USO DE TECNOLOGIAS REDUZ RISCOS DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO

A tecnologia adotada por vários setores da economia, possibilita oportunidades em grandes campos de atuação. No agronegócio, não é diferente, ela tem auxiliado produtores rurais a aumentar a produtividade de diversas maneiras, por exemplo, com o uso de maquinário de ponta desde o momento do plantio até a colheita, elevando assim a qualidade da produção e consecutivamente a lucratividade.

Já outros recursos se tornaram fundamentais para os investidores do agro, pois a adoção de tecnologias reduz os gaps nas operações, trazendo dados que determinam de forma apropriada o risco do investimento, tornando a negociação mais transparente.

Com o uso do monitoramento via satélite e processamento de dados, por exemplo, é possível obter informações constantemente atualizadas, fornecendo ao investidor a visão do fluxo de plantio e expectativa de colheita, resultando em financiamentos assertivos, pois ele permite que o investidor tenha mais opções de ação em casos de potenciais riscos, trazendo transparência para a negociação.

Além de tudo isso, a tecnologia também auxilia o agronegócio a se conectar ao mercado de capitais e levar crédito justo aos distribuidores. Isso é possível através da análise de recebíveis de forma precisa e segura. “O monitoramento em tempo real das atividades e áreas plantadas agregam transparência e segurança nas operações financeiras, facilitando a concessão de crédito e contribuindo para o desenvolvimento do setor”, finaliza Bernardo Fabiani, especialista em concessão de crédito e CEO da TerraMagna.

 

Foto: Agronegócio.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

COMO A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL AFETA O VAREJO AUTOMOTIVO

É sabido que a tecnologia avança diariamente em grande velocidade. Todos os dias surgem novos …

Facebook
Twitter
LinkedIn