SIEMENS ENERGY ENTREGA SOLUÇÃO COMPLETA DE GERAÇÃO, TRANSMISSÃO, DISTRIBUIÇÃO E GERENCIAMENTO DE ENERGIA PARA A BRACELL

Como parte de um fornecimento completo de energia, a Siemens Energy entregou à Bracell, empresa de papel e celulose pertencente ao Royal Golden Eagle Group (RGE), suas maiores turbinas a vapor fabricadas em território nacional, que totalizam uma capacidade de geração de aproximadamente 420 MW, além do fornecimento de uma subestação turnkey conectada em 440 kV com quadro isolado a gás (GIS) e toda a solução de distribuição e gerenciamento de energia. 

Os turbogeradores, de modelo SST-600, transformam o vapor proveniente das caldeiras que queimam resíduos do processo de fabricação da celulose em energia elétrica. Por serem equipamentos de alto rendimento, proporcionam uma grande quantidade excedente de energia, permitindo à planta o fornecimento e venda para a Rede. Esse diferencial é especialmente relevante para o sistema elétrico nacional, por se tratar de uma geração de energia de forma distribuída, próxima ao maior centro de consumo de carga do país.

As soluções fornecidas pelas Siemens Energy contemplam ainda modernos softwares de gestão remota, operação e monitoramento, o que possibilita a previsão de possíveis falhas e paradas técnicas de maneira muito mais assertiva. Para a conexão e o escoamento da energia gerada, uma subestação turnkey conectada ao sistema de 440KV, com quadro de distribuição isolado a gás (GIS) foi entregue em pouco mais de um ano. Os principais diferenciais desse tipo de subestação estão no espaço compacto de instalação, que pode ser até cinco vezes menor que o tradicional, na redução do tempo de reparos e na menor pegada de carbono. A tecnologia GIS empregada no projeto permite uma maior confiabilidade, uma vez que promove o uso inteligente do espaço da planta e requer baixa manutenção, além de poder ser operada remotamente. Já a solução de distribuição e gerenciamento de energia de toda a planta utilizou painéis conectados a uma tensão de 34,5kV com isolação a gás, os quais correspondem ao estado da arte em níveis de segurança e operacionalização. “A escolha da Siemens Energy para o fornecimento de soluções nesse projeto demonstra a capacidade comprovada e o diferencial do nosso portfólio para o impulsionamento da eficiência energética e sustentável de players importantes, como é o caso da Bracell, que com essa iniciativa posiciona mais uma vez o País na vanguarda de projetos inovadores no setor de papel & celulose”, ressalta Marcio Campos, diretor de vendas da Siemens Energy para a América Latina.

Segundo Pedro Stefanini, Diretor Geral da Bracell SP, as tecnologias aplicadas no Projeto Star visam tornar a produção ainda mais sustentável. Além de ter a maior e mais limpa caldeira de recuperação do mundo, a planta terá a maior instalação de gaseificação de biomassa existente na América do Sul para dar suporte à operação do forno de cal, usando biomassa 100% renovável como matéria-prima e tornando a planta uma operação livre de combustíveis fósseis.  “Outra preocupação que tivemos foi com a geração e distribuição de energia elétrica limpa para as operações da fábrica. Como o processo produtivo da celulose gera resíduos que podem ser reaproveitados, a Bracell tomou a decisão estratégica de investir em tecnologia em seus ciclos de processo e construir uma nova subestação de energia como recurso autossustentável no longo prazo”, afirma Pedro.

Após 18 meses de obras, a SE 440kV foi entregue no início do mês, com capacidade instalada de transformação de 420MVA, suficiente para atender à demanda da fábrica e permitir a colocação de um excedente de energia na rede nacional de 180 a 200 MV, energia verde e capaz de atender 750.000 residências ou quase três milhões de pessoas.

 

Foto:  Turbogerador modelo SST-600.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

ÁREA CENTRAL LANÇA PRÊMIO REDES E CENTRAIS DE NEGÓCIOS 2021

Reconhecer esforços e projetos que ganharam destaque durante o ano é o objetivo do Prêmio …

Facebook
Twitter
LinkedIn