PROJETO BRASILEIRO DE INCENTIVO À LIDERANÇA JOVEM NO COOPERATIVISMO DE CRÉDITO É DESTAQUE EM CONFERÊNCIA

Realizado anualmente, o Fórum do Programa de Jovens Profissionais do Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (World Council Young Credit Union People – WYCUP) busca a conexão entre jovens de vários países e a discussão de temas e iniciativas relevantes para o cooperativismo global. Na edição deste ano, cerca de 300 participantes se conectaram virtualmente para abordar diversidade, equidade, inclusão e a importância do empoderamento de jovens para a construção de um mundo mais justo, ético e colaborativo.

O modelo desenvolvido pelo Sicredi no Brasil, para a promoção de lideranças das novas gerações por meio dos Comitês Jovens, foi destaque durante o evento. A intenção é que a iniciativa sirva de inspiração para que o modelo seja replicado mundialmente. “O Sicredi tem em sua história os ideais fundadores e precursores, que sempre pensaram na perenidade e na longevidade do nosso negócio. Para isso acontecer, nós também precisamos fazer conexão com crianças, adolescentes e jovens, que serão os futuros líderes e darão continuidade a todo o processo sucessório e de governança”, afirmou o presidente nacional do Sicredi e da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock, durante o painel sobre empoderamento jovem.

A sessão ainda contou com a participação do gerente de Desenvolvimento do Cooperativismo da Central Sicredi PR/SP/RJ, André Alves de Assis, que explicou o percurso de desenvolvimento dos Comitês nas cooperativas filiadas. “Ouvir os jovens e investir em formação e educação são nossas estratégias para o sucesso do programa, que busca preparar e dar oportunidades aos líderes jovens das comunidades onde atuamos”, comentou.

O gerente de Programas do Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito (WOCCU), Thomas Belekevich, destacou que o elementos centrais dos Comitês Jovem, como educação cooperativa e financeira, desenvolvimento profissional e empreendedorismo, ajudam a melhorar a experiência das novas gerações. “A iniciativa do Sicredi tem muito potencial, principalmente agora, que estamos pensando no futuro pós Covid-19 para as cooperativas de crédito. Os nossos esforços serão na área de renovação econômica e existe uma grande oportunidade liderarmos o caminho por meio do empoderamento jovem”, analisou.

O movimento vem crescendo no Sicredi ao longo dos anos. Somente em 2019, foram implementados 18 Comitês Jovem em cooperativas do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro, com a participação ativa de 486 membros.

Projeto premiado

O projeto Agricultura Familiar e Alimentos Sustentáveis, desenvolvido pelo associado da Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP, Vinícius Mattia, de 26 anos, também conquistou reconhecimento internacional na edição de 2020 do WYCUP. A iniciativa premia participantes que desenvolveram projetos com potencial de causar influência global no cooperativismo de crédito. Ao todo, sete projetos do Sicredi concorreram na premiação internacional. Entre eles estavam a iniciativa O Jovem não é o futuro, mas sim o presente, desenvolvida pela associada Camila Medeiros, da Sicredi Campos Gerais PR/SP, e a Missão Zilda Arns, realizada no Haiti, da colaboradora Carla Guedes, da Sicredi Centro Oeste Paulista.

Outras contribuições

Além da premiação e do enfoque nos Comitês Jovens, o Sicredi participou ativamente das sessões propostas pelo Fórum.  No primeiro dia de evento, a associada do Sicredi, membra do Steering Committee do WYCUP e embaixadora da Global Women Leadership Network, Gisele Gomes, apresentou o painel “Institucionalização da Inclusão, Legado de ex-Alunos e Engajar, Inspirar e Conectar”. Na ocasião, ela propôs uma reflexão sobre a inclusão racial e de gênero, que precisa ser diariamente trabalhada para eliminar barreiras a pessoas que são excluídas socialmente. “Precisamos fazer um exercício diário ler, ouvir e receber opiniões de pessoas diferentes de nós”, comentou.

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão do Sicredi valoriza a participação dos mais de 4,5 milhões de associados, os quais exercem papel de donos do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados e no Distrito Federal, com mais de 1.900 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros.

 

Foto 1 – Gerente de Desenvolvimento do Cooperativismo da Central Sicredi PR/SP/RJ, André Alves de Assis, em participação no WYCUP.

Foto 2 – presidente nacional do Sicredi e da Central Sicredi PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock.

Foto 3 – Projeto desenvolvido por associado do Sicredi ficou entre as três melhores iniciativas apresentadas na edição do WYCUP deste ano.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

COMO A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL AFETA O VAREJO AUTOMOTIVO

É sabido que a tecnologia avança diariamente em grande velocidade. Todos os dias surgem novos …

Facebook
Twitter
LinkedIn