação boca a boca e os motoristas costumam ter um mecânico de confiança. Mas por conta da crise, o consumidor desenvolveu mais confiança na contratação online, e aprendeu que dessa maneira consegue contratar profissionais competentes”, analisa o empreendedor.

Segundo Eduardo, a contratação de serviços via aplicativos também traz benefícios para os próprios autônomos, principalmente por se tratar de um ano atípico. Em 2020 até a primeira quinzena de dezembro, mais de 14 mil novos profissionais se cadastraram na categoria de reparos automotivos.

Disponível para Android, iOS e web, o GetNinjas foi eleito, em 2017, pela Forbes Brasil como uma das empresas mais promissoras do Brasil. Atualmente, possui mais de 500 tipos de serviços disponíveis, que são realizados por profissionais de diversas áreas, como reformas, assistência técnica, moda e beleza, serviços domésticos, aulas, eventos, entre outros, e que atendem presencialmente e de forma remota. A empresa, que recebeu R$ 47 milhões de aporte de fundos como Monashees, Kaszek e Tiger Group, já está presente em mais de 3 mil cidades do Brasil, registra cerca de 4.5 milhões de pedidos de serviços ao ano, e conta com mais de 1,7 milhão de profissionais cadastrados. A startup também é membro da Associação Brasileira Online to Offline (ABO2O), além de integrar sua solução em parceria com grandes marcas, como Saint-Gobain, GPA, SENAI, Vivo Empresas, Cielo Pay, entre outros. O GetNinjas foi fundado em 2011 por Eduardo L’Hotellier, que atua como CEO – à frente das operações.

 

Foto: Eduardo L’Hotellier, fundador e CEO do GetNinjas.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

QUEBRA-CABEÇAS PARA EMPRESAS, UM NEGÓCIO QUE DEU CERTO

Para atender empresas que buscam por brindes ou para dinâmicas com colaboradores, os quebra-cabeças no …

Facebook
Twitter
LinkedIn