VOLTA DE CONFRATERNIZAÇÕES IMPULSIONA PROCURA POR PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS MINIMAMENTE INVASIVOS

A volta das confraternizações depois de quase dois anos sem encontros e festas entre amigos está provocando um aumento na procura por procedimentos estéticos minimamente invasivos (não cirúrgicos). Nas clínicas onde atende, o cirurgião plástico Samir Eberlin, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, sentiu um aumento de 40% na procura por esses tipos de tratamento. “Os pacientes querem voltar à vida social em alto estilo, com o visual repaginado e muitas vezes recorrem aos tratamentos estéticos não cirúrgicos que têm resultados rápidos e exigem pouco, ou nenhum, tempo de recuperação”, explica o especialista. Aplicação de toxina botulínica, popularmente conhecida como botox, preenchimento e peeling estão entre os mais procurados.

O cirurgião lembra que as intervenções na face, mesmo a não cirúrgicas, são capazes de promover na aparência um rejuvenescimento em até oito anos. São procedimentos que levantam as sobrancelhas, deixam a pele mais firme e reduzem as linhas de expressão e outros sinais de envelhecimento. “São tratamentos que apresentam um resultado imediato, o paciente pode fazer em clínica, sem necessidade de internação hospitalar. E como praticamente não exigem um tempo de recuperação, o paciente não precisa interromper sua rotina”, explica Samir Eberlin. Outra vantagem é o custo, bem menor que os procedimentos cirúrgicos.

Apesar de todas essas facilidades, a orientação para quem deseja fazer qualquer um dos procedimentos é realizá-los com profissionais habilitados para evitar problemas durante ou após a intervenção.

 

Foto: cirurgião plástico Samir Eberlin.

Crédito: Divulgação

 

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

CINCO DICAS PARA EMPREENDEDORES QUE QUEREM DESBRAVAR O MERCADO INTERNACIONAL E AUMENTAR O FATURAMENTO

O número de microempreendedores no Brasil tem crescido significativamente e uma pesquisa recente divulgada pelo …

Facebook
Twitter
LinkedIn