RIBUS DISPONIBILIZA NFT GRATUITO DA PRIMEIRA ESCRITURA FEITA 100% COM SEU TOKEN UTILITÁRIO

Os ativos digitais vão muito além de itens colecionáveis ou tokens que oferecem serviços e produtos, embora, por si só, já provoquem inovações diárias no universo de Web3 e blockchain, despertando o interesse da comunidade. Contudo, a Ribus estabeleceu uma nova referência em tendência ao lançar em 2021 seu Token de Utilidades, Ribus, o primeiro voltado para o mercado imobiliário.

Ao seguir com esse ineditismo, a Ribus documentou, neste ano, a primeira escrituração e registro realizados integralmente com seu próprio criptoativo, feito realizado no 15º Cartório de Ofício de Notas do Rio de Janeiro. E para marcar este novo momento do ecossistema, a empresa desenvolveu uma NFT intitulada “Primeira Escritura Brasileira de Compra e Venda em Token”, que pode ser resgatada gratuitamente, seja para fins de estudo ou para integrar o acervo de colecionadores.

Sobre a nova diretriz implementada pela Ribus no mercado imobiliário tecnológico transformado em NFT, o CEO da Ribus, Marcelo Magalhães, afirma que é mais do que uma simples NFT, é um marco histórico encapsulado em tecnologia blockchain. “Este ativo digital celebra o inédito e disruptivo ato de concretizar uma transação imobiliária no Brasil inteiramente através do token Ribus, desde a negociação até o registro da escritura. Estamos sendo os precursores de uma nova história no mundo”, diz o executivo.

O projeto da NFT comemorativa foi desenvolvido em parceria com a MobiUp, empresa que desenvolve plataformas tecnológicas. O cofundador da MobiUp, Rodrigo Caggiano, explica o processo. “Utilizamos a infraestrutura que facilita a vida do usuário para o resgate dos seus NFTs . Usamos a nossa SmartWallet que permite que o usuário que não é um cripto nativo baixe o seu NFT associado ao seu e-mail”, explica Rodrigo.

Além de resgatar o ativo desse momento histórico registrado na blockchain através da Ribus, os colecionadores e estudiosos que adquirirem a NFT poderão “mintar” o colecionável e ter acesso à escritura da primeira negociação brasileira de compra e venda em criptomoeda.

A garantia da legalidade das transações com o Token Ribus foi reafirmada com o ofício emitido pela Comissão de Valores Mobiliários em dezembro de 2022, ao declarar que o ativo digital não é um valor mobiliário, defendendo assim que é um token de utilidade. O ativo permite aos seus detentores diversas formas de uso no mercado imobiliário, incluindo o pagamento de produtos ou serviços, e sendo utilizado como forma de acesso de prestadores de serviços da cadeia imobiliária e usuários ao ecossistema da empresa.

A Ribus é uma empresa de tecnologia que oferece soluções em blockchain para o mercado imobiliário através de suas plataformas e seu utility token. Unindo o que há de mais seguro no digital à solidez do mercado imobiliário, o principal objetivo da Ribus é facilitar o acesso de todas as pessoas a bens imóveis.

Lastreado em um ecossistema de seis empresas, sendo uma incorporadora tradicional e quatro companhias digitais (empresas “US”), a startup é líder no segmento de tokenização imobiliária, contando com diversas certificações e parcerias estratégicas, como Polygon, FlowBTC e SolidProof. Além disso, recentemente o token Ribus (RIB) foi listado no Mercado Bitcoin, maior corretora de criptoativos da América Latina.

 

Foto 1 – CEO da Ribus, Marcelo Magalhães.

Foto 2 –  cofundador Rodrigo Caggiano

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

RECORDE DE DEMISSÕES VOLUNTÁRIAS E VALORIZAÇÃO DE BENEFÍCIOS FLEXÍVEIS PELAS GEN Z E Y

Em 2023, o Brasil testemunhou um recorde de demissões voluntárias, resultando em mais de 7,3 …

Facebook
Twitter
LinkedIn