TOLEDO DO BRASIL LANÇA O COLETOR DE DADOS MEMOR™ 1

Visando tornar a gestão da loja mais produtiva e eficiente, a Toledo do Brasil, líder no País em soluções de pesagem e gerenciamento de informações,  lança no País  o coletor de dados Memor™ 1, que pode ser integrado com a solução das etiquetas eletrônicas de preço, trazendo benefícios para executar tarefas em loja, como associar e desassociar itens, identificar os produtos que estão fora de estoque, dentre outras atividades.

Segundo Gustavo Damalgo Gonçalves da Cruz, da Análise de Produtos da Toledo do Brasil, o novo coletor de dados favorece, inclusive, o atendimento às vendas e-commerce, importante para esse período de isolamento social por conta da pandemia da Covid-19. “É possível otimizar o trabalho fazendo uso das etiquetas eletrônicas em conjunto com o Memor™ 1, da seguinte forma: o funcionário da loja recebe a ordem de compra em seu coletor de dados. O mesmo é direcionado para o item mais próximo para efetuar a separação e, a partir daí, a etiqueta eletrônica começa a piscar. O produto é recolhido com a leitura do código de barras, e a etiqueta para de piscar imediatamente. O funcionário é direcionado para o próximo item da lista, e o processo se repete até o término da ordem de compra do cliente”, explica.

Ainda de acordo com Cruz , o Memor™ 1 é um robusto coletor de dados, disponível em versão com pistola, uma empunhadura e gatilho para leitura confortável que permite uma intensa leitura durante todo um dia, equipado com tela full touch de 4.3 polegadas, e carregamento rápido e wireless (sem fio), eliminando a necessidade de limpeza nos contatos do leitor e da base, aumentando a vida útil do aparelho.

Outro diferencial do produto é que possui um sistema Android (8.1). Apresenta ainda tecnologia SoftSpot, que proporciona um acionamento inovador do botão de leitura, através da tela do aparelho; e Green Spot para feedback visual de boa leitura. Ao ler um código, uma luz verde é projetada na superfície, sendo capaz de ler, com eficiência, os códigos 1D (códigos de barras) e 2D (QR Code, entre outros). “É fato que a etiqueta eletrônica é uma revolução tecnológica para o varejo, que garante a fidelidade de preço, evitando a divergência de valores entre a gôndola e o checkout. Além disso, auxilia na flexibilidade de preços, na precisão das trocas de mercadorias nas prateleiras, no gerenciamento dos produtos e na maximização das margens de lucro, a partir das trocas instantâneas de preços e/ou promoções. No período atual, com o aumento das vendas e-commerce, há modernas soluções que vão impulsionar a eficiência das operações nas lojas, trazendo ganhos ao varejista e ao consumidor, como o Memor™ 1 e as etiquetas eletrônicas”, conclui Cruz.

 

Foto: Coletor de dados Memor™ 1.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

RMC REGISTRA AUMENTO DE 5,22% NAS VENDAS EM SETEMBRO

Os dados da Boa Vista SCPC de agosto de 2020 indicam que o comércio da …

Facebook
Twitter
LinkedIn