LIDE CAMPINAS PROMOVE DEBATE SOBRE MERCADO LIVRE DE ENERGIA ELÉTRICA

O Mercado Livre de energia elétrica ganhará forte expansão a partir de 2024. O tema foi debatido nesta segunda-feira (27/11) em um evento promovido pelo Lide Campinas. O diretor executivo da Partner Services, empresa que atua em consultoria e gestão no mercado de energia livre, Leandro Kobayashi, discorreu sobre o processo de transição energética pelo qual o país passará nos próximos anos.

Leandro Kobayashi, destacou que, dentro do cronograma, a partir de 2024 o mercado será aberto para empresas de médio consumo. Em 2026 para todos os tipos de empresas e a partir de 2028 para residências. “O mercado livre já existe há 27 anos, portanto é maduro e seguro para que as empresas possam ter a liberdade de escolher de quem irá consumir energia elétrica, negociando seu preço de compra”, diz.

O diretor executivo também apresentou o atual cenário da produção de energia no país, sendo cerca de 70% do consumo nacional abastecido por hidrelétricas, e destacou os benefícios para o consumidor com a abertura do mercado. “O consumidor vai poder escolher e negociar preço com os fornecedores de energia, vai poder fechar fornecimento por anos com um preço fixo, isso garante previsibilidade e maior controle de custos, além de ter desconto em tarifas e encargos por consumidor energia limpa. Todos esses pontos podem gerar uma economia de até 35% na conta de energia”, declarou.

A sócia da Grant Thornton Brasil e líder de energia elétrica e recursos naturais, Élica Martins, também participou do debate destacando alguns pontos que ainda geram dúvidas no consumidor. “O mercado brasileiro apresenta um grande potencial de crescimento, o mercado livre ainda é utilizado por uma pequena parte das empresas, por isso gera algumas questões que precisam ser esclarecidas para deixar o consumidor mais seguro”, avaliou.

A expectativa é que a mudança permita que 165 mil empresas de pequeno e médio porte possam escolher seu próprio fornecedor de eletricidade a partir da primeira abertura, em 2024.

Para Silvia Quirós, presidente do Lide Campinas, o evento reuniu importantes empresários da região para debater um tema muito atual. “Promover esse encontro com profissionais que são referência no mercado de energia elétrica no Brasil é uma forma de contribuir para esclarecer todas as dúvidas sobre a transição do mercado de energia elétrica que começa no próximo ano. O empresário precisa estar seguro para decidir sobre a migração e todos os benefícios que isso trará para os negócios”, concluiu.

 

Fotos 1 e 2 – Debate sobre Mercado Livre de energia elétrica.

Crédito: Divulgação.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

ESPECIALISTAS APONTAM QUE SUCESSÃO E DIVISÃO DE BENS DE ABILIO DINIZ DEVEM ACONTECER DE FORMA TRANQUILA

A morte do empresário Abilio Diniz, aos 87 anos, no último domingo (18/02) causou uma …

Facebook
Twitter
LinkedIn