ABRH-SP PROMOVE O PRÊMIO SER HUMANO NO ESTADO DE SÃO PAULO

Do RH 1.0, do fim da Segunda Guerra Mundial, com a missão de executar atividades burocráticas e administrativas, ao RH 5.0, em plena transformação digital, voltado à gestão de pessoas, a evolução da área de Recursos Humanos é qualitativa. Cada vez mais participante nas decisões estratégicas das empresas, o setor é desafiado a boas práticas que promovam bem-estar, inovação, equidade, inclusão, diversidade e produtividade. Como forma de valorizar as melhores iniciativas em gestão de pessoas dentro e fora das organizações, estimular o pensamento criativo e reconhecer o trabalho dos novos talentos, a Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH Brasil) promove o Prêmio Ser Humano. Instituída em 1993, a premiação tem a adesão da ABRH-SP no Estado de São Paulo.

O Prêmio Ser Humano foi lançado como uma homenagem a Oswaldo Checchia, presidente da associação por duas gestões consecutivas na década de 1970. “Trata-se de uma ação relevante do sistema nacional da ABRH e está presente em vários Estados do País”, afirma Luiz Drouet, presidente da ABRH-SP. “Este ano, ao tomarmos a decisão de aderir à iniciativa no Estado de São Paulo compartilhamos da proposta primordial da premiação, que é reconhecimento de boas práticas de gestão de pessoas e de profissionais que se destacam na comunidade de Recursos Humanos”, completa.

A premiação, com inscrições abertas até 21 de julho na ABRH-SP, vai receber trabalhos em cinco modalidades com foco em “Desenvolvimento”, “Excelência Organizacional”, “ESG”, “Jovem Talento” e “Profissional de Destaque em Gestão de Pessoas”. “Em cada modalidade serão classificados cinco trabalhos, após avaliação de um comitê constituído pela ABRH-SP”, diz Drouet. Os 1º e 2º lugares de cada uma das cinco categorias poderão participar do Prêmio Ser Humano Brasil.

Ana Costa, diretora de Conhecimento e Inovação da ABRH-SP Regional Metropolitana Oeste, fortalece a relevância da premiação “O objetivo com a premiação é dar a relevância merecida aos profissionais da área de gestão de pessoas que têm atingido resultados consistentes e diferenciados neste cenário tão desafiador em que temos vivido nos últimos anos”, afirma.

Para os profissionais de RH, destaca a diretora, a premiação representa a oportunidade de divulgação de trabalhos que demonstrem competências e potenciais, com ampliação de visibilidade e diferenciação profissional no mercado.

O reconhecimento da importância dos trabalhos pela sociedade é um dos benefícios do Ser Humano para as organizações. “A possibilidade de tornar o ambiente laboral cada vez mais saudável é outro aspecto positivo”, ressalta Drouet.

Visando à sociedade, o prêmio contribui para proporcionar ambientes de trabalho mais humanos e saudáveis. “Também estimula a diversidade de inclusão, promove a sustentabilidade do Planeta e o desenvolvimento para as futuras gerações”, completa Ana Costa.

“Estamos muito confiantes de que o Estado de São Paulo reunirá exemplos de experiências de sucesso que servirão de inspiração para o mercado”, finaliza Luiz Drouet.

PRÊMIO SER HUMANO

Inscrições e regulamento

https://abrhsp.org.br/premio-ser-humano-da-abrh-sp-2023/

 

Foto: Luiz Drouet, presidente da ABRH-SP.

Crédito: Divulgação.

 

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn

Veja também

PRORROGAÇÃO DA DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO – QUEM VAI SE BENEFICIAR?

ARTIGO DO PROFESSOR MURILLO TORELLI  No cenário econômico brasileiro, a decisão do presidente Luiz Inácio …

Facebook
Twitter
LinkedIn