PROJETO DA FUNDAÇÃO VALE, EM PARCERIA COM O GHT, JÁ BENEFICIOU MAIS DE 1,7 MIL ALUNOS

Há cerca de 20 anos, a Fundação Vale – fundação corporativa que atua na área social – apoia ações no âmbito da Educação de Jovens e Adultos (EJA), modalidade da educação básica voltada para pessoas maiores de 15 anos que, por diversas questões sociais, evadiram da escola regular ou a ela não tiveram acesso na idade considerada adequada. Voltado para a integração do currículo formal à qualificação profissional dos alunos, o projeto inclui a formação de professores e preparação de jovens e adultos para o mercado de trabalho, contemplando a formação dos mesmos e a disponibilização de material didático específico.

Desde 2016, a atuação da Fundação Vale conta com o apoio do Grupo Hidrau Torque (GHT), empresa líder na distribuição de peças de reposição para equipamentos pesados, para dar vasão ao projeto. “A parceria com o GHT, fundamentada no conceito de Parceria Social Público-Privada (PSPP), está sendo muito relevante para que possamos construir conteúdos mais adequados à linguagem, perfil e interesses dos alunos matriculados na EJA”, conta Andreia Prestes, da Fundação Vale. “Conteúdos mais instigantes despertam maior interesse dos alunos e contribui para a redução da evasão escolar e interesse em reingressar no sistema escolar. O material criado impacta positivamente não somente os territórios de atuação da Vale, mas também o país como um todo”, complementa.

De lá para cá, a parceria entre a Fundação e o GHT ajudou a ampliar a matrícula dos alunos da rede municipal de São Luís (MA) e de Canaã dos Carajás (PA), locais onde a Vale atua fortemente. Desde o seu inicio até outubro de 2018, o Programa EJA obteve resultados positivos. Em São Luís, mais de 90 professores e 1.139 alunos foram beneficiados pelo projeto, enquanto 50 professores e 624 alunos foram atendidos em Canaã dos Carajás. “O projeto de EJA que integra o currículo formal ao currículo de qualificação profissional foi finalizado. Agora, está em andamento o projeto “Percursos didáticos”, que dará continuidade a este trabalho”, diz Andreia.

O projeto “Percursos didáticos” está estruturando em um pen card, que carrega um material formativo e interativo voltado para professores e gestores da EJA de todo o país. Ele poderá ser disponibilizado para diversas redes de ensino e pode ser utilizado como referência em outros processos formativos para os profissionais dessa modalidade de ensino. Nos dias 05 e 06 de dezembro, foi realizado o Seminário da EJA, em São Luís, com o objetivo de fazer a entrega formal para os professores e gestores da rede municipal que atuam na Educação de Jovens e Adultos. Na ocasião, foram realizadas palestras com especialistas e oficinas para discutir as temáticas presentes no pen card.

Segundo o Diretor Comercial do GHT, Silvio Iwasawa, o diferencial deste projeto é que ele prepara os professores para terem uma linguagem mais direcionada aos jovens e adultos. “Utilizando uma linguagem específica e abordando assuntos de interesse deste público, conseguimos captar a atenção de cada vez mais alunos”, diz. “Fomos a primeira empresa a acreditar no EJA e continuamos acreditando que é possível fazer a diferença. O que queremos, junto à Fundação Vale, é combater a desigualdade social e atingir o máximo de pessoas possível”, finaliza.

 

Foto: Educação de Jovens e Adultos através da Fundação Vale com o apoio do Grupo Hidrau Torque (GHT).

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Google+
https://www.panoramadenegocios.com.br/projeto-da-fundacao-vale-em-parceria-com-o-ght-ja-beneficiou-mais-de-17-mil-alunos/
Twitter
LinkedIn

Veja também

MAIOR FLORICULTURA ONLINE DO PAÍS CONSOLIDA ATUAÇÃO ALÉM DO MUNDO DIGITAL

A aposta em novos segmentos alavancou os negócios da Giuliana Flores, maior floricultura virtual do …

Facebook
Google+
https://www.panoramadenegocios.com.br/projeto-da-fundacao-vale-em-parceria-com-o-ght-ja-beneficiou-mais-de-17-mil-alunos
Twitter
LinkedIn