VIRACOPOS TEM OPERAÇÃO ESPECIAL DE NATAL E ANO NOVO

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), preparou uma operação especial de Natal e Fim de Ano para receber 528 mil passageiros no período que teve início na última sexta feira 18/12 (sexta-feira) e segue até o dia quatro de janeiro de 2021 (segunda-feira). Também estão previstos 3.842 pousos e decolagens.

Para isso, Viracopos ampliou os processos de desinfecção especial de todo o terminal de passageiros, além de continuar com a medição de temperatura de todos os passageiros antes do embarque. Funcionários com o colete “Posso Ajudar?” vão orientar passageiros no saguão sobre os cuidados para evitar aglomeração e manter o uso de máscara durante todo o tempo.

Os dias de maior movimento de passageiros no período foram registrados em 18/12 (sexta-feira), com 35,1 mil passageiros, e 04/01, com 35,2 mil passageiros embarcando ou desembarcando pelo terminal de passageiros em voos internacionais e nacionais. Em dias de semana normais, o movimento ficou em torno de 20 mil por dia durante este ano de pandemia.

Já os dias de maior movimento de aeronaves devem acontecer nos dias 04/01 (segunda-feira), com 268 pousos e decolagens, dia 18/12 (sexta-feira), houve 263 pousos e decolagens e no dia 23/12 (quarta-feira), com 260 pousos e decolagens.

Considerando apenas a semana de Natal (de 18/12 a 26/12) são 267.042 passageiros e 1.942 pousos e decolagens. Já na semana seguinte, de 27/12 a 04/01 são 260.042 passageiros e 1.900 pousos e decolagens.

O número total de passageiros e de movimentos, somadas as duas semanas, está próximo ao registrado no período de Natal e Ano Novo passado, com 520,3 mil passageiros e 3.958 pousos e decolagens. No entanto, o registro realizado do ano passado foi feito entre os dias 19/12 e 03/01, com dois dias a menos por conta dos finais de semana que antecedem as datas de saída e de chegada dos feriados e durante a fase pré-pandemia.

Operação

A operação especial dos feriados prolongados conta com o aumento no número de colaboradores, como atendimento aos passageiros (Posso Ajudar?), e de segurança, manutenção, limpeza e plantão gerencial. As lojas, cafés, lanchonetes e restaurantes espalhados pelo aeroporto também se preparam com todas as recomendações das autoridades de segurança sanitária para o aumento da demanda previsto para os dias de pico de passageiros.

Entre os destinos mais procurados estão as capitais do Nordeste e Norte, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Brasília, Vitória e cidades do interior de São Paulo.

Ações contra o contágio

Viracopos ampliou o processo de desinfecção especial de todo o terminal de passageiros nos últimos dez meses. A iniciativa visa minimizar a propagação da Covid-19 diante do cenário da retomada gradual de voos por parte das companhias aéreas. Também foi instalada neste período uma câmera térmica de medição de temperatura quando os passageiros apresentam o bilhete de embarque.

O painel de medição de temperatura implantado pela empresa integradora de sistemas Grupo Contsec é uma combinação de aplicações tradicionais baseadas no reconhecimento de faces e detecção de temperatura por infravermelho. A medição leva em torno de três a cinco segundos.

Já a desinfecção especial ocorre diariamente, sempre antes dos horários de pico operacional, e é realizada pelo menos três vezes ao dia. Também são desinfetados os carrinhos de bagagem, escadas, elevadores e cadeiras.

Nos meses de março e abril, Viracopos já havia anunciado a ampliação e atualização de uma série de medidas de segurança no terminal de passageiros para reforçar o combate ao contágio pela Covid-19. Ações como ampla higienização, novos avisos sonoros, sinalização de distanciamento e desinfecção constante, já adotadas nos últimos meses, se somam a uma série de outras ações para o enfrentamento da crise global.

O protocolo rígido estabelecido no aeroporto contempla, até agora, pelo menos 40 medidas que elevaram o grau de segurança do aeroporto no sentido de promover um ambiente mais limpo e saudável a todos os clientes e colaboradores, além de ampliar as orientações e informações para toda comunidade a aeroportuária.

Foram instalados, por exemplo, pelo menos 130 suportes de álcool em gel nos terminais de passageiros e de cargas, estacionamentos e áreas administrativas e as sinalizações nos saguões e na praça de alimentação foram totalmente remodeladas, visando elevar o nível de orientação e conscientização dos passageiros. Além disso, desde o início de março, o aeroporto instituiu um Comitê de Gestão especialmente para gerenciar as questões relacionadas à Covid-19.

Também foi implementada a higienização e desinfecção constante de diversas partes do aeroporto tais como escadas rolantes, cadeiras, elevadores, balcões, mesas, corrimãos, carrinhos de bagagem e demais aéreas de contato. Desde março, os assentos possuem espaçamento para proporcionar maior distanciamento entre os passageiros. O aeroporto também implementou uma série de ações no combate à Covid-19 no Terminal de Carga, que está entre os maiores e mais movimentados do Brasil.

Sempre seguindo as normas técnicas e orientações da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o aeroporto adotou ações e soluções em diversas frentes de atuação que compreendem as gestões de recursos humanos, comunicação, mídia aeroportuária, marketing, financeiro e administrativo, operacional, engenharia e meio ambiente, segurança, tecnologia da Informação, entre outros setores, envolvendo todas as áreas do complexo aeroportuário.

 

Foto: Movimentação de passageiros no aeroporto internacional de Viracopos.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PILZ DO BRASIL OFERECE CHAVES MAGNÉTICAS DE ALTA ROBUSTEZ PARA APLICAÇÕES EM CONDIÇÕES EXTREMAS

Marca de referência mundial em segurança de máquinas e automação industrial, a multinacional alemã, Pilz …

Facebook
Twitter
LinkedIn