EMPÓRIO DA PAPINHA CONQUISTA CAMPINEIROS

Considerado
o maior mercado de orgânicos da América do Sul, o Brasil entrou recentemente na
rota de países que consomem cada vez mais esse tipo de alimento. Segundo estudo
do Projeto Organics Brasil, a venda de produtos orgânicos no país deve crescer
20% no ano de 2012. De acordo com Mara Cristina de Sousa Miranda, nutricionista
responsável pelo projeto e produção do Empório da Papinha, o crescimento é um
retrato da preocupação do consumidor para com a saúde, mesmo que essa linha de
produção tenha um preço um pouco maior que os convencionais.

De acordo
com a Organics Brasil, somente no Brasil, no ano de 2011, o mercado de
alimentos orgânicos movimentou mais de R$300 milhões. O projeto afirma ainda
que o consumo pode aumentar devido a variedade de lojas e varejistas que estão
se especializando no ramo. “Hoje a quantidade de produtos orgânicos no mercado
é muito grande. O consumidor tem o poder da escolha e deve optar por aquela que
o faz bem, tanto na saúde quanto financeiramente”, afirma Mara Cristina. A
nutricionista retrata que a realidade brasileira ainda está um pouco atrasada
em relação a outros países da Europa e Estados Unidos. Segundo ela, a venda de
produtos orgânicos no Brasil iniciou dez anos depois que os mercados
internacionais.

Atualmente
no mercado é encontrado desde cereais, carne, frango, toda linha de laticínios
e até papinhas e comidinhas para bebês, totalmente orgânicos, além de alguns
condimentos e outros produtos de mercearia seca que são comercializados em
redes de supermercados e diversas lojas. Alguns produtores/empresas fazem o
serviço de entrega domiciliar.

Desde o
dia 29 de setembro o serviço chegou em Campinas (SP) com a marca Empório da
Papinha. A primeira loja da franquia na cidade, localizada na Rua Coronel
Quirino, 1355, no Cambuí, bairro nobre de Campinas, tem estacionamento gratuito
com manobrista e comercializa alimentos orgânicos congelados para consumo em
domicílio. Aline Alquezar, que tem um contrato para instalar franquias da marca
na Região Metropolitana de Campinas, sempre trabalhou no mercado financeiro, no
setor bancário e decidiu largar essa área para se tornar empresária, viu nesse
setor de orgânicos uma oportunidade de crescimento depois de um longo estudo do
setor. Segundo a proprietária da unidade, Aline Alquezar, o público campineiro
está adequando seu perfil para uma alimentação livre de compostos químicos, no
entanto, ela diz que muita gente não sabe o que é alimento orgânico. “As
pessoas acham que orgânico é produto integral. Não sabem que orgânico significa
que o alimento não tem agrotóxico, conservante, acidulante, que não tem
hormônios para o boi crescer mais ou os frangos ficarem mais gordinhos, ainda
mais que são características invisíveis a olho nu”, comenta.

Aline
Alquezar conta que tem uma gama de mais de 80 produtos que atendem desde os 6
meses de idade até a melhor idade. Segundo Aline a principal dúvida dos
clientes é se é só papinha, comida processada para bebês, devido ao nome da
loja que remete a essa ideia. Aline explica que as proprietárias da marca
quando lançaram a loja em São Paulo no ano de 2008 tinham como meta o
atendimento de crianças, no entanto, a procura foi tão grande por alimentos de
adultos que os produtos foram ampliados. “Eu atendo aqui dois tipos de
públicos. A mãe que busca praticidade, pois não tem tempo de comprar produtos,
pois trabalha e a mãe que busca uma alternativa saudável de alimento para seu
filho longe das papinhas industriais. Normalmente a mãe compra a comida para
seu filho e leva também para ela. Eu tenho uma variedade de comidas congeladas
com 5 opções de carne, peixe, frango e massa”, diz.

O sucesso
em pouco mais de um mês já é flagrante, tanto que Aline vai inaugurar no
próximo dia 15 de novembro, uma nova unidade da marca na cidade com um quiosque
localizado no Galleria Shopping. O novo espaço do Empório da Papinha, especializada
na fabricação de comidas orgânicas congeladas, com área de 6m², ficará
localizado no 1° piso do Galleria Shopping, ao lado do elevador e próximo ao
fraldário. “Esse espaço é privilegiado, pois está perto de estruturas essenciais
para as mães que trazem seus filhos ao shopping. No fraldário, que contém pia,
micro-ondas e cadeirão, as consumidoras poderão aquecer as papinhas ali mesmo”,
afirma.

Empório
da Papinha

Com um
total de 15 lojas no Brasil (10 em atividade e previsão de mais quatro
inaugurações), o Empório da Papinha investe diariamente na mudança e conscientização
das pessoas sobre alimentação saudável aliada ao conceito do orgânico que em
longo prazo reverterá em qualidade de vida e saúde. Os produtos da marca são
manejados com uma técnica diferenciada do congelamento convencional presente no
mercado.

O processo
utiliza o ultracongelamento como tecnologia de conservação dos alimentos. Este
método tem por finalidade conservar as características intrínsecas dos
alimentos (cor, sabor, textura, nutrientes) e inviabiliza o crescimento
bacteriano, retardando a grande maioria de reações químicas/enzimaticas que
possam alterar a qualidade dos gêneros alimentícios. As embalagens do Empório
da Papinha são livres de bisfenol (BPA Free) e certificadas pelo INMETRO,
podendo ser levadas direto do freezer à aquecimento no microondas ou
resfriamento em congeladores convencionais, não representando riscos à saúde.

 Crédito das fotos: Guilherme Bessa

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

EMPREENDEDOR TRANSFORMA PERSONAGEM ROBÓTICO EM FERRAMENTA DE ATIVAÇÃO DE MARCAS

Empreender é transformar um sonho em realidade e impactar positivamente na vida das pessoas. E …

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
LinkedIn