ABRH-SP PROMOVE O PRÊMIO SER HUMANO NO ESTADO DE SÃO PAULO

Do RH 1.0, do fim da Segunda Guerra Mundial, com a missão de executar atividades burocráticas e administrativas, ao RH 5.0, em plena transformação digital, voltado à gestão de pessoas, a evolução da área de Recursos Humanos é qualitativa. Cada vez mais participante nas decisões estratégicas das empresas, o setor é desafiado a boas práticas que promovam bem-estar, inovação, equidade, inclusão, diversidade e produtividade. Como forma de valorizar as melhores iniciativas em gestão de pessoas dentro e fora das organizações, estimular o pensamento criativo e reconhecer o trabalho dos novos talentos, a Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH Brasil) promove o Prêmio Ser Humano. Instituída em 1993, a premiação tem a adesão da ABRH-SP no Estado de São Paulo.

O Prêmio Ser Humano foi lançado como uma homenagem a Oswaldo Checchia, presidente da associação por duas gestões consecutivas na década de 1970. “Trata-se de uma ação relevante do sistema nacional da ABRH e está presente em vários Estados do País”, afirma Luiz Drouet, presidente da ABRH-SP. “Este ano, ao tomarmos a decisão de aderir à iniciativa no Estado de São Paulo compartilhamos da proposta primordial da premiação, que é reconhecimento de boas práticas de gestão de pessoas e de profissionais que se destacam na comunidade de Recursos Humanos”, completa.

A premiação, com inscrições abertas até 21 de julho na ABRH-SP, vai receber trabalhos em cinco modalidades com foco em “Desenvolvimento”, “Excelência Organizacional”, “ESG”, “Jovem Talento” e “Profissional de Destaque em Gestão de Pessoas”. “Em cada modalidade serão classificados cinco trabalhos, após avaliação de um comitê constituído pela ABRH-SP”, diz Drouet. Os 1º e 2º lugares de cada uma das cinco categorias poderão participar do Prêmio Ser Humano Brasil.

Ana Costa, diretora de Conhecimento e Inovação da ABRH-SP Regional Metropolitana Oeste, fortalece a relevância da premiação “O objetivo com a premiação é dar a relevância merecida aos profissionais da área de gestão de pessoas que têm atingido resultados consistentes e diferenciados neste cenário tão desafiador em que temos vivido nos últimos anos”, afirma.

Para os profissionais de RH, destaca a diretora, a premiação representa a oportunidade de divulgação de trabalhos que demonstrem competências e potenciais, com ampliação de visibilidade e diferenciação profissional no mercado.

O reconhecimento da importância dos trabalhos pela sociedade é um dos benefícios do Ser Humano para as organizações. “A possibilidade de tornar o ambiente laboral cada vez mais saudável é outro aspecto positivo”, ressalta Drouet.

Visando à sociedade, o prêmio contribui para proporcionar ambientes de trabalho mais humanos e saudáveis. “Também estimula a diversidade de inclusão, promove a sustentabilidade do Planeta e o desenvolvimento para as futuras gerações”, completa Ana Costa.

“Estamos muito confiantes de que o Estado de São Paulo reunirá exemplos de experiências de sucesso que servirão de inspiração para o mercado”, finaliza Luiz Drouet.

PRÊMIO SER HUMANO

Inscrições e regulamento

https://abrhsp.org.br/premio-ser-humano-da-abrh-sp-2023/

 

Foto: Luiz Drouet, presidente da ABRH-SP.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PODCAST PANORAMA DE NEGÓCIOS TEM COMO TEMA MOBILIDADE URBANA INTELIGENTE DE FORMA SUSTENTÁVEL

Neste episódio do podcast Panorama de Negócios vamos falar sobre mobilidade urbana inteligente de forma …

Facebook
Twitter
LinkedIn