VALOR DE TRIBUTO SOBRE A VENDA DE MATERIAL ESCOLAR PODE CHEGAR A 50%

Uma das preocupações das famílias nesse início de ano é com a compra do material escolar. Para quem já comprou, já deve ter se deparado com preços elevados, quem aiMaterial Escolarnda vai comprar, pode se preparar.  Um estudo feito pelo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) os tributos embutidos nos produtos escolares continuam altos,  chegando a até 50% do preço do material.

Segundo o estudo, alguns produtos equivalem a quase metade do seu valor. Entre os com maior tributação estão a caneta com 47,49%, a régua com  44,65% e a agenda 43,19%. Os únicos que acabam ficando fora dessa lista com alto índice de impostos são os livros didáticos, que possuem uma carga tributária de 15,52%.

Para driblar os custos e tentar economizar ao máximo o economista Fábio Biral, da Miura Investimentos, dá algumas dicas. “Primeiro de tudo é evitar aquelas compras desnecessárias. O ideal é comprar somente o que está na lista e se possível fazer uma pesquisa de preço antecipada”, orienta.

Para os pais, que muitas vezes não resistem aos pedidos dos filhos, ele garante. “A melhor forma de economizar é conscientizar os próprios filhos do que é realmente necessário e o que é extra. Com certeza essa é a melhor saída para não pagar preços abusivos com lista de material escolar”, adverte.

Foto: Compra de material escolar.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

MERCADO IMOBILIÁRIO CORPORATIVO RESISTE À CRISE DURANTE A PANDEMIA

Pesquisa realizada pela WIT Real Estate em parceria com a SiiLa Brasil apresenta um panorama …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn