SÃO PAULO TEM CRESCIMENTO DE 3,7% NO CONSUMO EM FEVEREIRO

São Paulo foi um dos estados brasileiros a registrar incremento no consumo em fevereiro, com expansão de 3,7%, segundo os dados do IGet (Índice Getnet de Vendas do Comércio Varejista Brasileiro). O IGet é medido pelas transações das máquinas da Getnet, empresa de tecnologia do grupo Santander, em 150 mil estabelecimentos comerciais do país.

Em fevereiro, grande parte dos estados apresentou crescimento, mas os números precisam ser vistos com certa cautela. “Assim como no total, os estados também apresentam uma base de comparação baixa, não representando de fato recuperação do varejo no período”, argumenta Gustavo Bahia, diretor financeiro da Getnet.

No mês, o comércio varejista apresentou crescimento sobre janeiro tanto no conceito restrito quanto no ampliado, de 4% e 4,5%, respectivamente, descontados valores sazonais. No comparativo anual, os índices foram negativos em 16,2% (restrito) e em 13,5% (ampliado). Em Serviços, o crescimento foi de 3%, mas com queda anual significativa de 34,2%.

Segundo o economista do Santander, Lucas Maynard, para os dois casos, como houve quedas acentuadas nos últimos meses, conclui-se que o resultado do mês não reflete recuperação, apontando para um cenário de deterioração no primeiro trimestre do ano.  “As razões disso são o recrudescimento da pandemia e a materialização do fiscal cliff, isto é, o fim do auxílio emergencial”, explica.

Considerando as categorias do varejo restrito, o indicador aponta crescimento em Vestuário (17,2%), Móveis e Eletrodomésticos (7%), Livros (13,5%) e Materiais para escritório (23,9%). Já as quedas atingiram Supermercados (-4,7%) e Artigos Farmacêuticos (-1,4%). No conceito ampliado, Materiais de Construção e Partes e Peças Automotivas também fecharam o mês com crescimento de 3,4% e 5,3%, respectivamente. Já no IGet Serviços, Hotelaria e Food Service apontaram alta de 2,7% e Outros, que inclui cultura e lazer, 7,4%.

Gustavo Bahia, diretor financeiro da Getnet, avalia sobre a movimentação do consumo.“Desde dezembro de 2020, o varejo sentiu os efeitos da redução do auxílio emergencial e, com a volta das atividades ainda que muito timidamente, o consumo das famílias voltou-se para o setor de serviços. Esperamos que o avanço da vacinação e a consequente retomada da mobilidade, veremos uma recuperação gradual”, conclui.

Regionalismo

Em fevereiro, grande parte dos estados apresentou crescimento, mas, os números precisam ser vistos com certa cautela. “Assim como no total, os estados também apresentam uma base de comparação baixa, não representando de fato recuperação do varejo no período. Os estados que tiveram maior crescimento foram Pernambuco (23,3%), Amazonas (6,4%) e Pará (5,8%). São Paulo registrou crescimento de 3,7%. Já os que tiveram queda foram Acre (-8,9%), Amapá (-3,5%) e Paraíba (-1,8%).

Metodologia

O iGet utiliza informações de transações no mercado de adquirência nacional e tem o intuito de ampliar o conjunto informacional para análise da trajetória da atividade econômica no Brasil. O método é o same store sales (vendas de uma mesma loja) a cada dois meses. A amostra é composta por 150 mil estabelecimentos para o comércio varejista e para o de serviços. São empresas de diferentes tamanhos, segmentos e regiões.

A Getnet é uma empresa de tecnologia do grupo Santander que oferece um portfólio completo de produtos e serviços de meios de pagamentos, com tecnologia de ponta que permite a integração com todos os meios de captura. Com o conceito de multicanalidade, a empresa entrega soluções digitais e físicas, de acordo com a necessidade de cada cliente, seja ele pequeno, médio ou um grande empreendedor e para todos os ramos de atividades. A qualidade da entrega da Getnet é medida com foco na experiência, satisfação e engajamento dos seus clientes certificada pelo selo RA1000, do Reclame Aqui. Além disso, a empresa possui as principais certificações do mercado que garantem segurança e otimização de processos, como os Selos ISO 9001, 27001 e 10002, Visa Pin 2.0, PCI entre outros. A Getnet trabalha para fazer com que o empreendedor brasileiro tenha cada vez mais sucesso e aumente suas vendas. A companhia está entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil e no mundo, segundo o ranking Great Place to Work.

 

Foto: Gustavo Bahia, diretor financeiro da Getnet.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

AFINZ FECHA PARCERIA COM CENTRO ODONTOLÓGICO VOLTE A SORRIR PARA EMIOSSÃO DE CARTÃO DE CRÉDITO

A Afinz, plataforma de soluções financeiras e de cuidado, de A a Z, anuncia parceria …

Facebook
Twitter
LinkedIn